Quem sou eu

Minha foto
Sapucaia do Sul/Porto Alegre, RS, Brazil
Sendo frequentador dos cursos do Cine Um (tendo já 70 certificados),sou uma pessoa fanática pelo cinema, HQ, Livros, música clássica, contemporânea, mas acima de tudo pela 7ª arte. Me acompanhem no meu: Twitter: @cinemaanosluz Facebook: Marcelo Castro Moraes ou me escrevam para beniciodeltoroster@gmail.com

Pesquisar este blog

quarta-feira, 9 de março de 2016

Cine Dica: Em Cartaz: KUNG FU PANDA 3



Sinopse: O desajeitado urso panda Po (dublado originalmente por Jack Black), segue sua jornada ao lado do mestre Shifu (Dustin Hoffman), Tigresa (Angelina Jolie), Macaco (Jackie Chan), Víbora (Lucy Liu) e Louva-Deus (Seth Rogen). O grupo precisa enfrentar uma força sobrenatural e Po vai finalmente conhecer o seu pai verdadeiro, que havia sumido.

O primeiro Kung Fu Panda possuía uma história de começo, meio e fim e portanto não era necessária uma sequência. Porém, o segundo filme possuía um total aprofundamento no lado emocional dos personagens, com cenários espetaculares e fazendo dela uma sequência bem superior. Parecia então tarefa impossível para os produtores manterem o nível de qualidade dessa terceira aventura, mas pelo visto não só manterão a qualidade, como também faz com que a trama enlaçasse todas as pontas soltas dos filmes anteriores e encerrando a trilogia com muita dignidade. 
Acompanhamos o protagonista chegando a um novo patamar de sua vida como Dragão Guerreiro, agora sendo mestre dos seus próprios companheiros. Porém, Po precisa descobrir quem realmente ele é em sua vida, para só assim conseguir adquirir o último estágio de suas habilidades das artes marciais. Contudo, um inimigo antigo e poderoso retorna do mundo dos mortos e desejando assim vingança contra os mestres das artes marciais.
Para aqueles que assistiram ao final do filme anterior, além do trailer de divulgação, sabia que o verdadeiro pai do protagonista finalmente apareceria. Portanto a relação de pai, mais pai adotivo e filho se torna o principal centro da trama e rendendo momentos de puro humor pastelão na medida certa. É divertido, inclusive, ver finalmente Po encontrar a aldeia onde se encontra inúmeros pandas que nem ele, mas cada um com sua personalidade distinta e muito bem explorada. Será a partir de seus parentes peludos e rechonchudos que o protagonista irá descobrir o seu “eu” verdadeiro.
Com tantas lições de moral, porém jamais chatas, e que foram apresentadas no filme anterior, parecia que o filme estaria destinado a uma espécie de reprise. Mas é preciso dar palmas para os roteiristas em usarem as mesmas formulas de sucesso visto nos filmes anteriores e fazê-las com que elas se tornem algo para ainda serem mais bem explorados. Se Po estava destinado a ser o dragão guerreiro, a sequência final não deixa a menor dúvida e ao mesmo tempo presta uma bela homenagem aos mangas e animações japonesas.
Visualmente, o filme mantém as cores quentes e os cenários grandiosos vistos no filme anterior. Curiosamente, quando ocorrem as cenas de ação e de luta, não é uma verdadeira montanha russa, mas sim são cenas elegantes, das quais vemos cada detalhe, tanto dos golpes como da energia vindo deles. Vale destacar que uso do 3D torna ainda a sessão muito mais prazerosa, pois os cenários possuem profundidade, assim como a sensação de sentirmos estarmos entre os cenários e personagens.
Com um final grandioso e sem nenhuma situação pendente, Kung Fu Panda 3 encerra a trilogia do guerreiro panda de uma forma divertida, alegre e gostosa de se ver sempre.   




 Me sigam no Facebook, twitter e Google+

Nenhum comentário: