Quem sou eu

Minha foto
Sapucaia do Sul/Porto Alegre, RS, Brazil
Sendo frequentador dos cursos do Cine Um (tendo já 69 certificados),sou uma pessoa fanática pelo cinema, HQ, Livros, música clássica, contemporânea, mas acima de tudo pela 7ª arte. Me acompanhem no meu: Twitter: @cinemaanosluz Facebook: Marcelo Castro Moraes ou me escrevam para beniciodeltoroster@gmail.com

Pesquisar este blog

sexta-feira, 11 de março de 2016

Cine Dica: Apichatpong, Jia Zhang-ke, Miguel Gomes, Jeff Nichols e grandes nomes contemporâneos na Cinemateca Capitólio

PANORAMA DO CINEMA CONTEMPORÂNEO NA CINEMATECA CAPITÓLIO
A partir de 15 de março, a Cinemateca Capitólio exibe a mostra Panorama do Cinema Contemporâneo, com uma seleção de dez filmes do cinema internacional realizados por novos nomes ou por cineastas com grande importância dentro do período atual.
O projeto de restauração e de ocupação da Cinemateca Capitólio foi patrocinado pela Petrobras, Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social – BNDES e Ministério da Cultura. O projeto também contou com recursos da Prefeitura de Porto Alegre, proprietária do prédio, e realização da Fundação CinemaRS – FUNDACINE.

PANORAMA DO CINEMA CONTEMPORÂNEO

Como definir o cinema contemporâneo? São tantos os caminhos apontados por cineastas de origens diversas, que parece cada vez mais difícil mapear os estilos, as formas e as ideias correntes na produção atual. Naturalmente, as questões centrais da arte dos filmes, como o jogo entre o ficcional e o documental e a redefinição do sujeito no mundo, ganham novos olhares. Ao mesmo tempo, a febre pelas armadilhas das narrativas parece nortear muitas das novas propostas. Aproximando filmes de distantes continentes e regiões, a mostra Panorama do Cinema Contemporâneo busca um retrato de uma geração desconcertante que ainda escreve sua trajetória dentro da história do cinema. 
Entre as obras exibidas, há grandes marcos do cinema asiático como Tio Boonmee, que Pode Recordar Suas Vidas Passadas, do tailandês Apichatpong Weerasethakul, vencedor da Palma de Ouro em Cannes, O Grande Mestre, último longa de Wong Kar-wai, um dos favoritos do cinema de Hong Kong e Em Busca da Vida, do cultuado chinês Jia Zhang-ke, e o cazaque Tulpan, de Sergey Dvortsevoy.
Filmes europeus singulares dos últimos anos também marcam presença: o aclamado Tabu, do português Miguel Gomes, As Quatro Voltas, do italiano Michelangelo Frammartino, e Minha Felicidade, do bielorrusso Sergei Loznitsa, seguindo a tradição densa do cinema do leste europeu. A mostra também destaca duas obras do cinema latino-americano, Outubro, dos peruanos Diego e Daniel Vega, e O Abismo Prateado, do brasileiro Karim Aïnouz. Para completar, Amor Bandido, um dos grandes filmes de Jeff Nichols, revelação da nova geração hollywoodiana. Com projeção em 35mm, os filmes serão exibidos entre os meses de março e junho.
 
GRADE DE PROGRAMAÇÃO

Tio Boonmee, que Pode Recordar Suas Vidas Passadas
(Lung Boonmee Raluek Chat, Tailândia, 2010, 110 minutos)
Direção: Apichatpong Weerasethakul

Sofrendo de insuficiência renal, Tio Boonmee (Thanapat Saisaymar) resolveu passar os últimos dias de sua vida recolhido em uma casa perto da floresta, ao lado de entes queridos. Durante um jantar com a família, o espírito de sua esposa falecida aparece para ajudá-lo em sua jornada final. A eles se junta Boonsong, filho de Boonmee, que retorna após muito tempo metamorfoseado em outra forma de existência. Juntos, eles percorrerão o interior de uma caverna misteriosa, onde Boonmee nasceu em sua primeira vida.
 
As Quatro Voltas
(Le Quattro Volte – Suíça, Itália, Alemanha, 2010, 88 minutos)  
Direção: Michelangelo Frammartino

Em um antigo vilarejo sobre as montanhas da Calábria, um pastor vive seus últimos minutos de vida. Ele morre cercado por suas cabras, dentro de sua própria casa. Entre os animais, nasce um cabrito. Mas um dia o animal se perde dos demais, e fica tremendo de frio, balindo ao pé de um imenso pinheiro. Esta é a árvore escolhida pelos moradores locais para festejar a "Pita", assim ela é cortada e vendida a lenhadores. Ela também servirá para aquecer o lar dos camponeses, queimada junto a imensas extrações de carvão. Através de quatro histórias cruzadas, o filme funciona como uma homenagem ao ciclo de vida em suas quatro manifestações: humana, animal, vegetal e mineral.
 
Amor Bandido
(Mud – Estados Unidos, 2012, 130 minutos)
Direção: Jeff Nichols

Ellis (Tye Sheridan) e Neckbone (Jacob Lofland) são grandes amigos que decidem desbravar uma ilha que fica no rio próximo às suas casas. Lá eles encontram Mud (Matthew McConaughey), um homem foragido que tem vivido em um barco preso nos galhos de uma árvore. Apesar da desconfiança inicial, os garotos resolvem ajudar Mud em seus planos ao saber que ele está à espera de Juniper (Reese Witherspoon), o grande amor de sua vida, que se envolveu com o homem errado.
 
Em Busca da Vida
(Sanxia Haoren, China, 2006 108 minutos)
Direção: Jia Zhang-ke

A antiga cidade de Fengjie ficou submersa para a construção da represa de Três Gargantas, no rio Yangtze. Han Sanming (Han Sanming) é um trabalhador de minas de carvão que viaja até o local para reencontrar sua ex-mulher, a qual não vê há 16 anos. Simultaneamente Shen Hong (Zhao Tao), uma enfermeira, também retorna a Fengjie, na intenção de procurar seu marido, que não vê há 2 anos. O reencontro com seus esposos trará consequências diferentes para eles.
 
Minha Felicidade
(Schastye moe, Rússia, Ucrânia, Alemanha, 2010, 127 minutos)
Direção: Sergei Loznitsa

Um jovem caminhoneiro se perde no campo russo. Ele acaba conhecendo um senhor infeliz, prostituta menor de idade, um estranho cigano e policiais corruptos. Quanto mais ele tenta encontrar seu caminho de volta à civilização, mais descobre que a força e instintos de sobrevivência substituíram qualquer forma de humanidade.

Outubro
(Octubre, Peru, Espanha, Venezuela, 2010, 88 minutos)
Direção: Diego Vega Vidal e Daniel Vega Vidal

Clemente é um penhorista pouco comunicativo e a nova esperança amorosa de Sofia, vizinha solteira, devota em Outubro ao culto do Senhor dos Milagres. A relação deles começa quando Clemente descobre uma menina recém-nascida, fruto da sua relação com uma prostituta que desapareceu. Enquanto Clemente procura a mãe da pequenina, Sofia ocupa-se dela e de fazer a limpeza na casa do penhorista. Com a chegada destes dois seres na sua vida, Clemente terá ocasião de repensar às suas relações com os outros.
 
Tabu
(Portugal, Brasil, Alemanha, 2012, 110 minutos)
Direção: Miguel Gomes

Aurora é um idosa temperamental que divide o andar de um prédio em Lisboa com sua empregada cabo-verdiana, e uma vizinha dedicada a causas sociais. Quando Aurora morre, as outras duas passam a conhecer um oculto episódio do seu passado: Uma história de amor e crime vivida numa África de filme de aventuras, que conta também a história do início do fim do império de Portugal no continente africano.
 
O Abismo Prateado
(Brasil, 2013, 82 minutos)
Direção: Karim Aïnouz

Violeta (Alessandra Negrini) é uma dentista casada e com um filho, que tem um dia normal de trabalho. Ao ouvir uma mensagem deixada na secretária do celular ela entra em desespero. A mensagem foi gravada por seu marido, Djalma (Otto Jr.), que disse que estava deixando-a e partindo para Porto Alegre. Ele pede para que Violeta não o siga, mas ela não segue o conselho e tenta viajar, o quanto antes, para a capital do Rio Grande do Sul.  

Tulpan
(Cazaquistão, Suíça, Itália, 2008, 100 minutos)
Direção: Sergey Dvortsevoy

Após completar seu período de trabalhos na marinha, o jovem Asa (Askhat Kuchinchirekov) volta ao Cazaquistão para viver com sua irmã mais nova e começar uma nova vida como pastor de ovelhas. Asa está ansioso para voltar para o campo, onde ele planeja viver uma vida nômade. Mas ele se sente um tanto solitário e sonha em encontrar uma noiva. O rapaz se interessa pela jovem Tulpan, filha de um pastor local, mas a moça não se sente atraída por Asa devido a suas grandes orelhas.

O Grande Mestre
(Yut doi jung si, Hong Kong, China, França, 2013, 123 minutos)
Direção: Wong Kar-wai

Este drama de ação mostra a história de um dos maiores mestres em artes marciais da história, Ip Man (Tony Leung), o homem que treinou Bruce Lee. O lema desta trama é "Nas artes marciais não existe certo ou errado, apenas o último homem de pé".
 
GRADE DE HORÁRIOS
PRIMEIRA SEMANA
15 a 20 de março de 2015
 15 de março (terça)
20h – Amor Bandido

16 de março (quarta)
16h – Amor Bandido
18h30 – Wood & Stock: Sexo, Orégano e Rock'n'Roll
20h – Tio Boonmee, que Pode Recordar Suas Vidas Passadas

17 de março (quinta)
Programação Fechada

18 de março (sexta)
16h – Amor Bandido
18h30 – Wood & Stock: Sexo, Orégano e Rock'n'Roll
20h – As Quatro Voltas

19 de março (sábado)
16h – Tio Boonmee que Pode Recordar Suas Vidas Passadas
18h30 – Wood & Stock: Sexo, Orégano e Rock'n'Roll
20h – Amor Bandido

20 de março (domingo)
16h – Amor Bandido
18h30 – Wood & Stock: Sexo, Orégano e Rock'n'Roll
20h – As Quatro Voltas

Nenhum comentário: