Quem sou eu

Minha foto
Sapucaia do Sul/Porto Alegre, RS, Brazil
Sendo frequentador dos cursos do Cine Um (tendo já 69 certificados),sou uma pessoa fanática pelo cinema, HQ, Livros, música clássica, contemporânea, mas acima de tudo pela 7ª arte. Me acompanhem no meu: Twitter: @cinemaanosluz Facebook: Marcelo Castro Moraes ou me escrevam para beniciodeltoroster@gmail.com

Pesquisar este blog

quinta-feira, 3 de dezembro de 2015

Cine Especial: Vingança camuflada de Impeachment? Prefiro assistir HOUSE OLF CARDS!



Como todos viram ontem o Presidente da Câmara dos Deputados Eduardo Cunha aceitou o pedido de Impeachment contra a Presidente Dilma, após ser abandonado pelo partido do PT no conselho de Ética contra ele. Durante todo o ano de 2015 houve uma verdadeira briga entre governo e oposição, para ver quem arrebentava a corda. Ela se arrebentou ontem e agora vamos ver como isso realmente acaba.
Mas está mais do que claro que, o que presenciamos ontem foi um ato de vingança, para não dizer um golpe de estado. Durante ano de 2015, Eduardo Cunha comandou a Câmara dos Deputados com mão de ferro conservadora, onde a todo o momento queria aprovar leis que iam contra os direitos do povo e nascendo então um verdadeiro retrocesso que não se via há vários anos. Vendo o governo de Dilma fragilizado em meio a denuncias do lava jato, viu isso como uma oportunidade de usar o seu poder através de chantagem e se manter no cargo, mesmo com todas as acusações contra ele que surgiram como a conta secreta na Suíça.
O que se viu nos últimos tempos de nossa política foi uma verdadeira dança das cadeiras, um jogo político para ver quem ganha mais e quem sai perdendo com isso tudo é o próprio povo que foi esquecido. Não sou nem esquerdista e nem direitista neste quadro atual da política, mas sou a favor para o melhor para o povo e se Eduardo Cunha ganhar nesse cenário podemos esperar para um futuro sombrio vindo do conservadorismo. Com a saída de Dilma e Cunha ainda no poder, podem esperar para um caminho aberto para políticos conservadores e idéias megalomaníacas como no caso do Deputado Bolsonaro, que sonha se tornar um dia Presidente e lançar um governo conservador do qual não se via desde a Ditadura.
Sou a favor da liberdade de expressão, da cultura, do direito de ler e assistir qualquer tipo de filme e ouvir musica que eu bem entender. Em tempos de Ditadura podem esquecer isso, pois perderemos tudo e somente iremos apreciar o que foi liberado pela censura, que com certeza irá voltar se tudo isso que eu falei vier acontecer. O que nos resta é sairmos às ruas e protestar para que isso jamais aconteça, pois quem vive de passado é museu e o futuro nós façamos agora. 
Que uma política corrupta, cheia de jogos políticos manipuladores e conservadores fique na ficção (como na série House Of Cards) e não dentro de nossa realidade já fragilizada.


  Me sigam no Facebook, twitter e Google+

Nenhum comentário: