Quem sou eu

Minha foto
Sapucaia do Sul/Porto Alegre, RS, Brazil
Sendo frequentador dos cursos do Cine Um (tendo já 66 certificados),sou uma pessoa fanática pelo cinema, HQ, Livros, música clássica, contemporânea, mas acima de tudo pela 7ª arte. Me acompanhem no meu: Twitter: @cinemaanosluz Facebook: Marcelo Castro Moraes ou me escrevam para beniciodeltoroster@gmail.com

Pesquisar este blog

sexta-feira, 30 de outubro de 2015

Cine Especial: Cansado de Blockbuster? Passeie agora comigo pelo cinema alternativo de Porto Alegre!



Tempos atrás eu estava lendo o Jornal do comércio e me deparei com uma opinião de um leitor da capital na coluna Palavra do Leitor. Para ele, não há mais sentido algum ir ao cinema, pois eles são bombardeados pelos filmes Blockbuster do cinema americano (vide adaptações de HQ, ficção e ação) toda a semana e por conta disso não vai mais ao cinema. A meu ver, esse leitor talvez não conheça a cidade aonde vive, pois embora a maioria dos multiplex dos shoppings  opte por exibirem superproduções americanas, há ainda os cinemas alternativos da capital (como as cinematecas)  que dão ao cinéfilo inúmeras variedades de gêneros para se assistir. 
Claro que é uma questão de falta de informação ou interesse da pessoa, mesmo hoje tendo inúmeras possibilidades das pessoas saberem o que há de melhor em nossa cidade, através de jornais e sites por exemplo. Porém, se percebe que, mesmo com a faca e o queijo na mão, é preciso dar um empurrão para essas pessoas não desistirem de ir ao cinema e desfrutar de algo diferente. Pensando nisso, eu decidi pegar a minha câmera, fazer selfie (mesmo não sendo muito fã disso) e mostrar aqui o que há de melhor do cinema alternativo de Porto Alegre.
Todos prontos? A caminhada é longa, pois vai da Av. Luis Englert até a beira do Guaiba e, portanto recomendo calçado macio!  


Sala da Redenção
Que tal assistir inúmeros gêneros, grandes clássicos e de graça? Esse é o menu que a Sala da Redenção oferece para você! 
Localizado na Av. Luis Englert  Campus Central da Ufrgs, o cinema se concentra em inúmeros tipos de mostra, desde longas, curtas e diversos temas. Recentemente eles exibiram a filmografia do cineasta François Truffaut e o melhor do cinema dos anos 80. A entrada da frente é um deleite para os cinéfilos, tanto que faço questão de destacar aqui. 

Confiram a programação da sala clicando aqui. 

Guion Cinemas
 
Embora não ofereça preços populares com relação aos ingressos, o cine Guion é um dos cinemas da capital que mais exibe filmes de diversos gêneros em suas três salas. Localizado na R. Gen. Lima e Silva, 776 - Centro Histórico, o Guion tem a capacidade de exibir inúmeros filmes em somente três salas no decorrer dos dias. Isso se deve ao fato deles distribuírem os filmes em inúmeros horários e fazendo com o que o cinéfilo tenha inúmeras opções de escolha. 
A sala já teve os seus altos e baixos, mas se mantêm firme e forte, mesmo com a concorrência por perto. O cinema também entrou para história ao exibir alguns títulos por mais de um ano, como foi no caso de O Banheiro do Papa e principalmente O Segredo dos Seus Olhos. Confiram a programação da sala clicando aqui.
 

Cinemateca Capitólio
Uma das salas de rua mais antigas da capital, aonde teve inúmeras histórias para ser contadas desde que foi construída em 1928. Localizado na rua Demétrio Ribeiro (esquina com a Borges de Medeiros), a sala, em seus primeiros anos,  exibiu inúmeros filmes que viriam a se tornar clássicos; fechou, reabriu e se tornou Patrimônio Histórico da cidade em 1995. Em 2004 começaram os trabalhos de revitalização para se tornar uma cinemateca, mas foi somente nesse ano que finalmente os trabalhos foram concluídos.
Além da sala de cinema, o local possui galeria de exposições, espaço para a cafeteria, salas de pesquisa de vídeos, biblioteca com espaço de pesquisa, acervo de filmes, acervo de vídeos, sala de tratamento técnico e sala Multimídia. Aliás, esse último local abriga atualmente os cursos de cinema criados pelo Cine Um, onde eu participo quase sempre nos finais de semana. Com relação aos filmes exibido, vão desde mostras especiais á filmes que, passaram em branco na capital no ano de seu lançamento, mas ganham aqui uma segunda chance de exibição, como no caso da obra prima recente do cinema brasileiro Trabalhar Cansa. 
Confiram a programação da sala clicando aqui.
 

Cinebancários
São poucos os Sindicatos do Brasil que abrem os seus espaços para o cinema, mas o Sindicato dos Bancários de Porto Alegre pertence a esse pequeno grupo e, pelo visto, é o melhor ou o único até agora. Localizado na Rua General da Câmera 424, a sala de cinema existe dentro do Sindicato a mais de seis anos e desde então se destacou por ser uma das salas da capital que mais exibe filmes brasileiros. Porém, não espere as comédias tradicionais que invadem os multiplex, mas sim um cinema nacional mais desafiador, diversificado e que dá destaque aos principais movimentos do cinema brasileiro atual, como no caso o cinema Pernambucano. 
Vale destacar o fato de a sala abrigar alguns dos principais festivais anuais de cinema do estado, como no caso o genial Fantaspoa. No meu caso devo muito ao local, pois foi graças a sala que conheci os cursos de cinema do Cena Um (hoje Cine Um) e desde então não tenho parado de participar das atividades, que hoje se encontra na Cinemateca Capitólio. Confiram a programação da sala clicando aqui.





Santander Cultural
Antes um enorme banco, o incrível prédio que, se destaca pela sua forma arquitetônica, se transformou num centro cultural a partir de 2001. Localizado Rua Sete de Setembro, 1028, local é cenário de inúmeras atividades culturais, desde musica, exposição de arte e claro o cinema. Localizado num piso abaixo, do térreo, a sala chama atenção pela sua simplicidade, mas ao mesmo tempo pela sua qualidade em abrigar filmes de diversos gêneros e ao mesmo tempo exibindo mostras especiais de cinema.
Assim como o Cinebancários, o local também abriga festivais como Fantaspoa. Confiram a programação da sala clicando aqui.
 

Casa de Cultura Mario Quintana.
Quem diria que um grande hotel viria a se tornar um centro cultural um dia. Antes conhecido como Hotel Majestic, o local viraria um Centro Cultural da cidade e rebatizado com um novo nome, em homenagem a Mário Quintana. O escritor viveu no hotel entre 1968 e 1982, no apartamento 217. 
Localizado na rua Andradas 736, o local, só pelo visual já vale uma visita, mas nela se esconde inúmeros atrativos, desde cursos de cinema, teatro e música. Logo na entrada, o cinéfilo que deseja assistir um bom filme irá encontrar três salas como opções (Norberto Lubisco, Eduardo Hirtz, e Paulo Amorim) e assim como o Guion, os filmes são distribuídos em diversos horários para as três salas e fazendo com o que o cinéfilo tenha inúmeras opções de escolha. Confiram a programação da sala clicando aqui.



Sala P.F. Gastal 

Ufa, chegamos a ultima opção de cinema alternativo dessa caminhada, mas não menos importante. Localizada na Av. Pres. João Goularte, 551 na Usina Gasômetro, a sala P.F. Gastal se localiza no terceiro piso desse centro cultural e de brinde, antes da sessão, você pode aproveitar para comer um lanche e um café na cafeteria ao lado.  Assim como os cinemas anteriores que eu citei, P.F Gastal também lhe dá a opção de assistir diversos gêneros, mostras especiais e com um precinho camarada.
Porém, a sala vai muito além, exibindo mensalmente sessões especiais que são elas: Plataforma, que é sessão mensal as terças (com reprise aos sábados) do qual exibe filmes recentes, mas que dificilmente são exibidos no circuito tradicional. Já Aurora é uma sessão mensal que, na maioria das vezes, exibe um circulo de determinado assunto. Atualmente a sessão exibe filmes que tenham relação com a história dos EUA. Por fim, o Cine Raros exibe produções esquecidas com o tempo, mas que são redescobertas e exibidas para o público.
Confiram a programação da sala clicando aqui.  

Antes que eu me despeça por aqui, queria deixar claro que há ainda duas opções de salas com um cardápio bem diversificado. GNC Cinema  (R. Olávo Barreto Viana, 36) e Cine Espaço Itaú (Av. Túlio de Rose, 80) que, embora sejam multiplex como Cinemark, eles fazem a diferença de, não somente exibir os tradicionais  Blockbuster, como também outros gêneros para agradar gregos e troianos. Só não fui nesses dois lugares durante essa jornada para fazer selfie porque eu já estava com os pés doloridos quando cheguei na P.F Gastal,  rsrsrs.    
É isso amigos cinéfilos, uma opção variada de bons filmes você encontra em Porto Alegre e quem diz que não há nenhuma opção diferente de filmes em nossa cidade está redondamente enganado. Quem procura acha e quem ama cinema encontra. 


Me sigam no Facebook, twitter e Google+