Quem sou eu

Minha foto
Sapucaia do Sul/Porto Alegre, RS, Brazil
Sendo frequentador dos cursos do Cine Um (tendo já 69 certificados),sou uma pessoa fanática pelo cinema, HQ, Livros, música clássica, contemporânea, mas acima de tudo pela 7ª arte. Me acompanhem no meu: Twitter: @cinemaanosluz Facebook: Marcelo Castro Moraes ou me escrevam para beniciodeltoroster@gmail.com

Pesquisar este blog

terça-feira, 4 de agosto de 2015

Cine Dica: Hammer – 80 anos de Horror na Sala P. F. Gastal



Entre os dias 4 e 16 de agosto, a Sala P. F. Gastal da Usina do Gasômetro (3º andar) exibe a mostra Hammer – 80 anos de Horror, com dezoito filmes da lendária produtora britânica, incluindo diversas obras-primas, como O Vampiro da Noite (1958), A Maldição de Frankenstein (1957) e As Bodas de Satã (1966), com cópias em alta definição. A mostra tem o apoio da distribuidora MPLC e da locadora E O Vídeo Levou.  


A HAMMER

Londres, final de 1934, William Hinds, um comediante oriundo da região de Hammersmith, investe todos os seus recursos na fundação de uma companhia cinematográfica. Em homenagem ao seu antigo distrito a produtora é batizada de Hammer Film Productions. No ano seguinte Hinds associa-se ao imigrante espanhol Enrique Carreras, dono de um antigo cinema, e produzem quatro filmes em dois anos. Em 1938 os respectivos filhos, Anthony Hinds e James Carreras, juntam-se à produtora iniciando uma parceria que no futuro transformaria a Hammer na mais emblemática e cultuada produtora de cinema inglesa. Até meados dos anos 1950 a Hammer produziu de comédias, e aventuras policiais, até filmes de piratas, porém, foi em 1955 que a produtora começaria se direcionar para o gênero que marcaria o seu nome, com a ficção científica “Terror Que Mata” (The Quatermass Xperiment).

Entre 1957 e 1959 a Hammer realizou três obras que definiriam o estilo da produtora, consolidando o horror como o seu carro chefe, “A Maldição de Frankenstein” (The Curse of Frankestein), “O Vampiro da Noite” (Horror of Dracula), e “A Múmia” (The Mummy). Estes filmes, além de revitalizações dos notórios monstros clássicos do ciclo de terror da Universal dos anos 1930, transformaram os atores Peter Cushing e Christopher Lee em verdadeiras lendas do cinema fantástico, tornando-os figuras indissociáveis, não apenas de seus personagens como da própria produtora. Durante anos de intensa atividade a Hammer fomentou o mercado cinematográfico inglês com sangue e pavor, realizando mais de uma centena de filmes, e servindo de base para que diretores como Terence Fisher, Roy Ward Baker, e John Hough explorassem seu talento.

A produtora cerrou suas portas em 1979, retornando suas atividades em 2008, direcionando seu trabalho para uma nova geração de fãs de horror. De 04 a 16 de agosto, a mostra Hammer – 80 Anos de Horror, irá homenagear está emblemática produtora inglesa, focando em sua fase clássica, exibindo um panorama envolvendo 18 títulos representativos desta verdadeira fábrica de fantasia e pesadelos, que há décadas povoa o imaginário dos cinéfilos, e continua influenciando realizadores ao redor do globo com seu universo repleto de vampiros, múmias, mortos vivos, e outras criaturas monstruosas.


FILMES

Terror que Mata (The Quatermass Xperiment), de Val Guest (1955) / 82 minutos.
Um foguete cai num campo no interior da Inglaterra. Dos três membros da tripulação, dois desapareceram misteriosamente. O terceiro, quase morto, sofre uma incrível metamorfose, se transformando em um ser monstruoso. O Professor Quatermass descobre que o mistério envolve um plano de invasão idealizado por uma estranha forma de vida alienígena. Exibição digital em alta definição. Seminal incursão da produtora Hammer no universo do horror e da fantasia. Exibição digital em alta definição.
 
O Vampiro da Noite (Horror of Drácula), de Terence Fisher (1958) / 82 minutos
O Conde Drácula (Christopher Lee), um vampiro condenado à vida eterna, deixa sua terra natal, na Transilvânia, para ir a Londres em busca de novas vítimas. Seus hábitos noturnos chamam a atenção do Dr. Van Helsing (Peter Cushing), um cientista que se torna inimigo implacável do conde, determinado a por um fim à sua implacável sede de sangue. Uma obra-prima do cinema britânico que consagrou o ator Christopher Lee, e os estúdios Hammer, introduzindo uma nova era nos clássicos de terror. (Versão restaurada pela British Film Institute). Exibição digital em alta definição.

A Múmia (The Mummy), de Terence Fisher (1959) / 86 minutos
Egito, 1895. Três arqueologistas britânicos, John Banning (Peter Cushing), Stephen Banning (Felix Aylmer) e Joseph Whemple (Raymond Hutley), descobrem o túmulo de uma princesa egípcia, Ananka (Yvonne Furneaux), que morreu há quatro mil anos. Sem imaginar o que realmente fazia, Stephen lê o "Pergaminho da Vida". Isto faz voltar a vida Kharis (Christopher Lee), o guardião da tumba, que recebe a ajuda de Mehemet Bey (George Pastell), um egípcio que não aceita o túmulo ter sido profanado por "infiéis". Três anos depois, Mehemet leva Kharis para a Inglaterra, lhe dando a missão de matar os três arqueólogos que lideraram a expedição que achou a tumba de Ananka. Exibição digital em alta definição.

A Maldição do Lobisomem (The Curse of the Werewolf), de Terence Fisher (1960) / 93 minutos
Sobre um bebê indesejado, nascido na noite de Natal, caiu uma terrível maldição. Criado por Don Alfredo, o jovem Leon passa a sofrer transformações com a chegada da lua cheia. Só o amor verdadeiro e a compreensão podem salvá-lo de seu terrível destino. Exibição digital em alta definição.

As Bodas de Satã (The Devil Rides Out), de Terence Fisher (1968) / 96 minutos
Christopher Lee atua como um duque francês que está preocupado com o comportamento estranho de seu amigo, Patrick Mower. O duque tem toda razão: A menos que sejam tomadas medidas drásticas, Mower perderá sua alma para Satanás dentro de três dias. Exibição em arquivo digital de alta definição. Exibição digital em alta definição.

A Maldição de Frankenstein (The Curse of Frankestein), de Terence Fisher (1957) / 82 minutos
O barão Victor Frankenstein (Peter Cushing) descobre uma maneira de enganar a morte. Para testar sua descoberta, monta um corpo com pedaços de diferentes cadáveres. É o filme que dá início ao ciclo de horror da Hammer. Primeira incursão da Hammer no horror gótico, que desencadearia um prolífico ciclo de produções do gênero.
Exibição digital em alta definição.

Nas Garras do Ódio (The nanny), de Seth Holt (1966) / 91 minutos
Depois de passar dois anos em uma instituição para pessoas com doenças mentais, o garoto Joey está voltando para a casa dos pais ricos e ausentes. Em casa, reencontra seu antigo algoz: a babá. Exibição em DVD.

A Serpente (The Reptile), de John Gilling (1966) / 91 minutos
Dr. Franhlyn (Noel Willman) faz parte de um misterioso culto de adoradores de serpentes. Pessoas de seu vilarejo passam a ser atacadas por uma aterrorizante criatura, meio humana, meio réptil. Um jovem casal tenta descobrir a verdade. Exibição em DVD.

Rasputin: O Monge Louco, de Don Sharp (Rasputin: The Mad Monk) (1966) / 91 minutos
Christopher Lee é Grigori Rasputin, que deixa uma trilha de assassinatos no seu caminho rumo ao poder na Rússia. Exibição digital em alta definição. Exibição digital em alta definição. Exibição digital em alta definição.

Epidemia de Zumbis (The Plague of The Zombies), de John Gilling (1966) / 91 minutos
Uma estranha epidemia de proporções gigantescas toma conta do território inglês. Milhares de mortos estão levantando de suas tumbas e aterrorizando o mundo dos vivos. Dr. Peter Thompson, com a ajuda de seu mestre, Sir James Forbes, está tentando controlar a terrível praga. Suas investigações os levarão a uma horrível descoberta. Exibição em DVD.

Uma Sepultura na Eternidade (Quatermass and the Pit), de Roy Ward Baker (1967) / 97 minutos
Trabalhando na construção de uma nova linha do metrô em Londres, um grupo de operários encontra a carcaça do que acreditam ser um artefato bélico pertencente aos alemães, da época da Segunda Guerra. Porém, quando um especialista investiga o objeto, todos descobrem que ele guarda outro grande segredo. Exibição digital em alta definição. Exibição digital em alta definição.

Carmilla, A Vampira De Karnstein, (The Vampire Lovers) de Roy Ward Baker (1970) / 91 minutos
Quando uma misteriosa condessa viaja para o exterior para visitar um amigo doente, o general Spielsdorf oferece sua hospitalidade. O que o general não imagina é que Carmilla é a reencarnacão de uma terrível vampira que inicia um ritual macabro para saciar sua sede de sangue. Exibição digital em alta definição.

Filhas de Drácula (Twins of Evil), de John Hough (1971) / 87 minutos
Gêmeas vão viver com o tio, num vilarejo, no qual à noite são vistas misteriosas figuras femininas vagando nas sombras. Os aldeões acreditam que o responsável por tudo é o Conde Karnstein, que mora num castelo. Mas elas acabam aproximando-se do castelo, a despeito da proibição do tio. Exibição digital em alta definição.

Fanatismo Macabro (Die!Die! My Darling!), de Silvio Narizzano (1965) / 97 minutos
Uma fanática religiosa fica obcecada pelo espírito do filho morto num acidente. Quando a ex-namorada do rapaz lhe faz uma visita inesperada, ela aprisiona a bela jovem para "limpar" sua alma antes de se unir ao filho no céu. Exibição em DVD.

 O Cão dos Baskervilles (The Hound of the Baskervilles), de Terence Fisher (1959) / 87 minutos
Um mal demoníaco está oculto no fundo dos penhascos cobertos pela névoa dos lendários terrenos de caça da Inglaterra. Na forma de um diabólico cão de caça, ele se alimenta da trêmula carne dos herdeiros da mansão Baskerville.
Mas antes que essa besta selvagem possa cravar seus dentes no mais novo dono da propriedade, ele precisa lançar suas ferozes presas contra o perspicaz intelecto do mais poderoso adversário que ele jamais encontrou - o incomparável Sherlock Holmes. Exibição digital em alta definição.

As Noivas do Vampiro (The Brides of Dracula), de Terence Fisher (1960) / 85 minutos
Marianne Danielle está viajando pelo Leste Europeu a fim de assumir o cargo de professora de francês em uma escola para moças na Transilvânia, agora livre da ameaça do Conde Drácula. Ela não é muito bem recebida pelos locais e acaba sendo acomodada no castelo da Baronesa Meinster, onde conhece o filho da nobre, que vive acorrentado à parede. Com pena do jovem, Marianne decide libertá-lo sem desconfiar que ele é um vampiro. Para sorte dela, o Doutor Van Helsing está por perto e promete por fim à vida de mais esse ser das trevas. Exibição digital em alta definição.

Quando os Dinossauros Dominavam a Terra (When Dinosaurs Ruled the Earth), de Val Guest (1970) /  100 minutos
Uma pequena tribo está lutando pela sobrevivência, oferecendo uma rara mulher loira como sacrifício para obter proteção contra os dinossauros. Exibição em DVD.
  
PROJETO RAROS: A Lenda dos Sete Vampiros (The Legend of the 7 Golden Vampires), de Roy Ward Baker e Chang Cheh (1974) / 83 minutos
Van Helsing conta a seus estudantes a respeito de uma vilarejo amaldiçoado na China, onde, todo ano, durante 7 luas, a região é atormentada por sete vampiros. O famoso caçador de vampiros é persuadido por uma família de experts em Kung Fu a ajudar a salvar os moradores. Enquanto isso, o Conde Drácula se aproxima. Exibição em DVD.


GRADE DE HORÁRIOS
04 a 09 de agosto de 2015

04 de agosto (terça-feira)
15:00 – Terror que Mata (82’)
17:00 – As Filhas de Drácula (87’)
19:30 – O Vampiro da Noite (82’)

05 de agosto (quarta-feira)
15:00 – Uma Sepultura na Eternidade (97’)
17:00 – Quando os Dinossauros Dominavam a Terra (100’)
19:30 – A Maldição de Frankenstein (82’)

06 de agosto (quinta-feira)
15:00 – Nas Garras do Ódio (91’)
17:00 – Fanatismo Macabro (97’)
19:30 – A Múmia (86’)

07 de agosto (sexta-feira)
15:00 – A Maldição de Frankenstein (82’)
17:00 – Carmilla, A Vampira De Karnstein (91’)
20:00 – Projeto Raros: A Lenda dos Sete Vampiros (83’)

08 de agosto (sábado)
15:00 – Rasputin: O Monge Louco (91’)
17:00 – Epidemia de Zumbis (91’)
19:00 – A Maldição do Lobisomem (93’)

09 de agosto (domingo)
15:00 – A Serpente (91’)
17:00 – O Vampiro da Noite (82’)
19:00 – As Bodas de Satã (96’)



GRADE DE HORÁRIOS
11 a 16 de agosto de 2015

11 de agosto (terça-feira)
15:00 – Fanatismo Macabro (97’)
17:00 – A Maldição do Lobisomem (93’)
19:30 – O Cão dos Baskervilles (87’)

12 de agosto (quarta-feira)
15:00 – Epidemia de Zumbis (91’)
17:00 – As Filhas de Dracula (87’)
19:30 – As Noivas do Vampiro (85’)

13 de agosto (quinta-feira)
15:00 – Quando os Dinossauros Dominavam a Terra (100’)
17:00 – A Múmia (86’)
19:30 – Uma Sepultura na Eternidade (97’)

14 de agosto (sexta-feira)
15:00 – O Cão dos Baskervilles (87’)
17:00 – Nas Garras do Ódio (91’)
19:00 – Carmilla, A Vampira De Karnstein (91’)

15 de agosto (sábado)
15:00 – As Bodas de Satã (96’)
17:00 – As Filhas de Drácula (87’)
18:30 – Sessão Aurora: O Pagamento Final

16 de agosto (domingo)
15:00 – A Maldição de Frankenstein (82’)
17:00 – O Vampiro da Noite (82’)
19:00 – A Múmia (86’)




Sala P. F. Gastal
Coordenação de Cinema, Vídeo e Fotografia
Av. Pres. João Goulart, 551 - 3º andar - Usina do Gasômetro
Fone 3289 8133
www.salapfgastal.blogspot.com

Nenhum comentário: