Quem sou eu

Minha foto
Sapucaia do Sul/Porto Alegre, RS, Brazil
Sendo frequentador dos cursos do Cine Um (tendo já 69 certificados),sou uma pessoa fanática pelo cinema, HQ, Livros, música clássica, contemporânea, mas acima de tudo pela 7ª arte. Me acompanhem no meu: Twitter: @cinemaanosluz Facebook: Marcelo Castro Moraes ou me escrevam para beniciodeltoroster@gmail.com

Pesquisar este blog

segunda-feira, 31 de março de 2014

Cine Especial: MATRIX: 15 ANOS DEPOIS




Sinopse: Em um futuro próximo, Thomas Anderson (Keanu Reeves), um jovem programador de computador que mora em um cubículo escuro, é atormentado por estranhos pesadelos nos quais encontra-se conectado por cabos e contra sua vontade, em um imenso sistema de computadores do futuro. Em todas essas ocasiões, acorda gritando no exato momento em que os eletrodos estão para penetrar em seu cérebro. À medida que o sonho se repete, Anderson começa a ter dúvidas sobre a realidade. Por meio do encontro com os misteriosos Morpheus (Laurence Fishburne) e Trinity (Carrie-Anne Moss), Thomas descobre que é, assim como outras pessoas, vítima do Matrix, um sistema inteligente e artificial que manipula a mente das pessoas, criando a ilusão de um mundo real enquanto usa os cérebros e corpos dos indivíduos para produzir energia. Morpheus, entretanto, está convencido de que Thomas é Neo, o aguardado messias capaz de enfrentar o Matrix e conduzir as pessoas de volta à realidade e à liberdade.

Antigamente, quando eu era pequeno, o tempo demorava ao passar. Ficava na maior agonia para chegar o final do ano, para ver a Rena do Nariz Vermelho tv, mas o tempo passou e com isso o tempo parece que passou mais e mais rápido. Com isso parecem mentira que já se vão 15 anos desde que Matrix foi lançado no cinema.
Lembro-me bem como foi que conheci isso tudo: na realidade o primeiro vislumbre do filme foi numa matéria do Fantástico, onde mostrava uma dupla de alunos matando 13 colegas no colégio dos Estados Unidos, que segundo a matéria, parecia que eles haviam adorado o filme. Mera desculpa por não achar uma razão clara na época do porque a dupla fez aquilo, sendo que o importante é que Matrix escapou de polêmicas sem fundamento e logo se tornou um dos filmes mais cultuados daquele ano de 1999.
Só para se ter uma idéia, o filme ofuscou a grande estréia daquele período que foi Star Wars: Ameaça Fantasma. O problema é que o filme de George Lucas não trazia nada de novo e o pior, não trazia nenhum personagem tão carismático como da trilogia original. Com isso, mesmo os dois filmes estreando em datas diferentes daquele ano, Matrix saiu na frente na opinião publica e critica por ser algo novo, ao mesmo tempo era um mundo mais ou menos conhecido pelos fanáticos pelo estilo Cyberpunk, estilo conhecido mais por pessoas que curtem mangas japoneses, mas pouco conhecido ao resto do mundo até aquela época.
Lembro-me bem quando fui ver o filme: fui com uma colega minha na época da escola, no Cine Imperial da Rua das Andradas, (bons tempos do cine de rua). A sensação de assistir algo novo já dava para sentir no primeiro minuto de projeção. Logo em seguida era apresentado aos nossos olhos o efeito tempo de bala, onde a personagem Triniy dava um chute em um policial, ou a cena já clássica em que Neo se esquiva das balas do agente, em um momento em que a câmera da um giro de 360ºgraus, algo inédito na época.
A idéia dos irmãos Wachowski (na época conhecidos por ter dirigido o filme erótico Ligadas Pelo Desejo) eram fazer uma trilogia, pois cresceram assistindo trilogias do cinema, lendo muito HQ em três partes e por isso queriam criar um filme inspirado nestas fontes, (o filme é claramente uma inspiração da HQ Invisíveis) como as trilogias já clássicas como Star Wars e teorias sobre o que realidade ou não. Mas primeiro de tudo fizeram um filme onde souberam com perfeição apresentar esse mundo, em que as maquinas controlam os seres humanos e fazem as pessoas viverem uma vida falsa, numa vida simulada.
O filme se tornou sucesso de publico e critica, fez de Keanu Reeves ícone Pop e abocanhou 4 Oscar e isso sem contar a moda Matrix em que as roupas e óculos do filme se tornaram moda desde então. Com isso, era inevitável os irmãos ganhassem luz verde para criar sua trilogia e com isso em 2003 foram lançados as segunda e terceira parte que, se em parte não fez o mesmo sucesso de critica para muitos, para os fanáticos de Ciberpunk os três capítulos se tornaram obras primas e isso sem contar um longa que conta com oito historias que exploram o mundo da Matrix.
15 anos depois, Matrix foi uma prova na época que publico se interessa por novidades, sendo uma formula que funcionou uma vez, pode funcionar sempre. Contudo, novas formulas são sempre bem vindas e essa trilogia ciberpunk foi mais do que bem vinda.
 

Me sigam no Facebook, twitter e Google+ 

Nenhum comentário: