Quem sou eu

Minha foto
Sapucaia do Sul/Porto Alegre, RS, Brazil
Sendo frequentador dos cursos do Cine Um (tendo já 69 certificados),sou uma pessoa fanática pelo cinema, HQ, Livros, música clássica, contemporânea, mas acima de tudo pela 7ª arte. Me acompanhem no meu: Twitter: @cinemaanosluz Facebook: Marcelo Castro Moraes ou me escrevam para beniciodeltoroster@gmail.com

Pesquisar este blog

quarta-feira, 19 de fevereiro de 2014

Cine Dica: Curso Slasher Movies




APRESENTAÇÃO
Durante décadas, jovens personagens de filmes de horror tiveram mortes tenebrosas pelas mãos de pérfidos psicopatas, geralmente mascarados, que esbanjam criatividade (e crueldade) na hora de eliminar seus alvos. A frequência desses massacres e a quantidade de filmes enfocando o genocídio adolescente deram origem a um subgênero: os "Slasher Movies" ("Slash" é o termo em inglês para "retalhar" ou "cortar").
Embora filmes sobre pessoas sendo sistematicamente assassinadas por psicopatas misteriosos já existam desde os primórdios do cinema, foi a estreia de Halloween (1978), de John Carpenter, que imortalizou os cânones do subgênero e as suas "regras", como a protagonista virginal que sobrevive para enfrentar o assassino mascarado enquanto seus amigos que fazem sexo são mortos impiedosamente. Claro que Carpenter não criou tudo isso do zero: vários desses elementos já apareciam, isoladamente, em produções dos anos 1930.
Mas foi a partir de Halloween que iniciou a chamada "era de ouro" dos Slasher Movies: durante quase 10 anos, entre 1978 e 1986, centenas de produções foram realizadas no mundo inteiro, reunindo um variado grupo de vilões mascarados, as mortes mais criativas que a equipe de efeitos especiais pudesse conceber e muitos, mas muitos litros de sangue.
Embora nunca tenham realmente desaparecido, os slashers sofreram um período de decadência pós-1986, em grande parte pelo excesso de filmes e pela falta de criatividade que impedia de distinguir uma produção da outra. Até que o sucesso de Pânico (1996), de Wes Craven, garantiu uma sobrevida ao subgênero e toda uma nova geração de jovens viu-se na mira de novos assassinos mascarados. Assim, a exemplo dos vilões mascarados mais famosos desse subgênero, os Slasher Movies nunca morrem e continuam à solta para aterrorizar a próxima geração de adolescentes.
NÃO É NECESSÁRIO NENHUM PRÉ-REQUISITO PARA PARTICIPAR DESTA ATIVIDADE.


OBJETIVOS


O curso Slasher Movies: Virgens, Mascarados e Litros de Sangue, ministrado por Felipe M. Guerra, tem como objetivo explorar a história desse subgênero e estudar o seu impacto na cultura popular (vilões como Jason já apareceram até em historinhas da Turma da Mônica, ainda que devidamente caricaturizados). As origens dos Slashers Movies serão apresentadas desde as suas raízes, com o Teatro Grand Guignol, na França, e os livros baratos de mistério e assassinato, passando pelos chamados "proto-slashers", filmes que começaram a lançar as bases para esse tipo de produção, chegando até a produção contemporânea. O objetivo é criar um panorama variado de como surgiram os Slasher Movies e suas "regras", enfocando também as produções mais famosas do ciclo.


CONTEÚDO PROGRAMÁTICO


Aula 1

RASTREANDO AS ORIGENS
Do Teatro Grand Guignol a Jack, O Estripador, de Agatha Christie a Edgar Wallace.
O QUE É UM SLASHER MOVIE?
Porque Sexta-feira 13 é um Slasher Movie e Seven não é?
As regras e características que permitem identificar este subgênero, e como elas sofrem poucas modificações de um filme para outro.
OS AVÓS DOS SLASHER MOVIES
Uma análise sobre os "Proto-Slashers", filmes de horror e mistério produzidos entre as décadas de 1930-70 que já trazem elementos que depois serão imortalizados pelos Slasher Movies.
HALLOWEEN E O INÍCIO DA ERA DE OURO
O sucesso do filme de John Carpenter e os cânones do Slasher.
O início da era de ouro e as principais produções: Sexta-feira 13; Prom Night; Feliz Aniversário Para Mim; Dia dos Namorados Macabro e outras (e suas continuações).
Aula 2
O INÍCIO DO FIM DA ERA DE OURO
Porque A Noite das Brincadeiras Mortais é o último grande Slasher Movie clássico?
O subgênero se banaliza e crianças começam a idolatrar Freddy e Jason.
POR TRÁS DOS SLASHERS
Tentando levar os Slasher Movies a sério.
Sexualidade e moralismo nos clássicos do gênero.
A ESTREIA DE PÂNICO E UM NOVO CICLO
Como o filme de Wes Craven apresentou os Slasher Movies a uma nova geração.
QUANDO O SUBGÊNERO VIRA PIADA
Slasher cômicos que não se levam a sério e brincam com os clichês do gênero, de Student Bodies (1981) a Todo Mundo em Pânico (2000).

Ministrante: FELIPE M. GUERRA
Jornalista e cineasta independente, apaixonado por Filmes B, em particular pelos Slasher Movies. Escreveu textos e matérias para o site Boca do Inferno, onde publicou artigos sobre séries como Sexta-Feira 13 e A Hora do Pesadelo. Criou um blog próprio (Filmes para Doidos) onde escreve resenhas sobre cinema. Como cineasta independente, manifesta sua admiração pelos slashers ao homenagear o subgênero nos curtas Entrei em Pânico ao Saber o que Vocês Fizeram na Sexta-feira 13 do Verão Passado - Partes 1 e 2. Recentemente finalizou o curta-metragem O Estripador da Rua Augusta (inédito).




Curso
SLASHER MOVIES:
VIRGENS, MASCARADOS E LITROS DE SANGUE
de Felipe M. Guerra


* Datas: 13 e 14 de Março (Quinta e Sexta-feira)
* Horário: 19h30 às 22h
* Local: Centro Cultural CEEE Erico Verissimo (Rua dos Andradas, 1223 – Centro - Porto Alegre)
* Investimento: R$ 80,00 (valor promocional de R$ 70 para as primeiras 10 inscrições – Válido apenas para pagamento por depósito bancário)
* Forma de pagamento: Depósito bancário ou Cartão de Crédito (via PagSeguro)
* Material: Apostila e Certificado de participação


* Informações: cenaum@cenaum.com / Fone: (51) 9320-2714
* Inscrições: www.cinemacenaum.blogspot.com

Nenhum comentário: