Quem sou eu

Minha foto
Sapucaia do Sul/Porto Alegre, RS, Brazil
Sendo frequentador dos cursos do Cine Um (tendo já 69 certificados),sou uma pessoa fanática pelo cinema, HQ, Livros, música clássica, contemporânea, mas acima de tudo pela 7ª arte. Me acompanhem no meu: Twitter: @cinemaanosluz Facebook: Marcelo Castro Moraes ou me escrevam para beniciodeltoroster@gmail.com

Pesquisar este blog

quinta-feira, 28 de novembro de 2013

Cine Dica: Em Blu-Ray e DVD: Meu Malvado Favorito 2


Sinopse: Gru (voz de Steve Carell/Leandro Hassum) mudou radicalmente sua vida e agora seu negócio é se dedicar às filhotas Agnes (Elsie Fisher), Edith (Dana Gaier) e Margo (Miranda Cosgrove), deixando de lado os tempos de vilão. Ele só não contava que seu passado de "ladrão da Lua" pudesse falar mais alto e ser responsável pelo seu recrutamento, através da AVL (Liga Anti-Vilões), para salvar o mundo na companhia da agente Lucy (Kristen Wiig/Maria Clara Gueiros). Juntos, eles precisam localizar o criminoso que roubou a fórmula PX41, e Gru desconfia que um antigo "concorrente", chamado El Macho (Beijamin Bratt/Sidney Magal), possa ser o responsável por essa maldade. Para completar os problemas, o parceiro Dr. Nefário (Russell Brand/Luiz Carlos Persy) resolveu abandoná-lo e Margo está vivendo seu primeiro amor.

Lançado em 2010, Meu Malvado Favorito foi uma agradável surpresa, ao apresentar o personagem Gru, um super vilão, mas que no fundo existia um bom coração, ao ponto de realmente adotar três crianças, sendo que a principio ele havia somente pego elas para outros fins. É aquela velha lição de sempre vista em outros filmes de animação como Sherk, em que nem sempre se deve julgar o livro pela capa, mas aqui soa de uma forma fresca e muito bem vinda. Nessa seqüência, pouca coisa mudou com relação ao original, a não ser o fato de o protagonista começar ter o seu coração balançado pela nova personagem feminina da área, agente Lucy (Kristen Wiig/Maria Clara Gueiros).     
Fora isso, o ex vilão tem a missão de procurar e desvendar as artimanhas de um vilão das antigas, mas ao mesmo tempo ter que lidar com o fato de uma de suas filhas querer namorar um garoto, justamente o filho de um personagem que pode ser o vilão trama. Resumidamente, a historia não traz o mesmo frescor de novidade vista no primeiro e com isso o filme se perde em algumas situações previsíveis. Contudo, o que novamente salva o filme é sem sombra de duvida os seres amarelinhos Minions, que viraram coqueluche entre a molecada, tanto pequena quanto grande e ganharam tantos fãs, que há previsão de um filme somente deles no ano que vem.
Com filhos adotados, e com um novo patamar que o protagonista atinge no ato final desse filme, resta saber quais serão os novos rumos que o personagem irá chegar numa inevitável seqüência. 

Me sigam no facebook e twitter. 

2 comentários:

Fernanda Bender disse...

Vi que estava passando na TV mas como não ia pegar do início não continuei assistindo... esses Minions viraram uma febre na internet, né...

Marcelo Castro Moraes disse...

Minha mãe se viciou nos dois filmes e não para de assistir.