Quem sou eu

Minha foto
Sapucaia do Sul/Porto Alegre, RS, Brazil
Sendo frequentador dos cursos do Cine Um (tendo já 69 certificados),sou uma pessoa fanática pelo cinema, HQ, Livros, música clássica, contemporânea, mas acima de tudo pela 7ª arte. Me acompanhem no meu: Twitter: @cinemaanosluz Facebook: Marcelo Castro Moraes ou me escrevam para beniciodeltoroster@gmail.com

Pesquisar este blog

sexta-feira, 26 de julho de 2013

Cine Dica: Em Cartaz: Truque de Mestre

ESTÃO TODOS PRESTANDO ATENÇÃO? 

Sinopse: Daniel Atlas (Jesse Eisenberg) é o carismático líder do grupo de ilusionistas chamado The Four Horsemen. O que poucos sabem é que, enquanto encanta o público com suas mágicas sob o palco, o grupo também rouba bancos em outro continente e ainda por cima distribui a quantia roubada nas contas dos próprios espectadores. Estes crimes fazem com que o agente do FBI Dylan Hobbs (Mark Ruffalo) esteja determinado a capturá-los de qualquer jeito, ainda mais após o grupo anunciar que em breve fará seu assalto mais audacioso. Para tanto ele conta com a ajuda de Alma Vargas (Melanie Laurent), uma detetive da Interpol, e também de Thaddeus Bradley (Morgan Freeman), um veterano desmistificador de mágicos que insiste que os assaltos são realizados a partir de disfarces e jogos envolvendo vídeos.

No inicio do filme, Daniel Atlas (Jesse Eisenberg) pede para determinada pessoa escolher uma  das cartas que ele apresentou para ela e para nos que assistimos. Para minha surpresa, a minha companheira ao lado que estava assistindo, escolheu a mesma carta que a pessoa do filme havia escolhido, para então a carta escolhida surgir em tamanho gigante em um prédio. Grande truque? Ou verdadeira magia?
O grande charme do mais novo filme Louis Leterrier (O Incrível Hulk) está sobre defender o ilusionismo e nunca revelar as engrenagens que fazem criar a verdadeira cara de espanto no espectador que assiste. Embora alguns feitos do quarteto principal (Jesse Eisenberg, Woody Harrelson, Isla Fisher e Dave Franco, impecáveis)  sejam revelados por um caçador de truques de ilusionismo (Morgan Freeman), a gente nunca deixa de ficar maravilhados pelos números incríveis apresentados. Mas além de serem verdadeiros shows de mágicas, o quarteto principal acaba despertando atenção do FBI e Interpol, no momento em que um de seus truques acaba se criando o mais inusitado roubo de banco da historia.
Com isso, surgem em cena a dupla Dylan Rhodes (Mark Ruffalo, Vingadores) e Alma Dray (Mélanie Laurent, Bastardos Inglórios) responsáveis por investigar e prender a todo custo o quarteto maravilha, mas que acabam sempre sendo driblados por eles, rendendo os momentos mais divertidos e engraçados da trama. Alias, é de se tirar o chapéu para o cineasta Leterrier, que embora acostumado em dirigir mais filmes de ação, nos surpreende ao criar um equilíbrio entre as cenas de ação e luta com diálogos ágeis, bem humorados e até mesmo com momentos de suspense. Tudo isso misturado num verdadeiro liquidificador, mas que acaba rendendo um bom sabor, principalmente moldado em inúmeros momentos, onde a câmera nos exige bastante atenção nas cenas, que por vezes não há corte de imagens e criando assim uma verdadeira montanha russa de tensão bem caprichada.
Mas como se trata de um filme sobre ilusionismo, o grande passe de mágica da trama é de nos fazer simplesmente não descobrir quem é o quinto mágico da historia, que na realidade havia contratado o quarteto no inicio do filme. Embora surja a todo o momento pistas que nos faz acreditar que seja uma determinada pessoa, a revelação sobre quem é de fato no ato final simplesmente me surpreendeu, embora possa soar meio que forçado para alguns que forem assistir numa primeira analise.
Com um super elenco, que ainda tem Michael Caine como coadjuvante de luxo, Truque de Mestre é uma agradável surpresa, para aqueles que buscam historias criativas e que exige certa concentração sobre os eventos que surgem na tela. 

Me sigam no facebook e twitter. 

Nenhum comentário: