Quem sou eu

Minha foto
Sapucaia do Sul/Porto Alegre, RS, Brazil
Sendo frequentador dos cursos do Cine Um (tendo já 69 certificados),sou uma pessoa fanática pelo cinema, HQ, Livros, música clássica, contemporânea, mas acima de tudo pela 7ª arte. Me acompanhem no meu: Twitter: @cinemaanosluz Facebook: Marcelo Castro Moraes ou me escrevam para beniciodeltoroster@gmail.com

Pesquisar este blog

terça-feira, 28 de maio de 2013

Cine Dica: Programação de 28 de maio a 2 de junho do Cinebancários

CineBancários estreia documentário sobre ativista do grupo Sendero Luminoso 

O CineBancários estreia dia 28 de maio o documentário Sibila, sobre a trajetória da ativista política Sybila Arredondo de Argueda. Dirigido por Teresa Arredondo, sobrinha da protagonista.
 O filme é uma co-produção entre o Peru, o Chile, a França e a Espanha e permanece em exibição no CineBancários de 28 de maio a 2 de junho, nas sessões das 15h e 17h, com ingressos a R$ 6,00 para público geral e R$ 3,00 para bancários e jornalistas sindicalizados, idosos, estudantes e clientes do Banrisul.
 Com Sibilia, a diretora peruana Teresa Arredondo recupera em detalhes uma história dramática, que marcou profundamente a sua família. Quando decidiu fazer seu primeiro longa documental, optou por abordar este fato que, além de ter ressonâncias íntimas, está diretamente relacionado à história recente de seu país. Em entrevista concedida por ocasião do lançamento do filme, a diretora afirmou lembrar em detalhes da noite em que a história da sua família mudou: “Nós recebemos um telefonema dizendo que minha tia Sybila estava na prisão acusada de fazer parte do Sendero Luminoso. Eu tinha sete anos e o silêncio protetor de meus pais me fizeram transformar a imagem dela em um mistério. Ela ficou na prisão por 15 anos. Hoje ela está livre e eu quero chegar perto dela, para escutar e entender." O Sendero Luminoso é uma organiza&cc edil;ão terrorista de inspiração maoísta fundada na década de 1960 por estudantes e professores de universidades do Peru. A guerrilha foi quase considerada extinta no final da década de 90, mas reapareceu na primeira década dos anos 2000.
 A diretora Teresa Arredondo nasceu em Lima, no Peru, em 1978. Estudou documentário na Universidad Autónoma de Barcelona. Lá ela fez seu primeiro curta-metragem, In Crescendo (2007). Seu segundo curta-metragem, Días con Matilde (2011), foi premiado em diversos festivais. Sibila é seu primeiro longa-metragem e ganhou o prêmio de direitos humanos no BAFICI, o Festival Internacional de Cinema de Buenos Aires.

Sibila, de Teresa Arredondo. Chile/Peru/França/Espanha, 2012, 95 minutos. Documentário.
 Classificação indicativa: 12 anos.
  
Abismo Prateado entra em cartaz no CineBancários na sessão das 19h 

O CineBancários exibe de 28 de maio a 2 de junho, na sessão das 19h, o longa Abismo Prateado de Karim Aïnouz, baseado na canção Olhos nos Olhos, de Chico Buarque.
 Violeta (Alessandra Negrini), é uma dentista de 40 anos, casada e com um filho adolescente, que está pronta para começar mais um dia em sua rotina, entre seu consultório, a academia e um novo apartamento em Copacabana. Parece ter uma vida dos sonhos, até que recebe um recado no celular, o que muda drasticamente seu cotidiano, fazendo com que ela passe por uma dolorosa experiência, durante a qual busca entender a situação, andando pelas ruas do Rio de Janeiro.
 Ingressos: R$ 6,00 para público geral e R$ 3,00 para bancários e jornalistas sindicalizados, idosos, estudantes e clientes do Banrisul.

Abismo Prateado, de Karim Ainouz. Brasil, 2011, 100 minutos. Com Alessandra Negrini e Thiago Martins. Drama. Classificação Indicativa 14 anos.
   
Cineterapia exibe Má Educação de Almodóvar, seguido de bate papo com Manuela D'ávila

O Cineterapia deste mês apresenta o filme Má Educação, de Pedro Almodóvar (La mala educación, Espanha, 2004, 106 minutos), seguido de bate-papo com a jornalista e deputada federal Manuela D’Ávila. A exibição tem entrada franca e acontece na segunda-feira, dia 27, às 20h, no Cinebancários.
Considerado um verdadeiro mergulho na alma masculina e buscando quebrar tabus, a película traz o personagem Ignácio, um rapaz educado em colégio católico que se apaixona pelo colega de classe, Enrique. No entanto, Ignácio acaba despertando interesse maior em seu professor e diretor da escola, Padre Manolo.
 Passados os anos, os dois rapazes se reencontram diante de um bloqueio criativo de Enrique, que agora é cineasta. Ignácio é aspirante a ator e apresenta a ele o roteiro “A Visita”, parcialmente elaborado a partir de experiências de vida de ambos.
 Em sua 24ª edição e quarto ano consecutivo, o projeto disponibiliza clássicos que estudam novas formas de desenvolver a sensibilidade e possibilita análise comportamental por destacados pensadores, psiquiatras e escritores gaúchos. Já participaram do evento nomes como Thedy Correa, Frank Jorge, Tatata Pimentel, Jorge Furtado, entre outros.
 A mediação da conversa fica por conta dos terapeutas Cínthya Verri e Roberto Azambuja.

Reservas de ingressos deverão ser feitas pelo e-mail projetocineterapia@gmail.com

Mais informações e horários das sessões, vocês conferem na pagina da sala clicando aqui.

Mais informações e horários das sessões, vocês conferem na pagina da sala clicando aqui.

Me Sigam no Facebook e Twitter:  

Nenhum comentário: