Quem sou eu

Minha foto
Sapucaia do Sul/Porto Alegre, RS, Brazil
Sendo frequentador dos cursos do Cine Um (tendo já 69 certificados),sou uma pessoa fanática pelo cinema, HQ, Livros, música clássica, contemporânea, mas acima de tudo pela 7ª arte. Me acompanhem no meu: Twitter: @cinemaanosluz Facebook: Marcelo Castro Moraes ou me escrevam para beniciodeltoroster@gmail.com

Pesquisar este blog

quinta-feira, 14 de março de 2013

Cine Especial: O QUE É UM DOCUMENTÁRIO?: Parte 3


Nos dias 26 e 28/Março; 02 e 03/Abril, estarei participando do curso "O que é um Documentário?", criado pelo Cena Um e ministrado pelo jornalista Rafael Valles. Enquanto os dias da atividade não chegam, por aqui, estarei postando sobre últimos documentários nacionais e internacionais que eu assisti nos últimos anos. 

Dzi Croquettes

sinopse: Em 1972 estreava o primeiro show dos Dzi Croquettes. Com homens usando roupas femininas, de forma a mostrar as pernas cabeludas e a barba, ele logo foi um sucesso. Apesar disto, foi também banido pelo Serviço Nacional de Teatro. Incorporando o espírito da contracultura reinante na época, os Dzi Croquettes usavam a irreverência para criticar a ditadura militar brasileira.

Na época negra da Ditadura Militar, o país sofreu muito: além de o governo controlar o povo com mão de ferro, houve uma grande perseguição contra qualquer tipo de cultura e por isso, vários filmes e musicas foram censurados na época. Em meio a esse horror, um grupo de homens radicalizou de vez, apresentando shows onde se travestiam e apresentavam, de entre outras coisas, historias com humor, musical, dança e muito teor erótico, mas nada de muito explicito que incomodava a ditadura no principio. O documentário pega do baú cenas raras desses homens que de tanto sucesso, chamaram atenção de gente famosa lá fora, como Lisa Mineli, que em pouco tempo se tornou madrinha do grupo e ajudou eles a fazerem sucesso no exterior como na França. Os depoimentos de pessoas famosas atuais, pessoas do grupo que ainda estão vivos, revelam detalhe por detalhe o dia o dia do que foi essa equipe, que sem duvida influenciou e muito a liberdade de expressão, liberdade gay e influenciou celebridades que seguiram seus passos de uma forma ou de outra, como no caso de Claudia Raia e Miguel Falabella.
Um documentário que merece registro, onde mostra um tempo em que em meio aos punhos de ferro, tinham um grupo que não se intimidava em mostrar a sua cara e fazer rir.

Me Sigam no Facebook e Twitter: 

Nenhum comentário: