Quem sou eu

Minha foto
Sapucaia do Sul/Porto Alegre, RS, Brazil
Sendo frequentador dos cursos do Cine Um (tendo já 69 certificados),sou uma pessoa fanática pelo cinema, HQ, Livros, música clássica, contemporânea, mas acima de tudo pela 7ª arte. Me acompanhem no meu: Twitter: @cinemaanosluz Facebook: Marcelo Castro Moraes ou me escrevam para beniciodeltoroster@gmail.com

Pesquisar este blog

terça-feira, 12 de fevereiro de 2013

Cine Dica: CINEBANCÁRIOS REALIZA MOSTRA COM FILMES DE ESTRADA


ENTRADA FRANCA

Após um pequeno recesso durante os feriados de Carnaval (de 9 a 12 de fevereiro), o CineBancários retoma a sua programação no dia 13 com a mostra Na Estrada, que se estende até dia 24 e apresenta uma seleção de filmes de estrada realizados em ferentes épocas e países.
Um dos gêneros mais estimados pelos cinéfilos, os chamados road movies normalmente colocam seus protagonistas em jornadas repletas de emoção e aventura, que ao final do caminho os transformarão definitivamente.
Aproveitando o apelo destes filmes junto ao público, e também o fato de fevereiro ser um mês de férias, em que muitas pessoas colocam o pé na estrada, o CineBancários selecionou 13 longas-metragens do gênero, vários deles considerados clássicos da história do cinema, como Aconteceu Naquela Noite, de Frank Capra (1934), Vinhas da Ira, de John Ford(1940), Sem Destino, de Dennis Hopper (1969), e Encurralado, o primeiro longa-metragem dirigido por Steven Spielberg, lançado em 1971.
A mostra Na Estrada fica em cartaz no CineBancários de 13 a 24 de fevereiro, sempre em três sessões diárias, às 15h, 17h e 19h. A entrada é franca.

PROGRAMAÇÃO
  
Aconteceu Naquela Noite (It Happened One Night), de Frank Capra (EUA, 1934, 100 minutos)
Peter Warren (Clark Gable), um jornalista desempregado, encontra Ellie (Claudette Colbert), a filha de um milionário que fugiu do iate de Alexander Andrews (Walter Connolly), seu pai, pois este não aprova quem ela escolheu como marido. Peter vê a oportunidade de obter uma boa matéria, mas vários fatos criam uma forte aproximação entre eles. Vencedor do Oscar de melhor filme, ator e atriz.
  
Vinhas da Ira (The Grapes of Wrath), de John Ford (EUA, 1940, 129 minutos)
Oklahoma, na época da Depressão. O filho mais velho de uma família de trabalhadores rurais pobres retorna para casa, após cumprir pena por homicídio involuntário. Ele planeja levar em um pequeno caminhão a família até a Califórnia, onde se diz que trabalho lá não falta. Durante a viagem eles passam por diversos tipos de provações e quando chegam na Terra Prometida descobrem que era um lugar bem pior do que aquele que tinham deixado.
  
Sem Destino (Easy Rider), de Dennis Hopper (EUA, 1969, 95 minutos)
Wyatt (Peter Fonda) e Billy (Dennis Hopper) são motoqueiros que viajam pelo sul dos Estados Unidos. Após levarem drogas do México até Los Angeles, eles as negociam com um homem em um Rolls-Royce. Com o dinheiro a dupla parte rumo ao leste, na esperança de chegar a Nova Orleans a tempo para o Mardi Grass, um dos Carnavais mais famosos em todo o planeta.
  
Encurralado (Duel), de Steven Spielberg (EUA, 1971, 90 minutos)
Homem de negócios dirigindo sozinho em uma estrada secundária de repente se vê perseguido por motorista de caminhão. Depois de algum tempo, ele chega a conclusão de que aquele motorista pretende matá-lo.
  
Iracema, uma Transa Amazônica, de Jorge Bodanzky e Orlando Senna (Brasil,1975, 95 minutos)
Em 1974, em plena ditadura, quando o governo militar alardeava a propaganda da construção do “Brasil Grande”, Jorge Bodanzky e Orlando Senna realizaram este misto de documentário e ficção que se tornaria um marco da cinematografia brasileira. O filme faz um contraponto à propaganda oficial da época sobre a Amazônia, revelando as queimadas, o trabalho escravo e a prostituição infantil através da história da menina ribeirinha Iracema, que, atraída pela cidade grande e pela lábia do motorista de caminhão Tião Brasil Grande, acaba se prostituindo as margens da rodovia Transamazônica. Proibido durante seis anos no Brasil, recebeu inúmeros prêmios em festivais internacionais. Em 1981, foi o grande vencedor do Festival de Brasília do Cinema Brasileiro.
  
Thelma & Louise, de Ridley Scott (EUA, 1991, 130 minutos)
Louise Sawyer (Susan Sarandon) é uma garçonete quarentona e Thelma (Geena Davis) é uma jovem dona-de-casa. Cansadas da vida monótona que levam, as amigas resolvem deixar tudo para trás e pegar a estrada. Durante a viagem, elas se envolvem em um crime e decidem fugir para o México, mas acabam sendo perseguidas pela polícia americana.
  
Coração Selvagem (Wild at Heart), de David Lynch (EUA, 1990, 108 minutos)
A história de louco amor entre Sailor (Nicolas Cage) e Lula (Laura Dern), um casal obrigado a fugir pelas estradas americanas para escapar do capanga contratado pela mãe da moça para matar seu namorado, por que nutre uma doentia paixão. O filme deu a Palma de Ouro a David Lynch no Festival de Cannes em 1990.
  
E Sua Mãe Também (Y Tu Mamá También), de Alfonso Cuarón (México, 2001, 110 minutos)
Tenoch (Diego Luna) e Julio (Gael Garcia Bernal) são dois adolescentes de 17 anos que são controlados pelos seus hormônios e desejam se tornar adultos rapidamente. Em uma tarde festiva eles encontram Luisa (Maribel Verdú), uma mulher 11 anos mais velha que eles e que é casada com o primo de Tenoch. Eles a convidam para uma viagem à praia de Boca del Cielo, convite este inicialmente recusado e posteriormente aceito, após Luisa receber uma desagradável notícia. Porém, tanto Julio quanto Tenoch não conhecem o caminho até a praia e nem mesmo se ela realmente existe, fazendo com que os três se aventurem em uma viagem onde inocência, sexualidade e amizade irão colidir.
  
Priscilla, a Rainha do Deserto (The Aventures of Priscilla, Queen of the Desert), de Stephan Elliott (Austrália/EUA, 1994, 104 minutos)
As drag queens Anthony (Hugo Weaving) e Adam (Guy Pearce) e a transexual Bernadette (Terence Stamp) são contratadas para realizar um show em Alice Springs, uma cidade remota localizada no deserto australiano. Durante a viagem, encontram diferentes personagens, envolvendo-se em situações ao mesmo bizarras e engraçadas.

Terra Estrangeira, de Walter Salles e Daniela Thomas (Brasil, 1995, 100 minutos)
Anos 90. Sem perspectiva de vida num Brasil tomado pelo caos em plena era Collor, Paco (Fernando Alves Pinto) decide viajar para Portugal após a morte da mãe, levando uma misteriosa encomenda. Em Lisboa, ele conhece Alex (Fernanda Torres), brasileira namorada de Miguel (Alexandre Borges), todos envolvidos num esquema de contrabando, que vai transformar suas vidas num pesadelo.
  
Diários de Motocicleta (The Motorcycle Diaries), de Walter Salles (EUA, 2003, 126 minutos)
Che Guevara (Gael García Bernal) era um jovem estudante de Medicina que, em 1952, decide viajar pela América do Sul com seu amigo Alberto Granado (Rodrigo de la Serna). A viagem é realizada em uma moto, que acaba quebrando após 8 meses. Eles então passam a seguir viagem através de caronas e caminhadas, sempre conhecendo novos lugares. Porém, quando chegam a Machu Pichu, a dupla conhece uma colônia de leprosos e passam a questionar a validade do progresso econômico da região, que privilegia apenas uma pequena parte da população.
  
Além da Estrada, de Charly Braun (Brasil/Uruguai, 2010, 85 minutos)
Santiago (Esteban Feune de Colombi) é um jovem que chega ao Uruguai para conhecer as terras herdadas por ele, em decorrência da morte de seus pais quatro anos antes. No caminho para a pequena cidade de Rocha ele dá carona a uliette (Jill Mulleady), uma jovem belga que está no país em busca de um antigo namorado. Juntos eles cruzam as estradas do país e encontram várias figuras locais, se aproximando cada vez mais.

A Última Estrada da Praia, de Fabiano de Souza (Brasil, 2010, 93 minutos)
Livre adaptação livre do romance O Louco do Cati, de Dyonélio Machado, traz a história de três grandes amigos, e também amantes: Leo, Norberto e Paula. Em uma viagem pelo litoral gaúcho, eles encontram um homem estranho, que não fala, e acaba seguindo viagem com eles. Juntos, os quatro fazem novas descobertas.

Mais informações e horários das sessões vocês conferem na pagina da sala clicando aqui.  

 Me Sigam no Facebook e Twitter: 

Nenhum comentário: