Quem sou eu

Minha foto
Sapucaia do Sul/Porto Alegre, RS, Brazil
Sendo frequentador dos cursos do Cine Um (tendo já 69 certificados),sou uma pessoa fanática pelo cinema, HQ, Livros, música clássica, contemporânea, mas acima de tudo pela 7ª arte. Me acompanhem no meu: Twitter: @cinemaanosluz Facebook: Marcelo Castro Moraes ou me escrevam para beniciodeltoroster@gmail.com

Pesquisar este blog

quarta-feira, 12 de dezembro de 2012

Cine Especial: RETORNANDO A TERRA MÉDIA: Parte 2


Com a chegada de O Hobbit no cinema, relembremos uma das maiores sagas cinematográficas do cinema recente e de todos os tempos.

O Senhor dos Anéis - As Duas Torres

‎Sinopse: Após a captura de Merry e Pippy pelos orcs a Sociedade do Anel é dissolvida. Enquanto que Frodo e Sam seguem sua jornada rumo à Montanha da Perdição para destruir o Um Anel Aragorn Legolas e Gimli partem para resgatar os hobbits seqüestrados.

O filme começa imediatamente após os eventos apresentados no final do filme anterior, com a sociedade desfeita, dividida em dois grupos e com cada um com sua missão. Sem aviso sem nada, nos somos brindados com uma seqüência de tirar o fôlego sobre o que aconteceu com Gandaf, na sua luta contra o demônio Balrog nas profundezas da mina de Moira. Mas evolução é palavra chave da trilogia de Peter Jacson, pois nos somos apresentados ao trágico Gollum / Sméagol, dependente por completo do “o anel” e que sofre uma assombrosa dupla personalidade.
Gollum não foi somente o melhor personagem digital criado naquela época, como também foi uma revolução em todos os sentidos, já que o que está ali não é um mero personagem criado em computador, mas sim um ator, que está todo vestido de sensores de captura de movimento e que deram vida ao personagem. A interpretação de Andy Serkis é tão impressionante, que o ator se sobressai nos efeitos especiais que cobrem sua verdadeira expressão facial e não é a toa que até hoje os fãs exigem que ele seja indicado a um Oscar de melhor ator coadjuvante.
Mas nem tudo é perfeito nesse capítulo do meio, pois foi nesta parte que Peter Jacson decidiu ter mais liberdade artística e inventar coisas que não aconteceram no livro, como inserir os Elfos ajudando o povo do reino de Rohan na batalha do Abismo de Helm. Outro problema é algumas coisas que não ficaram muito bem explicadas, ou cenas que fizeram falta, o que tornou em alguns momentos da trama irregulares.
Embora com esses problemas, o filme foi elogiado, fez bastante sucesso e fez com que o publico desejasse mais e mais chegar à reta final da saga. Mas mal sabiam que o melhor ainda estava por vir.        

Me  Sigam no Facebook e Twitter    

Nenhum comentário: