Quem sou eu

Minha foto
Sapucaia do Sul/Porto Alegre, RS, Brazil
Sendo frequentador dos cursos do Cine Um (tendo já 69 certificados),sou uma pessoa fanática pelo cinema, HQ, Livros, música clássica, contemporânea, mas acima de tudo pela 7ª arte. Me acompanhem no meu: Twitter: @cinemaanosluz Facebook: Marcelo Castro Moraes ou me escrevam para beniciodeltoroster@gmail.com

Pesquisar este blog

terça-feira, 3 de julho de 2012

Cine Especial: TODAS AS CORES DE PEDRO ALMODÓVAR: Parte 1



Nos dias 14 e 15 de Julho, estarei participando do curso TODAS AS CORES DE PEDRO ALMODÓVAR, criado pelo CENA UM e ministrado pelo Doutor em Ciências da Comunicação Josmar Reyes. E enquanto os dois dias não vêm, por aqui, estarei escrevendo um pouco sobre o que eu sei desse  cineasta, que adora explorar o universo feminino de várias maneiras possíveis.

FALE COM ELA

Sinopse: Benigno e Marco são dois desconhecidos que acabam virando amigos em decorrência do destino. Enquanto esperam com toda a esperança possível as mulheres por quem são apaixonados, – Alicia e Lydia –, saírem do estado de coma do hospital, acabam tendo uma afinidade muito grande. Benigno possui uma espécie de amor platônico por Alicia, pois apaixonou-se sem ter tido tempo de ser correspondido, antes do acidente dela. Marco, em contrapartida, após o acidente, não consegue definir muito bem seus sentimentos com relação a Lydia, e tem dificuldades de lidar com ela na cama do hospital. Ambos só podem fazer uma coisa enquanto esperam: falar com elas.

Almodóvar prima pela originalidade ao contar uma historia no mínimo bizarra na relação  obsessiva de Benigno (Grandionetti) pela bailarina Alicia (Watling) e no enfoque do estado de coma. Ao mesmo tempo, são notáveis os rumos dados ás situações de Benigno e do jornalista (Câmara), bem como a inserção do filme mudo dentro do filme. Neste melodrama com alguns lances de humor, participações especiais da bailarina e coreógrafa Pina Baush em seqüências que se interligam com os conflitos, e do cantor Caetano Veloso, além da voz de Elis Regina na trilha sonora. Globo de Ouro de melhor filme estrangeiro.e Oscar de melhor roteiro original.      
        

TUDO SOBRE MINHA MÃE

Sinopse: Esteban (Eloy Azorín) é um precoce escritor de dezessete anos que, em seu aniversário, pede como presente para sua mãe, Manuela (Cecilia Roth), que ela vá a uma apresentação da peça "Um Bonde Chamado Desejo". Após o término, Esteban espera ansiosamente pela saída da estrela Huma Rojo (Marisa Paredes) dos camarins, afim de pegar um autógrafo com ela. Em meio ao temporal, Esteban é atropelado, falecendo logo a seguir no hospital. Sozinha, sua mãe decide voltar para Barcelona, cidade de onde fugira há alguns anos atrás, para encontrar o pai do menino, que vive como travesti, e dar-lhe a difícil notícia.

A viagem de Manuela (Roth, notável) permite a Almodóvar fazer uma obra prima em que a diversidade de sentimentos e impulsos convive ora de forma densa, ora com um humor escrachado, em especial, quando surgem personagens bizarros como o do travesti (Sam Juan). Emocionante do começo ao fim, equilibrando-se poeticamente nas raias do folhetim, o cineasta espanhol fez um filme perfeito, apoiado com um elenco extraordinário. Oscar de melhor filme estrangeiro, Globo de Ouro nesta categoria e prêmio de melhor direção no festival de Cannes.      
          



Me Sigam no Facebook e Twitter:

Nenhum comentário: