Quem sou eu

Minha foto
Sapucaia do Sul/Porto Alegre, RS, Brazil
Sendo frequentador dos cursos do Cine Um (tendo já 66 certificados),sou uma pessoa fanática pelo cinema, HQ, Livros, música clássica, contemporânea, mas acima de tudo pela 7ª arte. Me acompanhem no meu: Twitter: @cinemaanosluz Facebook: Marcelo Castro Moraes ou me escrevam para beniciodeltoroster@gmail.com

Pesquisar este blog

quarta-feira, 30 de março de 2011

Cine Clássico: A Um Passo Da Eternidade


Sinopse: Em 1941, Robert E. Lee Prewitt (Montgomery Cliff) pede transferência do exército e vai parar na base militar de Schofield, no Havaí. Seu novo capitão, sabendo que ele é um exímio boxeador, deseja que ele faça parte da equipe de boxe, mas ele se recusa terminantemente. Irritado, o capitão consegue que seus subordinados transformem a vida do novo recruta em um inferno. Paralelamente, o Sargento Warden (Burt Lancaster), ouvindo histórias que a esposa do capitão procura relações extra-conjugais por ter sérios problemas no casamento, começa a se interessar por ela e acaba sendo correspondido. Para complicar a situação na base, Maggio (Frank Sinatra), um amigo de Prewitt, é vítima de Fatso (Ernest Borgnine), um sádico sargento, e Prewitt se apaixona por uma prostituta. Mas enquanto todos estes acontecimentos têm andamentos algo muito mais grave está para acontecer: o ataque japonês a Pearl Harbor.
Baseado no Best Seller de James Jones, o filme reproduz com categoria o clima da época e se tornou um dos grandes clássicos do cinema americano. Conquistou oito Oscar, incluindo melhor filme, diretor, atores coadjuvantes (Reed e Sinatra, este no papel que reergueu sua abalada carreira), roteiro adaptado, fotografia, som e montagem. Inesquecível a cena de amor na praia reunindo Kerr (em um papel recusado por ninguém menos que Rita Hayworth e Joan Crawford) e Lancaster.

Curiosidades: A atriz Joan Crawford recusou-se a participar de A um Passo da Eternidade por ter odiado os figurinos do filme.
Na época do lançamento de A um Passo da Eternidade surgiu um rumor de que todas as cenas em que o ator George Reeves aparecia foram retiradas do filme na edição final, já que nas pré-estréias realizadas o público o reconhecera como sendo o intérprete do Superman na TV. De acordo com o diretor Fred Zinnemann, o roteirista Daniel Taradash e o diretor-assistente Earl Bellamy, tais rumores são falsos e todas as cenas gravadas por Reeves foram incluídas no filme.

Cine Dica: Em DVD: SENNA

EM UM TEMPO QUE TINHAMOS SABOR DE LEVANTARMOS MAIS CEDO NO DOMINGO

Sinopse: O filme contará a história da lenda do automobilismo a partir se sua família, empresários que trabalharam com ele em sua carreira na Fórmula 1 e terá detalhes sobre o Instituto Ayrton Senna; fundado após a morte do piloto, em 1º de maio de 1994, o instituto ajuda crianças carentes.
Neste ano, Senna completaria 50 anos. O piloto, tricampeão mundial (1988, 1990 e 1991), morreu em um acidente na curva Tamborello, no GP de Ímola, na Itália, em 1994.

Talvez a primeira vez que senti o gosto amargo da morte foi quando o piloto de formula 1 Ayrton Senna morreu no dia 1º de Maio de 1994. Foi um dia sem nuvens, mas cinzento e triste para muitos brasileiros naquele dia e para o resto do mundo que curtia o automobilismo.
Atualmente a formula 1 é apenas uma imagem pálida do que foi um dia. Sua época de ouro em que os pilotos realmente disputavam palmo a palmo cada corrida de uma maneira grandiosa, principalmente nos combates entre Senna e Prost, talvez os melhores momentos de toda historia da categoria. Isso e muito mais é mostrado no ótimo documentário dirigido por Asif Kapadia em que, pela primeira vez, mostra os bastidores da categoria daquele tempo, o dia a dia de Ayrton e o seu combate contra política intolerante da FIA que na época era comandada pelo arrogante Jean-Marie Balestre que não escondia que era muito camarada de Prost, tanto que deu o titulo ao piloto de bandeja em uma corrida que Senna havia feito magia e ganhado, mas Balestre mexeu então ali e aqui e cometeu uma das maiores sacanagens da historia da formula 1.
O documentário não tem a intenção de mostrar Senna como alguém infalível e sim apenas um ser humano que queria de todas as formas desafiar seus próprios limites, mesmo diante de inúmeras dificuldades nas quais chegou a um ponto que era difícil de ignorar, principalmente na véspera de sua morte onde quase desistiu de correr, depois de muitos acidentes durantes os treinos e da morte de um piloto, mesmo assim ele foi lá.
Assistindo Senna se preparando para sua ultima corrida e nos daqui assistindo e sabendo o que ira acontecer em seguida é de uma emoção muito grande na qual faz voltar a sentir aquele gosto amargo da perda de alguém querido. É um filme para, não somente para aqueles que são amantes de uma época de ouro da formula 1, mas de uma época que sempre levantamos mais cedo num domingo e torcíamos ao maximo para alguém que fazia o impossível.

terça-feira, 29 de março de 2011

Cine Dicas: Em Cartaz (29/03/11)

Esse final de semana foi na corrida, mas bem prazerosa. Levantei cedo, fui fazer o que café, sai de casa e parti para o cinema do cine Multiplex 2 que iriam passar o filme Copia Fiel e logo em seguida participei de um debate que havia sido convidado após a sessão feito pelo Cine Clube Zero Hora. Após isso, aproveitei para assistir ao vencedor do Oscar de melhor filme e no final do dia ao mais novo Cult do momento.
Já domingo foi só no descanso e digerindo o que assisti no sábado, o resultado? Acompanhem em baixo:

Cópia Fiel
Sinopse: James Miller é um filósofo inglês que vai a uma pequena cidade da Toscana apresentar seu livro sobre o valor da cópia na arte. Chegando lá encontra uma francesa que é dona de uma galeria de arte há muitos anos e vive com seu filho pré-adolescente. Eles passam a tarde juntos. Ao mesmo tempo em que vão se conhecendo começam a desenvolver um complexo jogo de interpretação de personagens e à medida que o jogo avança deixamos de saber quem é quem. Prêmio de Melhor Atriz no Festival de Cannes de 2010 para Juliette Binoche.
Por mais que eu queira ver tudo da filmografia de um diretor ou outro, sempre vai ficar um que por um motivo ou outro acabo não vendo, como no caso desse ótimo diretor Iraniano Abbas Kiarostami. O primeiro filme que vi desse diretor foi justamente neste ultimo sábado que teve a sessão e um debate feito pelo cineclube Zero Hora, que alias, foi um ótimo debate para conhecer melhor sobre ele. Voltando ao filme, Abbas Kiarostami faz um tremendo jogo mental com o espectador através do decorrer do filme, pois, graças ao simples encontro de dois personagens que se conhecem unicamente para discutir sobre determinado livro de um deles (James Miller) escreveu, se inicia então uma longa conversa de ambos que acabam debatendo sobre questões de artes e até mesmo o relacionamento atual das pessoas.
Do assunto de que a copia de uma arte pode se tornar tão maravilhosa quanto a original, acaba ao ponto se misturando com assunto sobre a relação atual de um casal. A mulher (Juliette Binoche maravilhosa e no melhor papel de sua carreira) tenta convencer de todas as maneiras o escritor Jason Miller (William Shimell em seu primeiro papel como ator) que suas teorias sobre as artes e as relações atuais podem sim estar erradas. Ambos então embarcam num jogo que acabam fingindo para ambos que são um casal de longa data, mas até que ponto isso é verdade ou mentira? Não existe a possibilidade de ambos já terem se conhecido no passado? Essa e outras perguntas o diretor deixa no ar, fazendo o espectador criar duas ou até três historias diferentes do que esta realmente acontecendo na tela, isso fora a engenhosa maneira do diretor com relação ao uso da câmera onde por muitos momentos foca todas as reações que os personagens sentem no decorrer da trama e só por isso, já torna um dos melhores filmes desse ano que chega às terras gauchas. Só me resta agora ir à caça para encontrar os outros filmes desse grande cineasta.


Sucker Punch - Mundo Surreal
Sinopse: Sucker Punch Mundo Surreal é uma fantasia épica de ação que nos apresenta à imaginação fértil de uma jovem garota cujos sonhos são a única saída para sua difícil realidade em um hospício. Desligada dos limites de tempo e espaço ela está livre para ir onde sua mente levar porém chega o momento em que suas incríveis aventuras quebram o limite entre o real e o imaginário trazendo consequências trágicas. O filme conta com um elenco de jovens estrelas incluindo Emily Browning (Navio Fantasma Desventuras em Série) Abbie Cornish (Brilho de Uma Paixão) Jena Malone (O Mensageiro Donnie Darko) Vanessa Hudgens (High School Musical) e Jamie Chung (Dragonball Evolution).
Vindo dos mundos do vídeo clipes, Zack Snyder não esconde a sua natureza quando faz filmes, seja com mortos vivos, espartanos ou heróis humanos, ele sempre mostra sua marca registrada, com muita câmera lenta, efeitos visuais e muita, mas muita pancadaria e violência. Sucker Punch - Mundo Surreal vai alem, porque, segundo nas próprias palavras do diretor, é uma historia original que já estava devendo a algum tempo, mas não a como negar que quem for assistir a esse filme irá ver referencias de tudo um pouco, como vídeo game, HQ, RPG, Senhor dos Anéis, Moulin Rouge, A Origem, Matrix e por ai vai (faltou alguma coisa?)
Dito isso, é uma salada visual, tudo batido num único liquidificador e que ambos o publico, tanto do sexo masculino como do feminino irão adorar. Pois o publico masculino ira adorar um grupo de garotas com roupas mínimas arrebentando tudo que estiver em seu caminho, já o publico feminino ira adorar as garotas fazendo trabalho de homem no qual as vezes nem eles conseguem.
Mas toda a ação se passa na cabeça da protagonista e com isso, o publico tem que comprar a idéia que suas ações no seu mundo imaginário podem sim lhe ajudar no mundo frio da realidade aonde ela corre perigo, ou seja, um filme para ser assistido com mente aberta, mas não significa que a trama fantasiosa ofende a nossa inteligência e sim ela existe unicamente para apimentar a boa historia que presta homenagem ao mundo pop, mas claro que nem todos irão comprar a idéia mas muito bem esse filme pode se tornar o mais novo Cult do momento.
Emily Browning (Desventuras em Série) é a nova promessa do momento e isso inclui todas as jovens garotas Abbie Cornish (Brilho de Uma Paixão) Jena Malone (O Mensageiro Donnie Darko) Vanessa Hudgens (High School Musical) e Jamie Chung (Dragonball Evolution) que me fascinaram pelas suas belezas de corpo e fibra nas cenas de ação, resta saber se irão longe em suas interpretações. O filme somente falho em seu ato final, quando o diretor toma uma decisão equivocada e torna o filme menos corajoso, mas não menos satisfatório e diferente do que se vê por ai. Resta saber o que Zack Snyder ira aprontar na próxima adaptação do Superman no cinema.

O Discurso do Rei
Sinopse: A história do rei George VI pai da atual rainha da Inglaterra Elizabeth II. Após ver seu irmão Edward (Guy Pearce) abdicar o trono inglês o jovem George (Colin Firth) se vê obrigado a assumir a coroa. Dono de uma gagueira que lhe deixa em maus bocados com os súditos o rei busca a ajuda do &147terapeuta da fala&148 Lionel Logue (Geoffrey Rush). Em meio a tudo isso precisa juntar forças para comandar o país na Segunda Guerra Mundial
Muito cinéfilos (incluindo eu próprio) não gostou de ver esse filme ganhar o Oscar de melhor filme, em um ano que filmes de grande calibre como A Origem, Cisne Negro, Bravura Indômita e Toy Story 3 estavam concorrendo. Mas não a como negar que o filme possui suas qualidades, principalmente com relação ao elenco.
Colin Firth finalmente ganha seu merecido Oscar, premio que havia sido negado no ano anterior no maravilhoso Direito de Amar. Aqui, pode não ser seu melhor desempenho, mas com certeza não é fácil interpretar um personagem histórico e principalmente gago em publico e que luta para tentar desfazer esse problema (algo que a academia adora premiar). Mas quem da o show aqui mesmo é realmente Geoffrey Rush, que da um verdadeiro banho com quem contra cena com ele. Não importa se for protagonista ou coadjuvante ele sempre rouba a cena e aqui não é diferente ao fazer o medico do rei e que usa os seus dons para tentar curar da sua gagueira. As cenas em que ambos trabalham nesse problema são dignas de nota e são os melhores momentos do filme.
Apesar do segundo ato meio arrastado e de Helena Bonham Carter estar apenas ok, o filme fecha com chave de ouro em seu ato final quando finalmente acontece o grande discurso do rei para o publico e é ai que tanto a direção de Tom Hooper e a interpretação de Colin Firth fazem um belo casamento.
Com uma reprodução de época impecável e com um ótimo elenco, O Discurso do Rei talvez tenha ganhado reconhecimento um tanto que exagerado, mas pelo menos não é outro Shakespeare apaixonado a ganhar Oscar que muitos imaginavam.

quinta-feira, 24 de março de 2011

Cine Classico: ASAS DO DESEJO

UM OLHAR INCOMUM  SOBRE OS ANJOS
 Sinopse: Na Berlim pós-guerra, dois anjos perabulam pela cidade. Invisíveis aos mortais, eles lêem seus pensamentos e tentam confortar a solidão e a depressão das almas que encontram. Entretanto, um dos anjos, ao se apaixonar por uma trapezista, deseja se tornar um humano para experimentar as alegrias de cada dia.
Apartir de um argumento fascinante (escritor por pelo próprio diretor Wim Wenders e pelo escritor Peter Handke), o cineasta alemão cria um mundo especial, em que os anjos estão entre nos e enxergam em preto e branco e nos a cores, isso somente para contrariar suas obras anteriores (a dificuldade do relacionamento das pessoas umas com as outras). A concepção do filme é impecável, com uma deslumbrante fotografia do veterano Enrin Alekan e interpretações memoráveis. Premio de melhor direção no festival de Cannes e premio de melhor filme na mostra internacional de São Paulo.

Cine Clássico Deus e o Diabo na Terra do Sol

O MELHOR DO CINEMA NOVO
Sinopse: Manuel (Geraldo Del Rey) é um vaqueiro que se revolta contra a exploração imposta pelo coronel Moraes (Mílton Roda) e acaba matando-o numa briga. Ele passa a ser perseguido por jagunços, o que faz com que fuja com sua esposa Rosa (Yoná Magalhães). O casal se junta aos seguidores do beato Sebastião (Lídio Silva), que promete o fim do sofrimento através do retorno a um catolicismo místico e ritual. Porém ao presenciar a morte de uma criança Rosa mata o beato. Simultaneamente Antônio das Mortes (Maurício do Valle), um matador de aluguel a serviço da Igreja Católica e dos latifundiários da região, extermina os seguidores do beato.

Um dos filmes mais representativos do “Cinema Novo” , considerado pela maioria dos críticos, como o melhor trabalho Glauber Rocha. Vigorosos momentos de drama, aventura e poesia, comentados pelas musicas de Heitor Villa-Lobos e Sergio Ricardo.

Curiosidade: Foi rodado nos municípios de Monte Santo, Feira de Santana, Salvador, Canché e Canudos, todos no estado da Bahia. - Foi lançado no Rio de Janeiro em 10 de julho de 1964, nos cinemas Caruso, Ópera e Bruni-Flamengo.

quarta-feira, 23 de março de 2011

Cine Especial: Elizabeth Taylor (1932 - 2011)

Beleza e talento normalmente é um casamento que quase nunca da certo no cinema, pois às vezes a beleza sobressai e o talento por vezes é esquecido, ou vice versa. Elizabeth Taylor foi uma exceção. Dona de uma beleza extraordinária, ao mesmo tempo possuía talento em abundância no qual sempre roubava a cena de outros atores no qual contracenava. Foi assim ao lado de Paul Newman em Gata em Teto de Zinco Quente como também ao lado de Richard Burton no memorável Quem Tem Medo de Virginia Woolf?
Elizabeth se foi hoje de madrugada aos 79 anos ao lado de seus filhos, deixando para traz uma carreira exemplar e uma vida vivida a cada segundo que passou, mesmo passando por altos e baixos, ela sempre mostrou ser dona de si própria.

Abaixo deixo os melhores momentos de sua carreira:
Assim Caminha a Humanidade
Sinopse: O filme acompanha a saga do rancheiro Bick Benedict, sua mulher, Leslie, e as rivalidades entre Benedict e o caubói Jett Rick ao longo de duas gerações.
Um dos maiores filmes já feitos em toda a historia do cinema, equiparando se ao próprio E o vento levou. Com uma das melhores performances de James Dean, o filme acabou abordando temas polêmicos para a época, como a questão do racismo nos estados do Sul, e o fator anti-emigrantes, temas abordados de forma muito especial pelo livro de Edna, que havia sido um best-seller nos EUA. O elenco então e espetacular, reunindo os melhores atores da época, e que tornou Rock Hudson, após esse filme, no ator numero 1 dos EUA, James Dean ganhou uma indicação póstuma por seu papel (ele viria a morrer meses depois da conclusão das filmagens. Não esquecer é claro da sempre presença marcante de Elizabeth Taylor


Um Lugar ao Sol
Sinopse:Um ambicioso operário vê seus sonhos de ascensão social serem atrapalhados pela gravidez de uma colega de trabalho. Ao ser correspondido pelo amor de uma jovem rica, pensa em assassinar sua namorada.
Excelente mas bastante reduzida a adaptação do romance Uma Tragédia Americana Theodore Dreiser. Liz e Clift estão no auge da beleza (a seqüência em que eles dançam, toda em close é antológica), e o filme é refleto de fusões de imagens belíssimas, marca do diretor George Stevens. O filme integra com Os Brutos também amam e Assim Caminha a Humanidade, a trilogia do diretor sobre a formação dos EUA. Oscar de direção, roteiro adaptado, fotografia, montagem, figurinos e trilha sonora (Clift favorito como melhor ator, perdeu para Humphey Bogart, que ganhou pelo seu desempenho em Uma Aventura na Africa..

Quem Tem Medo de Virginia Woolf?
Sinopse: George e Martha formam um casal perfeito dos anos 50. Quando conhecem duas pessoas recém-casadas, começam um jogo de emoções e auto-conhecimento, mostrando no que a vida do jovem casal pode vir a se transformar.
Casados também na vida real na época, tanto Liz como Burton estão muito bem nas contundentes situações criadas na peça de Edward Albee. Oscar de melhor atriz (Liz), Atriz coadjuvante (Sandy Dennis), fotografia, direção de arte e figurino. Foi a estréia do diretor teatral Nichols no cinema.


Gata em Teto de Zinco Quente
Sinopse:Verdades serão ditas e segredos desvelados durante o aniversário do patriarca da família, que está morrendo de câncer, de um decadente jogador de futebol americano, que renega sua bela esposa e seu próprio pai.
Excelente adaptação da peça de Tennessee Williams, revelando assim uma dimensão trágica, ainda que suavizada pela censura da época, da família media americana . O diretor e roteirista Brooks não esconde a origem teatral, mas extrai memoráveis performances do trio central.


Cleópatra
Sinopse: Conheça a vida de Cleópatra (Elizabeth Taylor), desde sua ascensão com o marido Júlio César (Rex Harrison) até seu declínio ao lado de Marco Antônio (Richard Burton).
Uma das produções mais caras de todos os tempos, com encenação soberba, ressente-se do roteiro excessivamente teatral (apesar dos diálogos inteligentes) e do ritmo lento. As filmagens foram atribuladas: Liz sofreu pneumonia quase fatal e iniciou um romance escandaloso para época com Burton.

terça-feira, 22 de março de 2011

Cine Especial: O melhor de 2001 a 2010: Amnésia

UM FILME QUE FEZ ESCOLA

Sinopse: Um ladrão ataca um casal, terminando por matar a mulher e deixando o homem à beira da morte. Porém, ele sobrevive e a partir de então passa a sofrer de uma doença que o impede de gravar na memória fatos recentes, o que faz com que ele esqueça por completo o que acontece poucos instantes antes. A partir de então ele parte em uma jornada pessoal a fim de descobrir o assassino de sua mulher para poder vingá-la.
Se voce se impressionou com 21 Gramas ou com Irreversivel, precisa então conhecer esse filme. Estreando no longa metragem, o diretor Nolan fez um filme inusitado em sua forma narrativa o que acaba exigindo atenção em dobro do espectador. Este só, vai “construir” a historia do epilogo, que por sinal é também o inicio. Com sua trama mostrada de traz para frente, a tensão é continua. Embora possa ser cansativa para alguns, a apreciação é fascinante, revelando um trabalho muito bem elaborado.

sexta-feira, 18 de março de 2011

Cine Especial: O melhor de 2001 a 2010: Moulin Rouge - Amor em Vermelho

HUMOR, AMOR E TRISTEZA EM UM UNICO MUSICAL DESLUMBRANTE
Sinopse: Christian (Ewan McGregor) é um jovem escritor que possui um dom para a poesia e que enfrenta seu pai para poder se mudar para o bairro boêmio de Montmartre, em Paris. Lá ele recebe o apoio de Henri de Toulouse-Latrec (John Leguizamo), que o ajuda a participar da vida social e cultural do local, que gira em torno do Moulin Rouge, uma boate que possui um mundo próprio de sexo, drogas, adrenalina e Can-Can. Ao visitar o local, Christian logo se apaixona por Satine (Nicole Kidman), a mais bela cortesã de Paris e estrela maior do Moulin Rouge.
Esse musical moderno é um caso de ame-o ou deixo-o. Excessivo, acelerado e apaixonante, o terceiro de filme de do diretor australiano Luhrman (Romeu e Julieta) não tem meias medidas. Abarrotado de referências, a concepção visual do filme, da autoria da esposa do cineasta, Catherine Martin, é uma viajem magica e quase felliniana. A câmera inquieta explora a riqueza de detalhes de forma intensa e obssessiva. A historia de amor entre Cheistian (Mcgregor) e Satine (Kidman) é cativante. Outro aspecto forte do filme é a trilha sonora, que mescla sem cêrimonias vários hinos pop em função da dramaturgia. Renovando a linguagem musical e de extrema beleza, Luhrman realizou um filme emocional. Vencedor do Globo de ouro de melhor comédia ou musical e vencedor de dois Oscar.  

Curiosidades: As filmagens de Moulin Rouge tiveram que ser interrompidas por 2 semanas, devido à uma fratura de costela sofrida pela atriz Nicole Kidman, após rodar uma cena de dança do filme.
Após a recuperação de Kidman ela ainda sofreu outro problema físico durante as filmagens. Ao realizar uma cena de dança ela escorregou e caiu de joelhos, rompendo o menisco, fazendo com que ela tivesse que tomar analgésicos até o término das filmagens de Moulin Rouge.
Foram necessários quase dois anos para o término das filmagens de Moulin Rouge.
Moulin Rouge foi o primeiro musical em 23 anos a ser indicado para o Oscar de melhor filme. A última indicação nesta categoria que o gênero recebera foi em 1979, com O Show Deve Continuar.             

Cine Dicas: Estreias no final de semana (18 03 11)

Deixo aqui meu protesto da não estréia do filme Não me abandone Jamais aqui em nossas terras gauchas. Estamos de olho de seus deslizes distribuidoras.



Confiram as outras estréias:

Animais Unidos Jamais Serão Vencidos 3D
Sinopse: Na Savana Africana todos os animais se perguntam: o que aconteceu com a água? . A água que vem da montanha e escorre por um vale distante. A sede cada vez maior se transforma em verdadeira preocupação especialmente porque a última mina de água restante é guardada pelas manadas inimigas de búfalos e rinocerontes.brO valente Billy e seu melhor amigo o pacifico e preguiçoso leão Sócrates partem em busca de água. Billy quer provar para o seu filho Junior que ele é muito mais que um suricato neurótico. Billy quer que seu filho sinta orgulho do pai.brNessa aventura eles encontram pelo caminho o galo francês Charles líder de um grupo verdadeiramente selvagem: Uma fêmea de urso polar branco um canguru australiano um Diabo da Tasmânia e duas tartarugas de Galápagos. São bichos que vivem em terras distantes e estão na África porque suas pátrias foram destruídas e eles esperam encontrar um futuro melhor no Delta do Okavango.

Assassino a Preço Fixo
Sinopse: Arthur Bishop (Jason Statham) é um assassino de elite que possui um código restrito e um talento especial para eliminar seus alvos. Quando Harry (Donald Sutherland) seu mentor é assassinato ele toma para si a missão de vingar sua morte. Só que a situação complica quando Steve (Ben Foster) o filho de Harry procura Bishop no intuito de aprender sua técnica já que também deseja vingança. Inicialmente Bishop não gosta da ideia pois sempre agiu sozinho mas logo se une a Steve para cumprir a missão.



Corpos Celestes
Sinopse: Francisco (Dalton Vigh) é um astrônomo marcado por um evento de seu passado que definiu sua carreira. Ao mesmo tempo em que tenta lidar com a imensidão do cosmos ele precisa entender e aprender a lidar com seus sentimentos por Diana (Carolina Holanda).


Invasão do Mundo: Batalha de Los Angeles
Sinopse: Durante anos foram registrados vários casos de aparições OVNIs em diferentes lugares no mundo - Buenos Aires Seul França Alemanha China. Mas em 2011 o que eram apenas aparições vão agora se tornar uma assustadora realidade onde a Terra é atacada por forças desconhecidas . Enquanto as pessoas em todos os lugares assistem às grandes cidades do mundo caírem Los Angeles se torna o último posto para a humanidade numa batalha inesperada. É então que um sargento da Marinha (Aaron Eckhart) e seu novo pelotão desenham um novo destino na areia enquanto combatem um inimigo como nunca haviam visto antes.


Jogo de Poder
Sinopse: Baseado nas memórias de Valerie Plame uma agente da CIA que teve sua carreira destruída. Valerie foi a responsável por conduzir a investigação sobre a existência de armas de destruição em massa no Iraque para justificar a invasão americana ao país. Após seu marido o diplomata Joe Wilson escrever um editorial para o The New York Times sua vida e de seus contatos é colocada em extremo perigo.


METB: Lucia di Lammermoor
Sinopse: Baseada no romance The Bride of Lammermoor (A Noiva de Lammermoor), de Walter Scott, Lucia de Lammermoor é a ópera mais requintada de Donizetti. Ambientada na Escócia de 1669, os clãs Ashton e Ravenswood se enfrentam neste drama pungente sobre o esmagamento do amor e da vida. Natalie Dessay interpreta o papel principal.

Sexo Sem Compromisso
Sinopse: Na comédia romântica Sexo sem Compromisso dois amigos tinham uma relação amigável baseada em sexo sem compromisso. Quando o relacionamento evolui para um romance a amizade entra em jogo.

quinta-feira, 17 de março de 2011

Cine Clássico: Quando Fala o Coração

Sinopse: A dra. Constance Petersen (Ingrid Bergman) trabalha como psicóloga em uma clínica para doentes mentais. O local está prestes a mudar de direção, com a substituição do dr. Alexander Brulov (Michael Chekhov) pelo dr. Edward (Gregory Peck). Ao chegar o dr. Edwards surpreende os médicos locais pela sua jovialidade e também por seu estranho comportamento. Logo Constance descobre que ele é na verdade um impostor, que perdeu a memória e não sabe quem é nem o que aconteceu com o verdadeiro dr. Edwards.
Delirante alegoria que teve a preciosa colaboração de Salvador Dalí nas cenas de sonho. Há uma arrepiante cena de violencia contra um garoto durante uma cena de flashibak. Trilha sonora envolvente de Miklos Roza, premiado com um Oscar.      

Curiosidades: O diretor Alfred Hitchcock aparece em cena aos 40 minutos, ao sair do elevador do Empire Hotel. Ele está carregando um violino e fumando um cigarro.
A sequência do sonho foi criada por Salvador Dali, que foi convidado a participar do filme por Alfred Hitchcock. O diretor, que era admirador de seu trabalho, acreditava que Dali seria o único que poderia criar uma imagem de sonho que inicialmente seria incompreensível ao público, para depois ser explicada através da psicanálise.

Cine Especial: O melhor de 2001 a 2010: IRREVERSÍVEL

O TEMPO DESTROI TUDO

Sinopse: O filme narra, de trás para frente, a história de uma vingança. A primeira seqüência mostra dois amigos desesperados, Marcus (Vincent Cassel) e Pierre (Albert Dupontel), saindo pelo submundo de Paris à procura do homem que teria estuprado e espancado Alex (Monica Bellucci), a atual namorada de Marcus e ex-namorada de Pierre. Em seguida, a narrativa volta passo a passo no tempo para mostrar como Marcus e Pierre descobriram o nome do autor do crime, recuando até o próprio estupro e os eventos que o antecederam.
Desconforto é o que pode se dizer sobre esse filme que, deu o que falar em 2002, devido sua trama forte e com cenas que foram um verdadeiro soco no estômago do cinéfilo. Assim como Christopher Nolan fez em Amnésia, Gaspar Noé apresenta a trama de traz pra frente (ou seja, o filme começa com os créditos finais e termina com o início da trama). Talvez a intenção do diretor era mostrar as mudanças do comportamento do ser humano pode passar no decorrer do tempo e que, talvez, basta um triste e doloroso acontecimento para tal pessoa boa se tornar um monstro vingativo. Com isso, já no início do filme, somos jogados a um verdadeiro redemoinho de imagens dentro de uma boate gay e vemos personagens cometerem atos nos quais, a primeira vista, parecem irracionais, mas que no decorrer do filme iremos entender do porque tamanha barbárie. O que talvez ficou na cabeça de todo mundo foi à famosa cena de estupro que atriz Italiana Mônica Bellucci teve que passar todo o horror que a sua personagem sente no ato, em dez minutos diretos e sem cortes.
Um filme para poucos, que retrata as mudanças graduais de seres humanos após uma tragédia e que só por isso, é um filme para ser bem lembrado da década passada.

Curiosidades: O sangue exibido no rosto de Monica Bellucci após a cena do estupro foi inserido digitalmente após a cena ter sido filmada. O mesmo foi feito para enrubecer seu rosto na cena da luta no bar;
Em uma cena logo após o estupro o ator Vincent Cassel é questionado sobre qual seria seu nome, com ele respondendo "Vincent" e logo em seguida dizendo que era uma brincadeira. Isto não estava no roteiro, com o próprio Vincent Cassel corrigindo o erro por ele cometido para evitar que a cena fosse novamente rodada, já que esta era uma das cenas mais complexas de todo o filme;

Cine Dica: Em DVD: London River - Destinos Cruzados

O ENCONTRO DE DOIS MUNDOS EM MEIO A DOR E A INTOLERANCIA
Sinopse: Essa é a história de Ousmane e da Sra. Sommers. Ambos são pessoas simples e vivem suas vidas comuns, ele na França, ela em Channel Islands, no Canal da Mancha. Ele tem um filho e ela uma filha que são estudantes em Londres. Em 7 de julho de 2005, sem notícias dos filhos, eles resolvem começar, juntos, uma busca pelos dois adolescentes. E embora eles tenham sido criados em meio a duas religiões diferentes - Ousmane é muçulmano e a Sra. Sommers cristã - eles vão compartilhar da mesma esperança de encontrar os filhos com vida. Eles colocam as diferenças culturais de lado e apóiam-se para continuar a busca e manter a fé.
Parisiense de origem muçulmana, o cineasta Rachid Bouchareb coleciona prêmios e indicações em festivais internacionais, tanto como diretor quanto como produtor. Em London River - Destinos Cruzados, dirigido, co-escrito e produzido por Bouchareb, não foi diferente, com o filme levando dois importantes prêmios no Festival de Berlim 2009: o Ecumênico do Júri e o de Melhor Ator para Sotigui Kouyaté.
A trama começa com os ataques suicidas que acontecaram em Londres em 2005,  mas isso é uma mera desculpa para o encontro de dois mundos diferentes. Mundos, no qual a câmera jamais os abandonam. Acompanhamos as suas cruzadas pela busca de seus filhos desaparecidos e meio a isso acabam se descobrindo e deixando o preconceito de lado de ambos para assim tentar descobrir o paradeiro deles que ao mesmo tempo descobrem que na realidade poucos sabiam sobre o que eles eram realmente.
Brenda Blethyn (Orgulho e Preconceito) da um show de interpretação como a mãe desesperada a procura da filha, mas é Ousmane (Sotigui Kouyaté, veterano ator nascido em Mali, e morto no último mês de abril) que rouba o filme e faz os destinos de ambos se cruzarem e seguirem a mesma e trilha e com isso, atos, conseqüências, mudanças e transformações na vida de ambos, principalmente na personagem de Brenda.
Uma historia que mostra que por mais diferentes seja esses dois mundos, em meio à dor, a de ambos se unirem e mudarem suas formas de pensar na vida, pois qualquer intolerância é posta de lado, perante o horror da dor da perda.

quarta-feira, 16 de março de 2011

Cine Especial: As Inspirações de RANGO

Rango é um ótimo filme de animação, mas que não esconde sua fonte de inspiração que é os filmes de faroeste (principalmente dos filmes Italianos Faroeste Espaguete) e tambem umas pitadas ali e aqui de outros generos.
Abaixo solto os principais filmes em que os produtores se inspiraram na criação dessa grande animação.

Por um Punhado de Dólares
Sinopse: Joe (Clint Eastwood) é um pistoleiro barra pesada que chega a uma cidade que está em guerra. Quando percebem o potencial de Joe, ambas as partes se interessam por contratá-lo; é quando ele percebe que pode ganhar um dinheiro com a situação aceitando a proposta dos dois lados.
Refilmagem americana do clássico japonês O Guarda Costas. O filme inaugurou o gênero faroeste espaguete, feitos na Itália e que ajudou a dar novo sopro de vida ao gênero que estava começando a dar sinais de desgaste. De novo, o filme é mostrado de forma de humor negro e com muito mais violência, coisa que faltava nos filmes americanos. Destaque para Clint Eastwood, que fez de seu personagem "sem nome" algo antológico no gênero.


Por Uns Dólares a Mais
Sinopse: Este é o filme do meio da trilogia do "homem sem nome". Aqui, dois caçadores de recompensa estão atrás de um mesmo homem, Indio. Logo percebem que devem se unir para capturá-lo, mesmo sem saberem porque cada um está atrás do bandido.
Continuação bem superior se comparado ao original. Além da velha historia de roubo de banco, caçador de recompensa e mocinho contra vilão, o filme aumenta na dosagem de humor negro, violência e possui um vilão digno de nota, interpretado magistralmente por Gian Maria Volonté. Destaque também para Lee Van Cleef que por vezes, rouba a cena de Clint Eastwood durante o filme.


Três Homens em Conflito
Sinopse: Três homens - o "Bom", o "Mau" e o "Feio" - estão atrás de um tesouro escondido em um cemitério. Cada um deles conhece apenas uma parte da sua localização, o que faz com que eles tenham que se unir. O problema é que nenhum deles está disposto a dividir o que encontrarem.
Ultima e melhor parte da trilogia. Espetaculo divertido, ruidoso e movimentado, bonito e um final antológico. Destaque para o trabalho de Eli Wallach 
 
Era uma vez no Oeste
Sinopse: Jill (Claudia Cardinale) é uma ex-prostituta de New Orleans que largou a vida na cidade grande para casar com Brent McBain (Frank Wolff), um sonhador dono de uma propriedade no meio do nada, viúvo e pai de três lindas crianças. Quando Jill chega à fazenda “Água Doce”, encontra uma chacina realizada na sua nova família pela posse das terras da família, que em breve será caminho de uma importante ferrovia. Em seu caminho surge o mocinho "O Gaita" (Charles Bronson), exímio pistoleiro que tem contas a acertar com Frank (Henry Fonda). Há ainda o vilão com pinta de herói Cheyenne (Jason Robards), que apesar de assassino, age com os mocinhos para provar sua inocência no caso.
Talvez, o melhor filme de faroeste de todos os tempos. Ambicioso e longo, com o qual Leone realizou seu maior sonho de dirigir um mito do gênero (Henry Fonda assustador com o seu primeiro papel de vilão). Todo o elenco esta ótimo e a musica de Ennio Morricone se tornou clássica. Bernardo Bertolucci colaborou no roteiro.

 
No Tempo das Diligências
Sinopse: Nove pessoas são obrigadas a embarcar em uma perigosa diligência através do Arizona, cada um com seu motivo pessoal para realizar tal viagem. Lotado de clássicas cenas do western, desde combates com índios até duelos na cidade.
Um dos primeiros e grandes filmes do mestre do gênero John Ford, que alias foi o filme que criou a grande aliança com o até então desconhecido John Wayne e que juntos fariam vários filmes. Cenas inesquecíveis, como a perseguição dos índios há diligencia, cenas inesquecíveis da vasta Arizona e até duelos clássicos na cidade.

Apocalypse Now
Sinopse: O Capitão Willard (Martin Sheen) recebe uma missão: matar um insano desertor, o Coronel Kurtz (Marlon Brando), que preparou uma tropa para atacar os próprios americanos.Uma odisséia que mostra, de muitas vezes surrealista, a devastação e o horror da guerra, com um final bastante sombrio. Palma de Ouro no festival de Cannes e Oscar de fotografia e som.
Uma odisséia que mostra, de uma forma muitas vezes surrealista, a devastação do horror da guerra, com um final bastante sombrio. Palma de Ouro no festival de Cannes e Oscar de mlhor fotografia e som.

Cine Dicas: Em Cartaz: RANGO

Uma homenagem ao maior dos gêneros de aventura do cinema
Sinopse: O filme conta a história cômica e transformadora de Rango um camaleão protegido que vive como animal de estimação e que enfrenta uma grande crise de identidade. Afinal o quão alto pode ser seu objetivo quando o propósito de sua vida é se adaptar?
Sempre quando da, o cinema norte americano tenta resgatar esse que foi um dos gêneros mais filmados da historia, o faroeste, que infelizmente durante as ultimas décadas acabou sofrendo pela falta de interesse do publico e por historias melhores, contudo nem tudo esta perdido. De uns tempos para cá, cada vez mais vem surgindo títulos do gênero (como o grande sucesso Bravura Indômita) que alem de filmes que tentam resgatar esse gênero, acabam também surgindo filmes que prestam uma homenagem aos bons e velhos tempos como esse ótimo Rango.
Dirigido pelo sortudo Gore Verbinski (dono da bilionária trilogia Piratas do Caribe) o filme que conta a historia de um camaleão em busca de sua identidade através de uma cidade que sofre pela falta de água, nada mais é do que uma mera desculpa para soltar inúmeras homenagens ao gênero. Para começar, não faltam momentos que o filme remete diretamente aos filmes de Sergio Leone como a trilogia do estranho sem nome e de sua obra prima Era uma vez no Oeste, ou vai me dizer que aquele barulhinho do ventilador é tirado de onde? Uma clara referencia ao barulho que o moinho de vento fazia no inicio do filme de Era uma vez no Oeste.
O bom disso, que o filme, não somente é pura diversão para os jovens como também diversão garantida para os adultos que curtiam antigamente esses filmes e durante a projeção ira contar as inúmeras referencias que o filme faz. Fora isso, os personagens são cativantes, onde cada um tem uma personalidade distinta e bem detalhada, tanto do modo de ser como fisicamente, alias, devo tirar o chapéu para a primeira incursão da Industrial Light & Magic de George Lucas em animação já que os seus personagens possuem cada detalhe tão realista que parece que realmente os bichos do deserto resolveram se vestir e falar como gente. Mas não é só isso, o filme reserva momentos de pura ação como na seqüencia da perseguição do desfiladeiro que não só faz uma homenagem ao clássico nos Tempos das Diligencias como também ao filme de guerra Apocalypse Now e mesmo sendo uma referencia , soa algo irresistível e original
Com ato final de reserva uma aparição pra la de inusitada de um clássico personagem do gênero, Rango já é considerado um dos melhores (por enquanto) filmes do ano, que soube, não somente ser uma boa animação mas que também soube fazer uma bela homenagem ao gênero sem ser repetitivo.

terça-feira, 15 de março de 2011

Cine Especial: Steven Soderbergh

No inicio surgiu como um simples boato, mas agora é oficial, o próprio diretor Steven Soderbergh esta anunciando seus planos de aposentadoria e seus motivos para chegar a esse ponto são pelo fato de esta cansado de dirigir tantos projetos e que acabou deixando-o num esgotamento total.
Convenhamos, ele de uns tempos para cá, engatou inúmeras produções uma atrás da outra e isso fora os roteiros que ele negou para filmar, mas não seria precipitado o que ele esta fazendo? Não seria o certo então tirar um ano ou dois de descanso em vez de parar definitivamente?
Seja como for, ele foi um dos bons diretores que surgiram na virada dos anos 80 para os 90 e que acabou criando um currículo de respeito, alternando projetos autorais com super produções com grandes astros. Abaixo deixo os melhores momentos desse diretor que se for sair de cena, pelo menos será bem lembrado.

Traffic
Sinopse: O funcionamento do alto escalão do tráfico de drogas é apresentado em uma série de histórias interligadas entre si, onde podemos encontrar casos como: policial envolvido em corrupção, agentes do DEA que trabalham infiltrados no perigoso mundo dos negociantes de San Diego, um chefe de drogas que foi traído pela própria mulher e ainda um juiz da suprema Corte de Justiça de Ohio, conhecido pela sua posição anti-drogas, que precisa lidar com sua filha viciada em drogas.
Um drama policial que foge do lugar comum, para apresentar inúmeras tramas e com personagens que se cruzam em determinados momentos. Neste mosaico, o filme procura evitar o texto discursivo, mesmo no retrato da corrupção, quando esta é sedutora para alguns. Finalista em cinco categorias do Oscar (incluindo melhor filme), ganhou quatro, melhor diretor,roteiro adaptado, edição e ator coadjuvante para Benicio Del Toro (excelente como policial mexicano) que com a mesma atuação, ganhou o Globo de Ouro e premio de melhor ator no festival de Berlim.

Sexo, Mentiras e Videotape
Sinopse: O advogado John está tendo problemas com sua mulher nos relacionamentos sexuais. Porém, ao mesmto tempo mantém um caso com a irmã de sua esposa. Certo dia sua vida começa a mudar quando um amigo de infância resolve começar a gravar em vídeo com o depoimento de mulheres que falam de suas vidas sexuais.
Vencedor da Palma de Ouro e do premio de melhor ator para James Spader no festival de Cannes, o longa metragem de estréia de Soderbergh (na época com 26 anos)é um surpreendente exercício de estilo que procura extrair de situações banais revelações da essência dos personagens.


Onze Homens e um Segredo
Sinopse: Danny Ocean (George Clooney) passou três anos na prisão depois de ser condenado por fraude. Quando é libertado, ele descobre que sua esposa, Tess Ocean (Julia Roberts), conseguiu o divórcio e se casou o poderoso Terry Benedict (Andy Garcia), um sujeito corrupto que é dono dos três maiores cassinos de Las Vegas.
Duas vezes ao ano, todo o dinheiro acumulado nos três cassinos é guardado em um cofre gigantesco situado em uma câmara subterrânea. É quando Danny resolve roubar todo o dinheiro para levar Terry à falência e recuperar sua esposa. A idéia é esvaziar o cofre durante uma luta entre o campeão Lennox Lewis e um boxeador russo.
No entanto, a tarefa exigirá muita coordenação e planejamento entre os 11 integrantes da quadrilha de Danny. Obviamente, nossos heróis (heróis?) deverão lidar com uma tecnologia avançadíssima, incluindo scanners de retina, raios laser e assim por diante.
Refilmagem de um filme morno dos anos 60, Steven Soderbergh remodela a trama para os tempos atuais e cria um filme divertido e ousado por possuir inúmeros astros em um só filme, coisa que dificilmente se vê em outras produções. Com boas doses de humor e momentos de ação na medida certa nas cenas do roubo, o filme ainda nos brinda com a boa química do elenco, principalmente entre George Clonney e Bratt Pitt.

O Inventor de Ilusões
Sinopse: O Inventor de Ilusões é baseado no livro de memórias "The King of The Hill" do escritor A. E. Hotchner. O filme retrata o universo de um adorável garoto de 12 anos obrigado a enfrentar o mundo adulto sozinho. Em sua imaginação, Aaron Kurlander, um garoto de 12 anos, é amigo do aviador Charles Lindbergh e leva uma vida glamurosa, cheia de perigos e aventuras. Mas, na realidade, ele mora com a família num velho hotel de St. Louis com muitas dificuldades. O pai vende velas de porta em porta; a mãe, doente, sofre resignada, e até o irmão mais novo rouba comida dos colegas de colégio. Mas nada pode abalar o fantástico mundo particular de Aaron. Até que seu irmão vai morar com parentes distantes, sua mãe é internada num sanatório e seu pai vira caixeiro-viajante. Sozinho no hotel com alguns vizinhos, na iminência de um despejo, Aaron embarca na maior de suas aventuras: o amadurecimento.
Mais um filme sobre o mundo visto pelos olhos de uma criança, que no decorrer da trama amadurece. Narrado de forma clássica e com muito bom gosto, Soderbergh ultrapassa a familiaridade das situações com uma sensibilidade cativante, uma grande direção de atores e uma precisa reconstituição de época.


Erin Brockovich - Uma Mulher de Talento
Sinopse: Erin Brockovich é mãe de três filhos e começa a trabalhar em um escritório de advocacia, após sofrer um acidente. Depois de descobrir várias fichas médicas arquivadas envolvidas em casos de contaminação de água, Erin começa uma luta difícil que mobiliza centenas de pessoas a conseguir ganhar um processo de 333 milhões de dólares de indenização.
A tradicional formula de Hollywood, sempre apoiada em lutas individualistas contra poderosos em meio aos tribunais, foi bem armada para o prestigio de Julia Roberts (Erin) que, utilizando palavras chulas e atitudes debochadas, acrescenta eficiente humor a narrativa. Com o seu desempenho ela ganhou o Oscar de melhor atriz. Notável também a atuação de Albert Finney (o advogado Masry). Apesar da previsibilidade e da direção acomodada de Soderbergh, o filme cativa e diverte. A verdadeira Erim aparece no inicio do filme como uma garçonete.