Quem sou eu

Minha foto
Sapucaia do Sul/Porto Alegre, RS, Brazil
Sendo frequentador dos cursos do Cine Um (tendo já 69 certificados),sou uma pessoa fanática pelo cinema, HQ, Livros, música clássica, contemporânea, mas acima de tudo pela 7ª arte. Me acompanhem no meu: Twitter: @cinemaanosluz Facebook: Marcelo Castro Moraes ou me escrevam para beniciodeltoroster@gmail.com

Pesquisar este blog

quinta-feira, 30 de setembro de 2010

Cine Curiosidades: Um minuto de silencio para aqueles que se foram

De vez ou outra, inexplicavelmente começa uma morte, uma atrás da outra no mundo do cinema, e nesta semana que esta passando, morreram quatro que foram sentidas, seja para o publico atual ou para a geração mais antiga. É uma pena quando partem, pois foram grandes colaboradores para a engrenagem da 7ª arte continuar funcionando, seja na atuação ou atrás das câmeras, por isso, solto aqui uma pequena homenagem para cada um deles.

Gloria Stuart
Atriz da era de ouro do cinema que dentre suas atuações na época destaco O Homem Invisível, mas para nova geração ela sempre será lembrada como velhinha Rose de Titanic.



Tony Curtis
Galão da era de ouro do cinema e pai de Jammie Lee Curtis, Tony Curtis estava meio que esquecido mas sempre foi lembrado pela sua atuação na melhor comedia de todos os tempos Quanto Mais quente melhor.



Arthur Penn
Produziu alguns grandes classicos do cinema mas sempre será lembrado pela direção do genial Boony Clayde: Uma Rajada de Balas.



Sally Menke
Montadora de todos os filmes de Quentin Tarantino, Sally sem sombra de duvida fara falta nos futuros filmes do sineasta.

Cine Especial: O QUE ACONTECEU COM M. Night Shyamalan?

Muitas pessoas acham que o diretor não fez mais nada de bom desde O Sexto Sentido mas será que é isso mesmo? Pensando nisso, estou dando uma analisada de cada filme que o diretor fez, portanto me acompanhem.

A VILA  
Sinopse: O filme se passa na zona rural da Pensilvânia em 1887, e conta a história de um pequeno vilarejo de Covington, com a pequena população de 60 pessoas, rodeada por uma floresta onde acredita-se haver critaturas míticas habitando o lugar. A história ainda conta o romance de Kitty, a filha do líder do vilarejo e de Lucius, um jovem rapaz.
Os dirigentes da cidade possuem uma política de restrição bem forte: todos são proibidos de adentrar a floresta, ou seja, todos os habitantes da vila viveram toda a sua existência isolados do restante do mundo, já que ninguém do exterior pode entrar lá também. Há um monte de postos de vigia, que servem tanto para afugentar as criaturas como para se certificarem de que ninguém tente fugir da vila.
Entretanto, o vilarejo começa a ser ameaçado quando Lucius começa a questionar sobre o confinamento completo das pessoas de lá.

Se em Sinais, (seu filme anterior), havia sido um tanto que afetado pelos atentados do 11 de setembro, esse filme é o mais puro reflexo desse mundo após esse dia fatídico. O diretor explora o isolamento e a rigidez de um grupo de pessoas que se isolaram do mundo e que convivem com o medo perante certas criaturas místicas que vivem na floresta, contudo, nem tudo é o que parece.
Assim como nos filmes anteriores, a trama mais sugere do que mostra, mas quando mostra, mesmo que rapidamente as criaturas, é um pulo na cadeira, talvez o melhor filme de momentos de suspense que o diretor criou desde o Sexto Sentido, pois a seqüência da primeira aparição das criaturas é de uma tensão angustiante. Contudo o diretor foi um tanto que pretensioso neste filme, pois o tão falado final inesperado de todos os seus filmes, dessa vez foram dois, só que infelizmente a primeira grande revelação foi revelada precipitadamente no momento errado e mesmo assim, o diretor ainda tenta nos convencer com algo no qual a verdade já foi esclarecida e só vendo para entender do que eu estou falando. E a segunda revelação, essa sim, foi muito bem feita e pegou muitas pessoas de surpresa e faz um verdadeiro reflexo da paranóia que os norte americanos ficaram após os atentados de 2001.
Com um super elenco que inclui Joaquin Phoenix, William Hurt; Sigourney Weaver e Adrien Brody, todos ótimos em seus papeis mas é Bryce Dallas Howard que rouba a cena interpretando a jovem cega, após esse filme sua carreira decolou atuando em filmes como A Dama Da Água, Homem Aranha 3 e Eclipse.


curiosidades:  O diretor e roteirista M. Night Shyamalan declarou que se inspirou em O Morro dos Ventos Uivantes, para criar a parte dramática de A Vila, e em King Kong, no sentido de ter uma comunidade com medo de criaturas predatórias;
Bryce Dallas Howard foi escalada no lugar de Kirsten Dunst sem nem ao menos realizar um teste de cena.

Cine Especial: O QUE ACONTECEU COM M. Night Shyamalan?

Muitas pessoas acham que o diretor não fez mais nada de bom desde O Sexto Sentido mas será que é isso mesmo? Pensando nisso, estou dando uma analisada de cada filme que o diretor fez, portanto me acompanhem.


SINAIS
Sinopse: No condado de Bucks, Pensilvânia, vive Graham Hess (Mel Gibson), um viúvo com seus dois filhos, Morgan (Rory Culkin) e Bo (Abigail Breslin). Também mora com eles Merrill (Joaquin Phoenix), o irmão de Graham. Ele reside em uma fazenda e era o pastor da região, mas recusa ser chamado como padre, pois questionou sua fé desde quando sua mulher, Colleen (Patricia Kalember), foi morta ao ser atropelada por Ray Reddy (M. Night Shyamalan), um morador da região que dormiu enquanto dirigia. Repentinamente os Hess ficam bastante intrigados com o surgimento de misteriosos e gigantescos círculos, que surgem inesperadamente em sua plantação sem que haja o menor vestígio de quem os fez ou por qual motivo teriam sido feitos.

Na primeira foram fantasmas, na segunda, super heróis e na terceira foram a vez do ETs através da visão di diretor. Mas diferente do que muitos imaginariam o filme em vez de se concentrar em efeitos visuais, tudo fica pela sugestão e no medo do que não se vê. O filme ainda aproveita para explorar a falta de fé do protagonista, um padre que tem sua esposa morta em um acidente e perde completamente os laços com Deus mas que terá que renascer perante o horror que estará por vir.
Curiosamente, na época que o filme estava sendo filmado, ao mesmo tempo estava ocorrendo os atentados do 11 de setembro, e com isso, aumentou ainda mais a melancolia que da para se sentir em todos os atores interpretando seus personagens e por mais sombrio que seja, ajudou na forma do enredo do filme, pois a trama não fica presa somente nos ETs e sim o lado humano do ser humano que fica com duvidas se está sozinho ou acompanhado por uma força superior que irá ajudá-lo. Também é neste filme que o diretor presta mais homenagens ao mestre Alfred Hitchcock, pois a cena dos protagonistas se protegendo dentro da casa enquanto os ETs tentam entrar, é uma clara referencia ao clássico Pássaros.
Mel Gibson interpreta um dos seus últimos bons papeis antes do seu hiato de longos anos sem atuar e se dedicar mais a direção, Joaquin Phoenix (que na época ainda colhia os louros pelo seu ótimo desempenho em Gladiador) se sai muito bem como o frustrado e divertido irmão do personagem de Mel, mas é as crianças carismáticas Abigail Breslin e Rory Culkin que roubam as cenas em muitos momentos o que comprova o talento do diretor dirigindo crianças.
Mas nem tudo foi perfeito e o filme tropeça nos minutos do ato final onde o diretor (novamente) cria seu final inesperado mas desta vez sem o mesmo impacto dos filmes anteriores e sem duvida meio que forçado e isso sem contar alguns furos no roteiro que o diretor deixou escapar. Mesmo com esses deslizes, o filme acabou se tornando o melhor sucesso do diretor desde O Sexto Sentido.


curiosidades: O diretor M. Night Shyamalan inicialmente escrevera o roteiro de Sinais pensando em uma pessoa mais velha para protagonizá-lo. Após a contratação de Mel Gibson para o filme, Shyamalan reescreveu o roteiro de forma a adequar o protagonista à idade de Gibson.
Inicialmente seria o ator Mark Ruffalo quem interpretaria o personagem Merrill Hess, mas ele teve que deixar o papel devido a problemas de saúde.
Antes do início das filmagens de Sinais vários campos de milho foram plantados em épocas distintas, para que no filme pudessem ser utilizados na intenção de passar a impressão que ocorreram mudanças de estações no decorrer da história.

quarta-feira, 29 de setembro de 2010

Cine Dicas: Em Cartaz: O Ultimo Exorcismo

sinopse: Quando o reverendo Cotton Marcus chega à fazenda de Louis Sweetzer na Louisiana ele espera realizar mais um exorcismo de rotina. Fundamentalista Sweetzer entrou em contato com o pregador como um último recurso certo de que sua filha adolescente Nell está possuída por um demônio que deve ser exorcizado antes que uma tragédia inimaginável aconteça. Cotton permite que seu último exorcismo seja filmado para a realização de um documentário. Mas ao chegar à fazenda da família ele se surpreende ao perceber que nada se compara ao verdadeiro mal que encontra lá. Agora tarde demais para voltar as crenças do reverendo Marcus ficam abaladas até o âmago quando ele e a equipe de filmagem precisam encontrar uma maneira de salvar Nell e salvarem-se também antes que seja tarde demais.

Talvez nem os próprios criadores de A Bruxa de Blair imaginariam que a sua idéia de criar um falso documentário sobre uma possível bruxa na floresta gerasse tanto filme que se beneficiaria com a idéia, mas foi isso que aconteceu. Tivemos Rec., Diário Dos Mortos, Cloverfield e Atividade Paranormal, todos ótimos filmes que, apesar de todos terem algo em comum um com outro, falavam por si, mas nem tudo é unânime.
Aproveitando o baixo orçamento, o diretor Daniel Stamm aproveita ao maximo a insinuação do que o terror explicito, portanto o que vemos é mais um terror psicológico sobre a possível possessão da menina do interior, algo que até eu admiro muito, pois não é preciso se ver nada para sentirmos medo, contudo se a intenção era fazer um falso documentário que passasse certas limitações ao publico, o diretor se descuidou e feio, pelo fato de ter inserido uma trilha sonora de suspense nos momentos de tensão Mas como? Se a intenção era fazer um filme que parecesse ser um vídeo caseiro barato, não era para surgir aquela trilha em nossos ouvidos o que eu achei desnecessário.
Entretanto o filme ganha pontos pela tensão crescente que vai aumentando e põem cada vez mais duvida no publico se estamos vendo realmente uma possibilidade de possessão ou somente um caso de problemas mentais devido a abuso ou algo pior. Não importa, o suspense aumenta ainda mais, principalmente em momentos inusitados quando a própria possuída pega a câmera e mata um gato, momentos como esse que o filme se torna imprevisível. Mas se há imprevisibilidade em alguns momentos, o filme também esta cheio de imitação e em muitos momentos lembra outros filmes do gênero como O Exorcismo de Emily Rose, O Bebê de Rosemary, O Chamado e até mesmo a Bruxa de Blair onde em seu ato final, o filme termina com um verdadeiro déja vu, o que o torna algo previsível e sem brilho, isso sem contar que antes do filme acabar, nos já sabemos como irá terminar.
Gosto desse gênero de filme falso caseiro, mas se continuar assim, talvez seja melhor dar um tempo para esperar algo novo e que de novo sopro ao gênero.

terça-feira, 28 de setembro de 2010

Cine Dica: Em Cartaz: Ponyo: Uma amizade que veio do Mar

SIMPLES, ENVOLVENTE E INESQUECIVEL
Sinopse: Ponyo é uma peixinha dourada que conhece o garoto Sosuke. Ele a leva para sua casa e decide cuidar dela. O amor e a amizade entre os dois é tão grande que Ponyo resolve se tornar humana só para ficar mais tempo ao lado de seu amigo.

Disney era um homem a frente do seu tempo, pois somente ele teve a capacidade de fazer uma animação colorida, criar um longa metragem de animação e fazer um longa metragem de animação que se entrelaçasse com musica erudita. Disney se foi, mas de um tempo ou outro surgem daí então mestres da animação que dão um novo passo para fazer desta arte algo único e inovador e Hayao Miyazaki é o mais novo homem desse meio. É impressionante como ele consegue criar uma trama com inúmeros conteúdos de historia e imagem e fazer com que as crianças de todas as idades comprem a sua idéia sem jamais deixar de entender a trama. Foi assim com as suas obras primas A viagem de Chihiro e Castelo Animado e Ponyo: Uma amizade que veio do Mar não é diferente.
Criando uma trama a partir da amizade de um garoto com uma peixinha dourada com rosto de um ser humano, a trama, cumpre com louvor ao retratar uma bela historia de amor e amizade, mesclando elementos de fantasia vindos do mar que somente saídos da mente do diretor poderia criar.
De todos os seus filmes, Ponyo talvez seja o mais simples em termos de historia, mas não menos interessante, muito pelo contrario, nos encantamos pelos seus personagens e tememos pelo seus destinos do inicio ao fim, fazendo agente se esquecer que aquilo tudo é apenas uma animação. E que bela animação, Hayao Miyazaki provou que, mesmo com a animação de computador dominando o mercado atualmente, sempre haverá espaço para a animação feita a mão e com certeza o diretor é o melhor neste ramo, pois é impressionante as imagens que ele cria, desde a criaturas nunca antes vistas a personagens humanos e carismáticos.
Curto mas inesquecível, Ponyo: Uma amizade que veio do Mar, é mais do que uma prova que Hayao Miyazaki é um mestre neste ramo, mas também um belo conto de fadas moderno que tanto faz falta hoje em dia na 7ª arte.

Cine Especial: O QUE ACONTECEU COM M. Night Shyamalan?

Muitas pessoas acham que o diretor não fez mais nada de bom desde O Sexto Sentido mas será que é isso mesmo? Pensando nisso, estou dando uma analisada de cada filme que o diretor fez, portanto me acompanhem.

CORPO FECHADO
sinopse: Um espantoso desastre de trem choca os Estados Unidos. Todos os passageiros morrem, com exceção de David Dunne (Bruce Willis), que sai completamente ileso do acidente, para espanto dos médicos e de si mesmo. Buscando explicações sobre o ocorrido, ele encontra Elijah Price (Samuel L. Jackson), um estranho que apresenta uma explicação bizarra para o fato.

Depois de todo o sucesso obtido, pelo Sexto Sentido, boa parte do publico esperava algo tão bom quanto seu filme anterior, contudo M. Night Shyamalan quis provar que não era um diretor que queria ficar preso a um único gênero (suspense) então ele partiu para um outro gênero cujo qual ainda não estava com as raízes firmes naquele tempo, as adaptações para o cinema dos Super Heróis de historias em quadrinhos.
A idéia era bacana, mostrar tanto a origem do herói como do vilão e mostrá-los de uma forma mais humana, nunca antes vista naquele tempo, já que, apesar do sucesso dos x-men naquele ano (2000) com uma temática mais adulta, o publico ainda tinha na cabeça bobagens infantis como Batman e Robin e com isso o publico não entendeu nada. Era um suspense? Não! Era uma adaptação de uma HQ? Também não. Era um filme que prestava uma bela homenagem a essa arte que pouco tempo depois iria dominar o mercado de cinema com inúmeras adaptações de altos e baixos, mas que mostraria que, dava sim, levar adaptações de HQ a sério como foi no caso de Cavaleiro das Trevas e Watchmen.
Mas o publico não estava pronto para esse filme naquele ano, não comprou bem a idéia, esperava um suspense parecido com o Sexto Sentido, e o pior, a distribuidora vendeu o filme de uma forma errada, parecendo que fosse suspense e o que não era e com isso o filme fez apenas um relativo sucesso. Contudo, o filme acabou ganhando reconhecimento em vídeo e DVD e atualmente é um verdadeiro Cult e muitos insistem em uma continuação que um dia pode acontecer.
Mesmo sendo historias completamente diferentes, todo o modo de direção de Shyamalan que foi vista no Sexto Sentido estava lá, desde truques de câmera a inúmeras pistas que revelaria o segredo do final do filme. Sim, há também neste um final inesperado, que apesar de não ser superior com relação ao final do Sexto Sentido, também não faz feio. Por fim, não posso deixar de mencionar as ótimas performances de Bruce Willis e Samuel L. Jackson que interpretam duas pessoas completamente diferentes uma da outra mas que são dois lados da mesma moeda.

Curiosidades: Diversos ângulos de câmera foram escolhidos para simular como a história seria apresentada caso estivesse em uma revista em quadrinhos;
O nome Elijah é uma referência bíblica feita por M. Night Shyamalan. Elijah retornou à Terra para cuidar do retorno do filho de David, o salvador;
Osteogenesis imperfecta, a doença do personagem Elijah Price, existe de verdade, apesar de ser bastante rara;

segunda-feira, 27 de setembro de 2010

Cine Especial: O QUE ACONTECEU COM M. Night Shyamalan?

Muitas pessoas acham que o diretor não fez mais nada de bom desde O Sexto Sentido mas será que é isso mesmo? Pensando nisso estou dando uma analisada de cada filme que o diretor fez, portanto me acompanhem.

O SEXTO SENTIDO
Sinopse: O psicólogo infantil Malcolm Crowe (Bruce Willis) abraça com dedicação o caso de Cole Sear (Haley Joel Osment). O garoto, de 8 anos, tem dificuldades de entrosamento no colégio e vive paralisado de medo. Malcolm, por sua vez, busca se recuperar de um trauma sofrido anos antes, quando um de seus pacientes se suicidou na sua frente.

A maior obra prima do diretor, sucesso absoluto de 1999 e sempre está entre os melhores filmes realizados nos últimos anos, mas não é pra menos.  O diretor aqui, no seu melhor momento, conduz o espectador numa trama de suspense sem efeitos especiais ou jatos de sangue, e sim em um suspense psicológico onde se explora um mundo além desse através dos olhos de uma pequena criança (Haley Joel Osment extraordinário) que busca ajuda de um psicólogo (Bruce Willis em um bom desempenho).
 Difícil dizer qual é a melhor cena do filme, pois são muitas que acabaram virando clássicas, graças, não somente ao bom empenho do diretor na direção, mas pelo ótimo elenco que se entregaram aos seus personagens como se fossem os últimos, onde destaco a atriz Tony Collette que interpreta a mãe Osment e que gera um estupendo desempenho no penúltimo ato da trama onde ela transmite toda a emoção ao ouvir as palavras do seu filho sobre uma fantástica revelação e sem duvida, devido a essa cena, merecia ter levado o Oscar na época. E por falar em revelações, O Sexto Sentido se tornou inesquecível para muitos devido também seu final inesperado que pegou boa parte dos espectadores desprevenidos mas M. Night Shyamalan havia deixado ao longo da progeção pistas que levariam a grande revelação mas para muitos que assistiran a primeira vez nem se deram conta, mas assistindo a segunda vez dai se nota as dicas que o diretor havia deixado o que foi uma prova do seu brilhantismo na direção. Um belo começo para um grande diretor.


Curiosidades: No Brasil, o filme foi líder absoluto de público, tendo liderado o ranking semanal por mais de 2 meses e levando aos cinemas mais de 4 milhões de pessoas, tornando-se o filme que mais expectadores teve em 1999.
O ator mirim Haley Joel Osment foi impedido por sua mãe de assistir ao filme por um motivo simples, a censura era 14 anos. Poderia ser que as cenas impressionassem o garoto, por isso Haley não teve a oportunidade de se ver nas telas.

Cine Dica: Em DVD: O GOLPISTA DO ANO

JIM CARREY NÃO DESISTIU EM OUSAR
Sinopse: Steven Russell (Jim Carrey) é um homem que tem uma vida feliz ao lado de sua mulher (Leslie Mann). Mas quando ele sobrevive a um grave acidente de carro, sua vida muda para sempre. Steven assume que é gay e decide aproveitar tudo o que a vida pode lhe oferecer de melhor, nem que para isso tenha que dar alguns golpes.


É curioso a carreira de Jim Carrey. Se consagrando inicialmente no inicio dos anos 90 como comediante em filmes como O Máscara e Déby Loyde, o ator tentou mudar um pouco e apostou em dramas, o que acabou dando certo como no Show de Thurman e Brilho eterno de uma mente sem lembranças, contudo, mesmo atuando neste gênero diferente do habitual de sua carreira, o ator parecia que não conseguia se separar dos seus trejeitos de comediante, o que não quer dizer que isso seja algo negativo, muito pelo contrario, pois o próprio mestre Charles Chaplin era engraçado mesmo em momentos de drama em suas obras primas.
Neste caso, O Golpista Do Ano funciona muito bem para Carrey, já que a trama se contorna em momentos de humor com momentos do mais puro drama, que pode até gerar uma estranheza a primeira vista, mas o torna algo um tanto que original e diferente do convencional e não estou me referindo da temática gay que o filme explora, já que isso já foi visto em outros filmes como O Segredo de Brokeback Mountain mas somente para as pessoas de mente fechada é que não irão gostar desse ponto. Fora o protagonista, Ewan Mcgregor se sai muito bem com o seu personagem onde fica extremamente a vontade em cena, provando que aos poucos esta voltando com a carreira nos trilhos e Rodrigo Santoro faz uma pequena mas importante participação na trama.
Com um ato final de inúmeras reviravoltas, O Golpista Do Ano talvez seja uma nova tentativa de Jim Carrey em conseguir reconhecimento como um ator versátil, mas se não foi dessa vez, está muito próximo de acontecer, ou já aconteceu mas o publico em geral não deu conta do recado.

sexta-feira, 24 de setembro de 2010

Cine Dicas: A Bela e a Fera e Homem de Ferro 2 invadem as lojas

Próxima semana chega as lojas dois lançamentos que merecem destaque. Os DVDs e Blu-Rays duplos de A Bela e A Fera e Homem de Ferro 2. O primeiro, um grande clássico da Disney e um dos primeiro da longeva época de sucessos do estúdio que ficou conhecida como a retomada do cinema Disney ou simplesmente a grande era de ouro do estúdio que atualmente se mantém com os sucessos da Pixar, A Bela e a Fera também teve o privilegio de durante muito tempo ser considerado o único longa de animação a ser indicado a categoria de melhor filme, (feito somente igualado com UP: Altas Aventura) e ganhador de inúmeros prêmios incluindo 2 Oscars.

Homem de Ferro 2  foi o que defendeu com honras o cinemão do verão norte americano, pois afinal de contas, houve somente fracassos nesta temporada que passou e o latinha acabou se saindo melhor, mesmo que esse não tenha sido superior ao original mas também feio não fez, principalmente em termos de historia que soube novamente explorar o lado humano de Tony Stark.

Ambos os filmes serão lançados nos dois formatos, contudo os Blu-Rays virão com muito mais extras, principalmente Homem de Ferro 2. Para aqueles que poderão desembolsar quase R$ 90,00 terá a oportunidade de conferir uma vasta quantidade de extras que irá escancarar cada centímetro da produção dos estudios Marvel. Uma pena que esses filmes do disco azul ainda não estejam tão acessível e não é todo mundo que tem ainda o aparelho, mas quem sabe esse quadro mude ano que vem.

Cine Dicas: Estréias no final de semana (24/09/10)

E ai gente, nesta semana que vai passando, fiquei mais ou menos livre para postar minhas matérias aqui, contudo, eu quero mais, bem mais para dar a vocês, por isso, mesmo sem tempo, farei todo o possível para postar mais matérias de cinema o quanto antes e aguardem para outubro mês das bruxas, pois assim como nos dois anos anteriores, aqui postarei matérias com relação a filmes de terror e suspense.
E neste final de semana o que temos? Antes de falar sobre as estréias desse final de semana, queria só dizer que a casa de Cultura Mario Quintana está comemorando 20 anos de vida, e com isso inúmeras coisas terão entrada franca e o cinema não escapa disso. Amanhã terão entrada franca para filmes como Ponyo: Uma Amizade que veio do mar, por isso, veja mais informações sobre essas sessões no meu post anterior. E neste final de semana, no circuito tradicional temos o retorno de Michael Douglas em “Wall Street – O Dinheiro Nunca dorme” continuação do clássico dos anos 80 e vem em boa hora para a carreira de Michael, principalmente pelos problemas que ele anda passando devido ao câncer, portanto só desejo boa sorte a ele.
Temos também O Ultimo Exorcismo, um novo sopro de vida no cinema de horror e Vincere grande vencedor no ultimo festival de Cannnes e que fez sucesso na 7ª mostra de cinema do Bourbon.

Confiram as estréias:

Wall Street: O Dinheiro Nuca Dorme
Sinopse: Jacob Jake Moore (Shia LaBeouf) é um novato corretor da Bolsa de Valores norte-americana que está namorando Winnie (Carey Mulligan) a filha de Gordon Gekko (Michael Douglas). Jake acredita que seu chefe Bretton James (Josh Brolin) teve alguma ligação com a morte de seu mentor. Gekko decide então ajudar o jovem Jake em seus planos de vingança.



O Último Exorcismo
Sinopse: Quando o reverendo Cotton Marcus chega à fazenda de Louis Sweetzer na Louisiana ele espera realizar mais um exorcismo de rotina. Fundamentalista Sweetzer entrou em contato com o pregador como um último recurso certo de que sua filha adolescente Nell está possuída por um demônio que deve ser exorcizado antes que uma tragédia inimaginável aconteça. Cotton permite que seu último exorcismo seja filmado para a realização de um documentário. Mas ao chegar à fazenda da família ele se surpreende ao perceber que nada se compara ao verdadeiro mal que encontra lá. Agora tarde demais para voltar as crenças do reverendo Marcus ficam abaladas até o âmago quando ele e a equipe de filmagem precisam encontrar uma maneira de salvar Nell e salvarem-se também antes que seja tarde demais.



Vincere
Sinopse: A história da primeira mulher de Mussolini ignorada na biografia oficial do Duce que foi trancafiada em um asilo por mais de uma década.



GENTE GRANDE
Sinopse: Eles se conhecem desde pequenos e passados trinta anos os cinco amigos (Adam Sandler Chris Rock Kevin James David Spade e Rob Schneider) se reencontram para curtir um fim de semana juntos com as respectivas famílias mas o feriado de 4 de Julho em uma casa no lago promete muito mais diversão do que apenas lembranças dos bons momentos.

quinta-feira, 23 de setembro de 2010

Cine Dicas: Casa de Cultura Mario Quintana exibe filmes com entrada franca

Em comemoração aos vinte anos da Casa de Cultura Mario Quintana, serão exibidos filmes com entrada franca, dentre eles os três filmes da saga Crepusculo e o inedito Ponyo - Uma Aamizade Que Veio Do Mar.
Confiram a programação desse sabado:

PONYO - UMA AMIZADE QUE VEIO DO MAR
Sinopse: Sosuke (Hiroki Doi) é um garoto de cinco anos que mora em um penhasco, com vista para o Mar Interior. Um dia, ao brincar na praia, encontra Ponyo (Yuria Nara), uma peixinho dourado cuja cabeça está presa em um pote de geleia. Ele salva a peixinho e a coloca em um balde verde. Trata-se de amor à primeira vista, já que Sosuke promete que irá cuidar dela. Só que Fujimoto (Jôji Tokoro), que um dia foi humano e hoje é feiticeiro no fundo do mar, exige que Ponyo retorne às profundezas do oceano. Para ficar ao lado de Sosuke, Ponyo toma a decisão de tornar-se humana.
Sessões: 10h e 12h
Data: 25 de setembro
Local: Sala Paulo Amorim
Entrada franca

CREPÚSCULO
Sinopse: Isabella Swan (Kristen Stewart) e seu pai, Charlie (Billy Burke), mudaram-se recentemente. No novo colégio ela logo conhece Edward Cullen (Robert Pattinson), um jovem admirado por todas as garotas locais e que mantém uma aura de mistério em torno de si. Eles aos poucos se apaixonam, mas Edward sabe que isto põe a vida de Isabella em risco.

Sessões: 24h
Data: 25 de setembro
Local: Sala Paulo Amorim
Entrada franca

LUA NOVA

Sinopse: Um incidente na festa de aniversário de Isabella "Bella" Swan (Kristen Stewart) faz com que Edward Cullen (Robert Pattinson) vá embora. Arrasada, Bella encontra consolo ao lado de Jacob Black (Taylor Lautner). Aos poucos ela é atraída para o mundo dos lobisomens, ancestrais inimigos dos vampiros, e passa a ter sua lealdade testada. Quando descobre que a vida de Edward está em perigo, Bella corre contra o tempo para ajudá-lo no combate aos Volturi, um dos mais poderosos clãs de vampiros existentes.

Sessões: 2h15min
Data: 25 de setembro
Local: Sala Paulo Amorim
Entrada franca

ECLIPSE
Sinopse: Bella Swan (Kristen Stewart) enfim está reunida a seu grande amor, Edward Cullen (Robert Pattinson). Eles planejam se casar assim que chegar a formatura, o que marcará também a transformação de Bella em vampira. Apesar da vontade dela, Edward ainda é reticente em relação à transformação. Paralelamente, Jacob Black (Taylor Lautner), apaixonado por Bella, decide lutar pelo seu amor. Só que a vida do trio está em perigo quando uma legião de vampiros recém criados começa a atacar em Seattle, cidade próxima ao local em que vivem.

Sessões: 4h30min
Data: 25 de setembro
Local: Sala Paulo Amorim
Entrada franca

O ÚLTIMO BANDONEON
Sinopse: Marina Gayotto é uma jovem tocadora de bandoneón, que se apresenta em bares e estações do metrô. Após participar de uma audição ela é convocada pelo maestro Rodolfo Mederos, um dos mais renomados compositores de tango contemporâneao, a integrar a orquestra que está montando. Porém o bandoneón de Marina está bastante danificado e, por sugestão de Mederos, ela tenta conseguir um instrumento mais novo. Marina então inicia uma busca pelos bailes da cidade, onde encontra veteranos do tango e os melhores dançarinos de Buenos Aires.

Sessões: 14h
Data: 25 de setembro
Local: Sala Paulo Amorim
Entrada franca








Cine Dicas: Em BLU-RAY: AKIRA

CLASSICO DA ANIMAÇÃO JAPONESA CHEGA EM ALTA DEFINIÇÃO MAS SEM EXTRAS.
sinopse: Após a Terceira Guerra Mundial, em 2019, a cidade japonesa de Tóquio, reconstruída, recebe um novo nome, Neo-Tóquio, e vira um palco de decadência, subversão e violência. Keneda é um adolescente das ruas, líder de uma gangue em constante combate com outras quadrilhas, e numa dessas lutas ele conhece uma estranha criança que explode a moto de Tetsuo, seu amigo, deixando-o ferido. Uma tropa do exército captura Tetsuo e o leva para um laboratório militar, no qual ele desenvolverá incríveis poderes paranormais.

Houve um tempo que Akira no Brasil só existia em VHS e por muito tempo os fãs esperavam por um DVD decente por aqui. Em 2007 a Focus lançou um latão contendo, duas versões do filme, mais inúmeros extras, camisa, poster e cards, contudo descuidou no fato com relação ao menu, onde por erro ou seja lá o que for, toda vez que agente colocava para iniciar o filme vinha antes aquelas mensagens contra a pirataria.
E se naquela época a distribuidora merecia um puxão de orelha o que dizer dessa versão do filme alta definição?? Não tem extras, simplesmente o filme em si e só. Acho que todo o filme que é especial como esse merece uma farta lista de extras do disco e vendendo o filme somente ele em si não vale. Pelo menos o preço ta acessível para um Blu-Ray, mesmo pelado, R$29,90. Resta agora torcer para que a distribuidora traga para cá uma versão com inúmeros extras decentemente.

quarta-feira, 22 de setembro de 2010

Cine Dicas: Lançamento em DVD e Blu-Ray (22/09/10)

E ai gente, aqui no RS teve feriado na segunda feira e para mim o final de semana se estendeu para descansar e somente não postei matérias aqui ontem porque simplesmente (como sempre) não deu tempo mas estou aqui agora.
Nesse mês houve muitas opções em DVD nas locadoras e lembrando que agora neste final de mês chega para venda DVDS e Blu Rays duplos de Homem de Ferro 2 e A Bela e a Fera dando ponta pé inicial as inúmeras opsões que irá  chegar a venda até o final desse ano e por falar nisso, em dezembro, preparem seu cofrinho, a Disney finalmente relança depois de vários anos, FANTASIA, um clássico pela primeira vez em Alta definição que não pode ficar de fora de sua coleção.
Enquanto isso, confiram as opções de locação:

O Mundo Imaginário do Dr. Parnassus
sinopse:O Dr. Parnassus (Christopher Plummer) tem o dom de inspirar a imaginação das pessoas. Dono de uma companhia de teatro itinerante, ele conta com a ajuda de seu assistente Percy (Verne Troyer) e do mágico Anton (Andrew Garfield) para oferecer ao público a chance de transcender a realidade e entrar em um universo sem limites, o qual pode ser alcançado ao atravessar um espelho mágico. Tony (Heath Ledger) foi encontrado pela trupe dependurado em uma ponte, à beira da morte. Após ser salvo, ele passa a integrar a equipe, como forma de escapar de seu passado. Em uma tentativa de modernizar o show, ele termina por conhecer o novo mundo oferecido por Parnassus e passa por diversas transformações no decorrer de sua viagem. Só que esta mágica tem um preço e ele está perto de ser cobrado ao dr. Parnassus: sua preciosa filha Valentina (Lily Cole).

Os filmes de Terry Gilliam podem ser um tanto como estranhos a primeira vista É dele filmes geniais como Brazil: O Filme e 12 Macacos, filmes de ficção que possuíam começo, meio e fim mas que ao longo do seu percurso era diferente de tudo que se já viu, isso graças a imaginação vasta do diretor que não mede esforços em fazer algo no mínimo diferente. Aqui o diretor cria uma fabula adulta onde se explora a imaginação das pessoas de tal forma que o filme acaba se tornando um verdadeiro show de efeitos visuais, mas que jamais deixa a historia decair, muito pelo contrario.
Mas o filme jamais seria como é sem contar com um super elenco, ao começar pelo veterano Christopher Plummer bem há vontade com o seu protagonista, contudo os coadjuvantes é que fazem a festa, ao começar pelo falecido Heath Ledger. Seu personagem no filme seria outro inesquecível, mas infelizmente o destino foi cruel com o ator e ele acabou morrendo antes mesmo de concluir suas cenas, felizmente como Terry Gilliam é um gênio, inventou na historia algo que fizesse que o personagem de Ledger fosse substituído por outros atores como no caso de Johnny Depp, Jude Law e Colin Farrell que acabaram concluindo o trabalho do ator mas como eles são inseridos só vendo, mas adianto que a idéia foi genial.


Curiosidades: Johnny Depp, Jude Law e Colin Farrell doaram seus cachês ganhos por O Mundo Imaginário de Dr. Parnassus para Matilda, filha de Heath Ledger, como forma de ajudá - la a ter um um futuro econômico tranquilo;


A FITA BRANCA
Sinopse: Às vésperas da Primeira Guerra Mundial, estranhos eventos perturbam a calma de uma pequena cidade na Alemanha. Uma corda é colocada como armadilha para derrubar o cavalo do médico, um celeiro é incendiado, duas crianças são seqüestradas e torturadas. Gradualmente, estes incidentes isolados tomam a forma de um sinistro ritual de punição, deixando a cidade em pânico. O professor do coro de crianças e jovens da escola local investiga os acontecimentos para encontrar o responsável, e aos poucos desvela a perturbadora verdade.

Michael Haneke é um diretor ousado ao fazer inúmeras analises sobre a maldade e a loucura humana. Filmes como A Professora e o Piano e Violência Gratuita que são retratos do lado sombrio e louco da alma humana e que simplesmente não existe explicação do porque ser assim. E em seu novo filme é mais ou menos isso, não a explicação.
Através de eventos estranhos que acontece em um vilarejo, o diretor investiga cada traço dos rostos dos seus personagens que vão se transformando ao longo da projeção e faz um verdadeiro retrato dos costumes desse lugar e que vai caindo a mascara aos poucos, e com isso, seriam eles os responsáveis pelas atrocidades que estão acontecendo?? O diretor não da respostas, ele simplesmente da ao espectador, através da vida de cada uma dessas pessoas do vilarejo, uma pequena dica do que viria mais tarde, tanto na primeira, como na segunda guerra mundial na qual, aquele pais se enterraria e seria responsável em parte, por uma das maiores atrocidades contra a humanidade. Destaque pela fantástica fotografia em preto e branco como nunca antes vista em muito tempo.


O SEGREDO DOS SEUS OLHOS
sinopse: Benjamin Esposito (Ricardo Darín) se aposentou recentemente do cargo de oficial de justiça de um tribunal penal. Com bastante tempo livre, ele agora se dedica a escrever um livro. Benjamin usa sua experiência para contar uma história trágica, a qual foi testemunha em 1974. Na época o Departamento de Justiça onde trabalhava foi designado para investigar o estupro e consequente assassinato de uma bela jovem. É desta forma que Benjamin conhece Ricardo Morales (Pablo Rago), marido da falecida, a quem promete ajudar a encontrar o culpado. Para tanto ele conta com a ajuda de Pablo Sandoval (Guillermo Francella), seu grande amigo, e com Irene Menéndez Hastings (Soledad Villamil), sua chefe imediata, por quem nutre uma paixão secreta.

Talvez uma das maiores surpresas no ultimo Oscar. Quando todo mundo estava dando como certo a vitoria de  A Fita Branca na categoria de Melhor  Filme Estrangeiro, eis que a academia da o Oscar para esse filme Argentino, mas não é pra menos. O filme de Juan José Campanella é uma verdadeira aula de como se faz um filme policial, onde possui inúmeras camadas de mistério até conseguir se resolver o caso e quando tudo parecia resolvido, eis que o filme explora muito bem lado negativo da justiça que em muitas vezes acaba favorecendo o lado do crime. Não faltam momentos dignos nesse filme como a caça do bandido em um estádio de futebol em que a câmera se aproxima do estádio e focam os protagonistas durante seis minutos e sem cortes, algo que faz muitas pessoas se perguntarem como eles fizeram aquela cena!
 Fora a trama policial, o filme também tem tempo em dosar com alguns momentos de humor e romance e o elenco é um dos melhores, em destaque o casal central, Soledad Villamil e Ricardo Darín, esse ultimo entregando, o que talvez seja, um das melhores performances de sua carreira, o ator argentino entrega de corpo e alma um personagem humano, romântico e obstinado ao caso.
Com inúmeras reviravoltas no ato final da trama O Segredo dos Seus olhos é uma prova que os nossos Hermanos sabem fazer cinema como nenhum outro.


curiosidades: É o 4º filme em que o diretor Juan José Campanella e o ator Ricardo Darín trabalham juntos. Os anteriores foram O Mesmo Amor, a Mesma Chuva (1999), O Filho da Noiva (2001) e Clube da Lua (2004).
Teve um público em torno de 3 milhões de espectadores na Argentina, o que fez com que se tornasse o filme nacional mais visto desde 1983;


O PREÇO DA TRAIÇÃO
Sinopse: Catherine e David, ela uma médica, ele um professor, são à primeira vista, o casal perfeito. Felizes, com um filho adolescente talentoso, eles parecem ter uma vida idílica. Mas quando David perde um vôo e conseqüentemente sua festa de aniversário surpresa, Catherine começa suspeitar do marido. Colocando em cheque a sua fidelidade, ela decide contratar Chloe, uma acompanhante para seduzir David e testar sua lealdade.

Fazia tempo que eu não via um bom filme de suspense com teor erótico. Na virada dos anos 80 para os 90 esse gênero ganhou força a partir de Atração Fatal, mas como todo qualquer gênero as vezes as idéias vão se esgotando e cada vez menos se vê um filme desses de qualidade. Felizmente o diretor Atom Egoyan (Verdade Nua) da um novo sopro de vida a esse tipo de gênero, a partir da idéia de desconfiança, suspeita e traição vinda do marido (Liam Neeson) e que com isso desperta uma duvida incontrolável da esposa (Julianne Moore) que não mede esforços para tentar descobrir a verdade, tanto, que para isso contrata uma garota de programa (Amanda Seyfried, em incrível desempenho). Para testar o marido seduzindo.
Não a como negar que a trama apresenta um verdadeiro pega ratão perto do terceiro ato, onde comprova que tudo que nos assistimos não era exatamente o que acreditávamos, contudo o filme falha com um final previsível para a trama ser facilmente resolvida mas nem por isso o filme perde suas qualidades, ao começar pelo elenco, principalmente Amada Seyfried, jovem atriz que começou a se destacar a partir de Mama mia, se consagrou na série de TV Big Love e com sua saída da série para o cinema tem tudo para arrebentar, pois esse filme é uma pequena amostra do que ela pode nos surpreender com seu talento, aliado é claro com uma fantástica beleza.

sexta-feira, 17 de setembro de 2010

Cine Dicas: Estréias do final de semana (17/09/10)

E ai gente, novamente fiquei meio ausente por aqui devido pelo fato de ter ficado ocupadíssimo nos últimos dias, portanto já viram né, mas estou aqui novamente. Essa semana iria começar dois especiais, mas terei que colocá-los mais pra frente mas não poderei demorar muito, porque em outubro é mês das Bruxas e os filmes de terror e suspense irão dominar esse blog, portanto aguardem por novidades. Falando em terror, chegam neste final de semana em nossas terras gauchas dois filmes do gênero em comum, pois o foco principal é zumbis, Resident Evil 4: Recomeço e REC2: Possuídos, esse ultimo alias, levou um século para chegar as salas de cinema e, lógico, todo mundo já assistiu online, portanto puxão de orelha na distribuidora por ter bobeado .
Mas cinema não vive somente de terror, ação e 3D, pois a outras dicas imperdíveis como o genial filme brasileiro Reflexões de um Liquidificador que já fiz minha critica por aqui por eu ter visto antes na 7ª mostra de cinema do Bourbon. Confiram:


Resident Evil 4: Recomeço
Sinopse: Em um mundo devastado por um vírus mortal Alice continua sua jornada para encontrar e proteger os poucos sobreviventes que restaram. Lutando contra a Umbrella a guerra se torna mais violenta e ela recebe ajuda inesperada de uma velha amiga.O único lugar que ainda permace aparentemente seguro é Los Angeles até que a cidade é invadida por milhares de zumbis que trarão terror aos poucos vivos que ainda restam Alice está prestes a entrar em uma armadilha mortal.



REC 2 - Possuídos
Sinopse: Seqüência de REC o filme de terror que conquistou público e crítica em 2008 e que reinventou o gênero. Os maiores horrores voltam a ser registrados no mesmo prédio onde dezenas de pessoas foram brutalmente assassinadas.



A Última Música
sinopse: Em uma pequena cidade no litoral sul dos EUA Steve Miller (Greg Kinnear) um pai distante tem a chance de passar o verão com sua filha adolescente Ronnie (Miley Cyrus) que preferia estar em casa em Nova York. Ele tenta se reaproximar dela através da música.



Baarìa – A Porta do Vento (Baarìa)
Sinopse: Escrito e dirigido por Giuseppe Tornatore, Baarìa - A Porta do Vento é um filme autobiográfico, uma saga épica sobre a vida e a morte, amor e ódio, que acompanha 40 anos de história em uma vibrante cidade siciliana durante a primeira metade do século 20. O filme segue a vida de Peppino Torrenuova, desde sua infância como um filho problemático na década de 30, passando pela Segunda Guerra Mundial e o autoritário regime fascista, até seu romance proibido e casamento com a bela Mannina, que culmina em uma tumultuada vida política ao ingressar no Partido Comunista Italiano. Uma jornada cheia de emoção, nostalgia, alegrias e tragédias em um mundo tão distante do nosso, porém tão próximo.


Coincidências do Amor
Sinopse: Kassie (Jennifer Aniston) é uma mulher madura e bem sucedida que sempre sonhou em ser mãe mas infelizmente o homem certo ainda não cruzou o seu caminho. A vida segue até que ela enfim decide fazer uma produção independente. Seu melhor amigo Wally (Jason Bateman) é extremamente neurótico e não concorda com a escolha de Kassie mas por gostar dela demais opta por não atrapalhar seus planos. Mas nem tudo nesta gravidez ocorre como planejado e as surpresas só estão começando a aparecer.



Nanny McPhee e as Lições Mágicas
Sinopse: Nanny McPhee e as Lições Mágicas - conta a história de duas famílias uma do campo e outra da cidade que vêem o mundo balançar quando os pais saem para a guerra. Para ajudá-los chega a babá McPhee que para controlar o comportamento de sete crianças usa de seus poderes mágicos.



Netto e o Domador de Cavalos
Sinopse: No início da Guerra dos Farrapos o general Antonio de Souza Netto descobre que um antigo parceiro Índio Torres está preso. Para libertá-lo envolve-se com escravos rebelados. Entre eles o Negrinho o melhor ginete da fronteira.



Reflexões de um Liquidificador
Sinopse: Um liquidificador pensa e narra essa história. Ele também conversa com sua proprietária Elvira uma senhora já da terceira idade. Logo descobrimos que os dois Elvira e liquidificador são cúmplices de um crime: o assassinato de Onofre o marido de Elvira que depois foi moído no liquidificador. Num tom de humor negro e sarcasmo ficamos conhecendo como o liquidificador adquiriu vida ao ser reformado por Onofre quando o casal era dono de um pequeno bar a Vitamina da Elvira. A história do casal é intercalada com o medo que Elvira tem de ser descoberta pela polícia e o aconselhamento e reflexões do sábio eletrodoméstico.






quarta-feira, 15 de setembro de 2010

Cine Dicas: Em Cartaz: The Runaways: Garotas do Rock

Sinopse: Inspirado em fatos reais The Runaways - Garotas do Rock é baseado no livro da vocalista Cherie Currie Neon Angel - uma reflexão sobre suas experiências como estrela do rock passando um grande alerta antidroga para os adolescentes. Space Oddity de David Bowie serve como uma metáfora para a narrativa - uma contagem regressiva lenta e surreal com um espetacular salto para a fama. Em seguida vem a alienação. O filme centra-se na formação da banda e sua rápida ascensão ao estrelato.

O que Kristen Stewart e Dakota Fanning têm em comum?? Ambas (principalmente Kristen Stewart) pertencem a saga do cinema Crepúsculo, mas nem por isso, elas irão deixar de fazer outros trabalhos para provar que não se vive apenas com os pescoços nos caninos dos vampiros. Neste filme dirigido por Floria Sigismondi ambas se saíram muito bem ao interpretar a dupla principal da banda, que na época foi algo de inovador, já que foram as primeiras garotas que formaram uma banda de rock em meio a um tempo em que essa área era somente dominada por homens. Assim como “Prazer Sem Limites” o filme retrata muito bem a década de 70, com todas as suas cores, musica, drogas, sexo e a moda da liberdade de expressão nas alturas, mas ao mesmo tempo retrata um tempo em que os jovens tentam se descobrir, através de diversas coisas, ou então cair no esquecimento e nisso o filme retrata muito bem através do grupo, principalmente pela Dakota Fanning que interpreta sua personagem de uma forma em que guarda toda sua raiva dentro de si mas que jamais deixa explodir por mais que queira. Já Kristen Stewart até se esforça em retratar uma garota durona, o grande problema talvez esteja com relação ao publico em geral em assistir ela nesse filme, sem não se lembrar dela em Crepúsculo, que já é uma missão impossível, mas não custa tentar, já que tenho fé nela, que ela pode ir mais longe e não viva apenas com a saga. Contudo, quem rouba a cena toda vez que aparece é Michael Shannon (Foi Apenas Um Sonho) que da um verdadeiro show de interpretação ao transmitir toda a sua excentricidade e obsessão do seu personagem  em querer  fazer seu grupo de meninas um sucesso.Com uma trilha sonora bombástica e muito boa em vários momentos em que é tocado os melhores sucessos do grupo, o filme somente peca em não ser mais ousado, possui começo, meio e fim, do inicio do sucesso ao declínio do grupo, assim como todo filme que retrata fatos de uma historia real, termina com os sempre últimos textos dizendo o que aconteceu com cada um, contudo é uma bela de uma oportunidade de não só ver Stewart e Dakota em papeis em que o publico em geral está pouco acostumado em vê elas, como também em assistir um filme em que se parece como uma espécie de Prelúdio do que viria nos anos 80, “Madonna” recebeu bem o recado.

Cine Dicas: Em Cartaz: Dzi Croquettes

sinopse: Em 1972 estreava o primeiro show dos Dzi Croquettes. Com homens usando roupas femininas, de forma a mostrar as pernas cabeludas e a barba, ele logo foi um sucesso. Apesar disto, foi também banido pelo Serviço Nacional de Teatro. Incorporando o espírito da contracultura reinante na época, os Dzi Croquettes usavam a irreverência para criticar a ditadura militar brasileira.
Na época negra da Ditadura Militar, o país sofreu muito, além do governo controlar o povo com mão de ferro, houve uma grande perseguição contra qualquer tipo de cultura, e por isso, vários filmes e musicas foram censurados na época. Em meio a esse horror, um grupo de homens radicalizou de vez apresentando shows onde se travestiam e apresentavam de entre outras coisas historias com humor, musical, dança e muito teor erótico mas nada de muito explicito que incomodava a ditadura no principio. O documentário pega do baú cenas raras desses homens que de tanto sucesso, chamaram atenção de gente famosa lá fora, como Lisa Mineli que em pouco tempo se tornou madrinha do grupo e ajudou eles a fazerem sucesso no exterior como na França. Os depoimentos de pessoas famosas atuais, pessoas do grupo que ainda estão vivos, revelam detalhe por detalhe o dia o dia do que foi essa equipe que sem duvida influenciou e muito a liberdade de expressão, liberdade gay e influenciou celebridades que seguiram seus passos de uma forma ou de outra, como no caso de Claudia Raia e Miguel Falabella.
Um documentário que merece registro, onde mostra um tempo em que em meio aos punhos de ferro, tinham um grupo que não se intimidava em mostrar a sua cara e fazer rir.