Quem sou eu

Minha foto
Sapucaia do Sul/Porto Alegre, RS, Brazil
Sendo frequentador dos cursos do Cine Um (tendo já 66 certificados),sou uma pessoa fanática pelo cinema, HQ, Livros, música clássica, contemporânea, mas acima de tudo pela 7ª arte. Me acompanhem no meu: Twitter: @cinemaanosluz Facebook: Marcelo Castro Moraes ou me escrevam para beniciodeltoroster@gmail.com

Pesquisar este blog

sábado, 28 de fevereiro de 2009

Cine Curiosidades: Oscar 2009: Em memoria dos que se foram

Todo o ano a academia sempre guarda um espaço para prestar homenagem a aqueles que se foram durante o ano, seja atores, atrizes, diretores, roteristas e etc. Esse ano muitos se foram como Chanton Reston mas com serteza uma das perdas mais sentidas foi mesmo de Paul newman, por isso reservaram ele em especial somente no final do clipe da homenagem, mais do que justo impossivel, confiram:

sexta-feira, 27 de fevereiro de 2009

Cine Dicas: Estreias no final de semana: Força Policial

Final de semana chegando e poucas estreias chegando na capital gaucha, contudo já existe pre-estreias de Quem quer ser um Milionário? Grande vencedor do Oscar que estreia oficialmente dia 15 de março, colocaram somente nesta data tudo por causa de uma das estreias mais esperadas do ano que chega agora nos proximos dias, Watchmen que estreia mundialmente de 06 de março. Enquanto esses dois grandes filmes não estreiam ficamos com esse aperetivo.

Força Policial

Em Força Policial, drama de Gavin O Connor, uma armadilha faz com que quatro policiais de Nova Iork sejam assassinados. Todo o departamento de policia fica em alerta, Francis Tierney (Jon Voight), o chefe dos detetives pode a um de seus filhos, Ray Edward Norton) que lidere a investigação sobre o caso. Embora relute em um primeiro momento, Ray Tirney assume a função tendo em mente que os policiais mortos, Francis Tierney Jr (Noah Emmerich), e também com seu cunhado, Jimmy Egan (Colin Farrell).
De inicio, o caso aparenta ser uma tentativa desastrada de desarticular uma quadrilha de drogas, mas aos poucos, Ray descobre que alguém denunciou os quatro aos traficantes. Ray precisa limpar o nome dos colegas acusados de corrupção por conta da ação em que morreram. No decorrer das diligências, ele descobre mias do que gostaria: O rastro do crime aponta direto para sua propia casa. Qualquer decisão que venha a tomar pode mudar para sempre sua vida e também a daqueles a quem ama.

sexta-feira, 20 de fevereiro de 2009

Cine Dicas para o feriadão: Estreias no cinema no final de semana

Eu sou uma das muitas pessoas que não gosta do Carnaval, e agora gosto menos ainda, depois que a famigerada Globo anunciou que não ia transmitir ao Vivo a cerimonia para sim exibir os disfiles, sacanagem.
Mas tem outras opções para assistir o Oscar como a TNT e a internet e falando de opsões dou aqui umas boas dicas de cinema para se distrair neste feriadão, confiram:

Milk- A voz da Igualdade

Forte candidato ao Oscar de melhor filme, Milk de Gus van Sant (Elefante) teve oito indicações ao OSCAR. Com um orçamento de pouco mais de 15 milhÕes de dolares o diretor norte americano acalentava a idéia de realizar a cinebiografia do Harvey Milk há 15 anos. Ao longo desse periodo, vários atores estiveram cotados para interpretar o personagem, mas foi Penn que levou o papel.



O filme conta a historia de Milk (1930-1978), politico que assumiu ser gay e foi assassinado logo depois. Milk, no começo dos anos de 1970, era funcionário de uma companhia de investimentos de Nova York que, para mudar de vida, decidiu morar com o seu namorado, Scott Smith (James Franco), em San Francisco, onde abriram uma loja de revelação fotografica. Disposto a enfrentar a violência e preconceito da época, Milk buscou direitos iguais e oportunidades para todos, sem discriminação sexual. Com colobaração de amigos e voluntários (não necessariamente homossexuais), entrou em uma intensa batalha politica e conseguiu ser eleito para o Quadro de Supervisor da cidade de San Francisco.
Quando isso aconteceu, em 1977, ele se tornou o primeiro gay assumido a alcançar um cargo público de importancia dos Estados Unidos. Como a sociedade não estava preparada para o avanço que isso representava, Milk foi morto no ano seguinte, por Dan White, um adversário de carreira desconsolado com a perda das urnas. Para Van Sant, se seu país de origem e especialmente San Francisco se revelou tolerante mais tarde, muito desse status de liberdade sexual se deveu a atuação de pessoas como Milk. Hoje ele é referencia para as comunidades de GLBT (gays, lésbicas, bissexuais e travestis).

Rebobine, por favor

O comediante Jack Black, de A Escola Do Rock, conta com participação das estrelas Sigourney Weaver e Mia Farrow em Rebobine, por favor, filme nostalgico que revisita o clima de uma locadora de fitas VHS. Jerry (Blak) é o mecânico da visinhança e vive em um trailer, perto das máquinas de força da cidade. Como acha que estão matando-o lentamente, decide sabotar a casa de força. Fica magnetizado e acidentalmente apaga todas as fitas de video ao visitar a videlocadora em que o seu melhor amigo Mike (Mos Def) trabalha. Para não magoar a cliente mais fiel (Farrow), que sofre de esclerose e acha que nunca viu os Caças Fantasmas , a dupla decide refazer o filme apagado no quintal da casa de Jerry.
Como a edição é um grande sucesso, os amigos e a visinhança passam o tempo produzindo filmes, como De volta para o futuro, Robocop e o Rei Leão. Durante algum tempo evitam a falencia do dono da locadora, o Sr Fletcher (Danny Glover), homem teimoso que se recusa a modernizar a sua loja e enfrentar a concorrencia dos estabelecimentos em DVD.

Cine dicas para o feriadão: Lançamentos para o DVD

Carnaval chegando e feriadão chegando também, numa semana que eu tive muito serviço na minha área tive pouco tempo para atualisar o meu blog aqui mas aqui estou eu novamente dando algumas dicas que chegam essa semana em DVD e que vale uma conferida

Segurando as Pontas

Produzida por Judd Apatow, a comédia traz atuação de James Franco indicada ao Globo de Ouro. Mesmo assim, o filme não entrou em circuito comercial no Brasil, chegando diretamente em DVD que, pelo menos, é repleto de extras interessantes. Franco é o negociante de drogas Saul Silver, que, ao lado de Dale Denton (Seth Rogen, de Ligeiramente Grávidos), tenta comprar uma erva, especificamente uma preparada de maneira rara, conhecida como Pineapple Express.

Dos mesmos envolvidos de otimas comédias escrachadas como Ligeiramente Grávidos, Segurando as Pontas deu uma indicação ao Globo de Ouro de Melhor Ator - Comédia/Musical para James Franco, (O Rarry Osborns da triologia do Homem Aranha) mostrando um bom pontencial para um otimo futuro em género diversos.
Dá para dizer que é um filme sobre maconheiros e para maconheiros; que é para homens; que é para quem gosta de comédias rasgadas. Só não dá para ignorar o talento do diretor David Gordon Green no uso do scope (toda a dimensão da tela) e no tempo das piadas. Provavelmente é seu melhor filme.

ROCKNROLLA - A GRANDE ROUBADA

Depois de fracassar com Destino Insólito, o cineasta inglês Guy Ritchie volta ao estilo cinematográfico que o consagrou em Jogos, Trapaças e Dois Canos Fumegantes. Cheia de meandros, a história envolve um chefão do crime (Tom Wilkinson), um trio de bandidos (Gerard Butler, Idris Elba e Tom Hardy), uma contadora sexy (Thandie Newton); um roqueiro doidão e excêntrico (Toby Kebbell); um milionário russo (Karel Roden) e o braço direito do chefão, que sabe de absolutamente tudo (Mark Strong) e é o narrador da trama.

O tempo se confirmou que Guy Ritchie ter se casado com Madonna não foi uma boa coisa, pois desde Porcos e Diamantes ele não fazia um bom filme que mereça nota. Aqui ele retorna em grande estilo trazendo todos os elementos que fizeram ele ser comparado a Quentin Tarantino na época que ele chamou a atenção Jogos, Trapaças e dois Canos fumegantes. Se é para continuar fazendo filmes com qualidade então que continue solteiro pois casamento com a Madonna não rendeu bons frutos, pelo menos para a 7ª arte

terça-feira, 17 de fevereiro de 2009

Cine Clássicos: Cidadão Kane (1941)

Esse filme de Orson Welles sempre figura em primeiro lugar dentre os melhores filmes de todos os tempos e com razão, vamos a sinopse:

Dono de um império jornalistico murmura a palavra "rosebud" antes de morrer solitário em sua gigantesca mansão; reporter entrevista seus amigos na tentativa de descobrir o significado desta última palavra.

Clássico inspirado na vida do empresario William Ransolph Hearst, que chegou a processar Welles. Visão intrigante do poder de manipulação da opinião publica e da ambiguidade de caráter do ser humano, considerada uma das obras mais importantes da historia do cinema. Oscar de roteiro orginal.
Interessande notar na historia do cinema que este filme, mesmo se tornando a obra maxima da setima arte para muitos, acabou não reconhecido naquela época pois a academia deu o Oscar de melhor filme e ditetor para Jhon Ford em Como era Verde o meu vale. Anos mais tarde fica mais do que evidente que as vezes a academia erra, e feio com relação as suas escolhas, Cidadão Kane é uma genuina prova disso.

quarta-feira, 11 de fevereiro de 2009

Cine Curiosidade: Globo não exibira o Oscar

Nos ultimos anos a emissora carioca tem fazido um trabalho de porco com a cerimonia do Oscar. Nem vou falar do assunto que me da até nojo mas tem alguem conhecido meu que consegue falar no preto e no branco uma frustação que todos nos sentimos, confiram: http://www.cinemaemcena.com.br/pv/BlogPablo/post/2009/02/10/A-Globo-e-o-Oscar.aspx

sexta-feira, 6 de fevereiro de 2009

Cine Dicas: Estreias no final de semana: Candidatos ao Oscar invadem o RS

Aos poucos os indicados ao Oscar vão estreando ao longo do tempo em nosso estado, agora é a vez de mais dois conrrentes de peso entrarem em cartasz e outras estreias, confiram:

O Leitor

De Sephen Daldry e retirado do romance de Bernhard Schilink, é um dos candidatos a categoria de melhor filme, na corrida pelo Oscar 2009-além de ter obtido indicações para Diretor, Roteiro Adaptado, Fotografia e Atriz (Kate Winslet, que ganhou o Globo de Ouro).

Desde o lançamento de Perfume (1995) é a obra alemã mais aclamada pela critica e pelos leitores, traduzida para 39 linguas e vencedora de prêmios, como o Welt (Alemanha), o Grinzane Cavour (Itália) e o Laure Bataillon (França). Com orçamento de US$32 milhões, o filme propõe uma questão: como amar alguem que cometeu uma grande atrocidade?
Na Alemanha pós Segunda Guerra Mundial, o adolecente Michael Berg (David Kross), que está com escarlatina, recebe a ajuda de Hanna Schmitz (Kate Winslet), que tem mais do que o dobro de sua idade. Ao se recuperar, ele a procura para lhe agradecer. Logo eles se apaixonam e iniciam um caso secreto, com encontros que decorrem como um ritual: primeiro tomam banho, depois ele lê fragmentos de livros de Goethe, Dickens, Tolstói e Schiller. Só então fazem amor. Esse periodo de felicidade tem um fim abrupto quando Hanna desapareçe, sem explicações da vida de Michael. Oito anos depois, ele é um estudante de Direito que se surpreende ao reencontra-la.
Michael é convidado a tomar parte em um julgamento contra criminosos do regime nazista e descobre que Hanna é um dos réus. O reencontro o lançaem uma ciranda de culpa e piedade. Debatendo-se entre as lembranças da antiga amante e a indignação pelos crimes, o rapaz tenta descobrir quem é a mulher que amou.
Hanna por sua vez sofre a acusação de ter sido oficial de um campo de concentração. De um lado, há iniciação sexual e todo o que restou de uma relação para ele importante, enquanto que, de outro, pesam contra ela fatos muito graves, é duplo sentimento que se resolve dentro do estudante de direito.

O Lutador

Entra em pre-estreia no cine Unibanco Arteples e Rua da Praia um dos filmes mais esperados dos ultimos meses, ou como todo mundo anda dizendo, a ressureição de Mickey Rourke que já dava ares de retorno desde Sin City mas é aqui em O Lutador que finalmente ele resurge das sinzas.
Ja ganhando um Globo de Ouro por esse filme de melhor ator e ainda cotado como favorito para receber o Oscar na mesma categoria. O filme gira em torno da volta de Randy "The Ram" Robison ao ringue. Ele é um ex campeão, aposentado e decadente que aceita participar de um circuito alternativo de luta livre para realizar sua ultima apresentação
Seu objetivo, porém, é maior. Quer derrotar um antigo inimigo.



Para Roourke, o filme gira em torno do melancolico universo paralelo dos ex famosos esquecidos pelo tempo.
Quando recebeu o Globo de Ouro, o ator comparou o filme ao seu própio ostracismo, lembrando-se do tempo em que passou a receber apenas a companhia de cães, depois de ter estourado bilheterias em todo mundo com Nove e Meia Semanas de Amor e em filmes mais importantes como O Selvagem da Motocicleta e Barfly (em que fez o escritor Beatnik Charles Bukovski). Obra de baixo orçamento, o filme de Darren Arronofski também conta com outros nomes esquecidos em sua equipe. A oscarisada Marisa Tomei faz a namorada do Lutador e o cantor Axl Rose (dos Gus N Roses) cedeu gratuitamente a inclusão de um de seus sucessos para o filme.

Verônica

O Cineasta Mauricio Farias busca falar sobre o Rio de Janeiro pelo viés dos herois populares, no caso, os professores municipais que dão aulas em bairros periféricos assolados pela criminalidade e que raramente recebem ajuda do poder publico para trabalhar decentemente.
Estas pessoas atuam educando e criando um mínimo de ordem onde praticamente não existe infra estrutura e segurança, acredita Farias, que criou uma heroína (Andrea Beltrão), uma professora acostumada a driblar bala perdida e qeu recebe um pouco mais de R$900,00 por mês. Mas depois de 20 anos de profissão, Verônica está exausta, sem paciência e pensa em largar o emprego.
Certo dia percebe que ninguem veio buscar Leandro (Matheus de Sá), seu aluno de oito anos de idade. Ela decide levar o menino até a sua casa, mas ao chegar encontra a policia e muito tumulto, traficantes mataram os pais dele e querem também eliminar o menino. Sem coragem de deixa-lo abandonado á propia sorte, ela não encontra outra saida a não ser fugir com a criança.

No elenco se encontra também Patricia Selonk e Julio Adrião (atores conhecidos no teatro), além de Marcos Ricca, Flavio Migliaccio, Camila Amado, Aílton Graça, Júlio Adriãoe Alexandre Zacchia.

quinta-feira, 5 de fevereiro de 2009

Cine Clássicos: Highlander, O Guerreiro Imortal


Certos filmes não merecem continuação. Não pelo fato de serem filmes ruins mas sim porque o filme nasceu perfeito de tal forma que não precisava de uma sequência para continuar a historia, pois a historia terminou ali, não deixou nenhuma ponta solta para uma eventual continuação. Esse pequeno clássico dos anos 80 Highlander serve com um bom exemplo disso. A trama mostra um escoces Connor MacLeod ( Christopher Lambert, no maior papel de sua carreira) como um guerreiro que acaba descobrindo que não pode morrer, com isso a cidade onde vivia o expulsa, acreditando que se trata de um pacto com o Diabo. Longe de tudo e a todos ele acaba se ajuntando com uma camponesa chamada Heather e vivem em paz nos campos das Escocia, contudo chega um homem chamado Ramires (Sean Connery) que mostra a ele que ambos são iguais, sendo imortais. Ramirez explica que ambos são de um grupo de pessoas espalhadas pelo mundo que vivem durante séculos e que estão destinadas a se combaterem um contra o outro até restar somente um imortal e ganhar um misterioso prémio.

Ramirez então treina Connor para ser um otimo guerreiro e estar preparado contra os imortais com o interesse de ilimina-lo, como no caso o malvado imortal Kurgan

Produção
O conceito do filme se originou de uma visita de Greg Winden à Escócia. Ao ver uma armadura, Winden imaginou como seria se o guerreiro desta ainda estivesse vivo. Assim surgiram os Imortais, que lutam entre si.
Filmagens ocorrem em Nova York, na Escócia e em Londres. Todas as cenas com Sean Connery foram filmadas em uma semana pela agenda apertada do ator.
A banda Queen fora chamada para colaborar na trilha sonora, com seis canções originais, mais tarde incluídas no álbum A Kind of Magic, e uma, "Hammer to Fall" do álbum anterior. As mais notáveis são "Who Wants To Live Forever", escrita pelo guitarrista Brian May voltando para casa após assistir uma versão inacabada do filme, "A Kind of Magic", composta pelo Roger Taylor a partir de um diálogo, e "Princes of the Universe", escrita por Freddie Mercury e usada nos créditos iniciais do filme e da série de TV.

O filme foi dirigido por Russell Mulcahy que até aonde eu sei não fez mais nada que se tornasse tão marcante quanto esse filme. Quem diga Christopher Lambert, ator com um enorme potencial mas que jamais fez inúmeros filmes de qualidade, sempre será lembrado como o personagem imortal.
Agora sem duvida nenhuma quando se fala de Highlander todo mundo se lembra imediatamente do tema da obra, Who Wants To Live Forever cantada pela banda Queen, musica que é de vez em quando tocada inúmeras vezes nas rádios ainda hoje.

A trama em si pode parecer até simples mas o filme possui inumeras qualidades como auternar o passado e o presente, mostrando inumeras épocas em que o personagem viveu e sua dificuldade de vida imortal, tendo que trocar de vida inumeras vezes ao longo dos séculos, passando por inumeras guerras. que o planeta passou, quem disse que vida de imortal é facil?

Mas como nem tudo é perfeito, os engravatados dos estúdios viram a possibilidade de fazer uma franquia, dai inventaram partes II e III que não tinham ora uma historia que não tinha nada haver com a original, ora inventam uma mesma historia da anterior. Houve também a existência da série de tv onde o protagonista não é Connor mas sim Duncan MacLeod, primo dele, onde a eterna batalha dos imortais continua, ou seja, ignorando o final do primeiro filme. Isso sem falar de series de desenho animado e Mini séries em quadrinhos.

Mesmo com tudo isso Highlander: Guerreiro Imortal será sempre lembrado como um dos grandes clássicos dos anos 80 e um verdadeiro exemplo que uma historia que se fechou no primeiro filme não precisaria de continuações mas para os estúdios é sempre assim, NÃO PODE EXISTIR UM....

terça-feira, 3 de fevereiro de 2009

Cine Clássicos: AURORA

Murnau foi um dos maiores gênios do cinema, portanto é uma pena que ele tenha morrido tão novo na década de 30 num acidente de carro, imagino os filmes que faria.Sendo um dos responsáveis pela época de Ouro do expressionismo alemão, Murnau foi convidado para ir em Hollywood para fazer aquele que se tornaria uma grande obra prima da historia do cinema.

Aurora é um filme mudo de 1927,. Seu roteiro foi adaptado a partir do conto Viagem a Tilsit, do escritor alemão Herrman Suderman, embora nele possam ser inegavelmente encontrados vários elementos do romance Uma história americana, de Theodore Dreiser, lançado dois anos antes e o sucesso comercial literário daquela época nos Estados Unidos.Um dos mais importantes filmes da cinematografia mundial, e o até então mais caro lançado pela Fox Film Corporation, Aurora foi laureado com três Oscar em 1929. Recebeu, em 1989, a classificação de significância histórica, estética e cultural pela Biblioteca do Congresso dos Estados Unidos e foi selecionado para preservação pelo British Film Institute. Numa pesquisa feita entre críticos para este mesmo instituto, Aurora foi considerado o sétimo maior filme da história do cinema, ao lado de O Encouraçado Potemkin, do cineasta soviético Sergei Eisenstein. Em 1967, a revista Cahiers du Cinéma escolheu Aurora como “a maior obra-prima da história do cinema.

SINOPSE
Durante as férias de verão, uma excursão vinda da cidade chega a um bucólico vilarejo situado às margens de um lago. Fazia parte dessa excursão uma mulher que, semanas após todos regressarem à cidade, permaneceu no vilarejo porque havia se tornado amante de um fazendeiro.Numa noite, a mulher da cidade se encontra com o fazendeiro. Em meio a beijos, ela pede a seu amante que venda a fazenda e que venha a viver com ela na cidade. Eles, então, tramam matar a esposa dele afogada, simulando um acidente.Na manhã seguinte, o fazendeiro convida sua esposa para um passeio de barco. Durante o passeio, ele parte, ameaçadoramente, em direção a ela. A esposa, percebendo a real intenção de seu marido, se coloca em posição de clemência. Ele, então, desiste de matá-la e rema até a margem.Em terra, a esposa foge e entra num bonde, seguida pelo marido. Chegam à cidade e logo entram em uma igreja onde está sendo celebrada uma cerimônia de casamento. As palavras do padre parecem dirigidas a eles, o que os leva à reconciliação.Saem para passear. Primeiro chegam a um salão de beleza, depois tiram uma fotografia e, por fim, entram em um parque de diversões.Enquanto isso, a mulher da cidade, que ficou no vilarejo, marca, na seção de classificados de um jornal, uma nota de alguém que anuncia interesse em comprar fazendas à vista.O casal, ainda no parque de diversões, após capturar um porquinho fugitivo, baila Dança Camponesa, um dos nove movimentos compostos por Felix Mendelssohn como música incidental para a peça teatral Sonhos de uma noite de verão, do dramaturgo William Shakespeare.O casal toma um bonde até o lago e inicia o regresso a casa em um barco.Uma forte tempestade cai e agita as águas do lago. Quando o barco começa a balançar violentamente, o marido amarra no corpo de sua esposa dois feixes de seixos, para que, no caso de ela ser lançada na água, possa usá-los como boia.A tempestade aumenta e o barco vira. Ao cessar a chuva, o marido consegue atingir a terra firme, ileso, mas não encontra sua esposa. Todos do vilarejo saem em seus barcos para auxiliar o fazendeiro desesperado na busca pela esposa, porém tudo com o que se deparam são os seixos espalhados, boiando sozinhos na superfície do lago.Toda essa tentativa de resgate é assistida de longe pela mulher da cidade, que pensa tratar-se da concretização do plano que ela tramou em conjunto com o fazendeiro.O fazendeiro chega amargurado em casa, onde é chamado pela mulher da cidade. Ele a persegue e, alcançando-a, começa a agredi-la. É interrompido pelos gritos de uma empregada que lhe avisa que sua esposa fora encontrada viva, boiando agarrada a um dos feixes de seixos.Na aurora do dia seguinte, a mulher da cidade vai embora do vilarejo, enquanto o casal, ao lado de seu filho lactente, se beija apaixonadamente.

LEGADO
Aurora é uma das obras-primas cinematográficas mais admiradas e influentes de todos os tempos. Três grandes mestres do cinema mundial o têm como seu filme favorito. O cineasta estado-unidense John Ford o considerou “o maior filme jamais produzido”. Já o cineasta francês François Truffaut o elegeu o “filme mais belo do mundo”. Para João César Monteiro, cineasta português, entre os dez filmes de sua vida, Aurora ocupa todas as dez posições.Sua influência se estende por um sem-número de filmes. A cena do beijo do casal que interrompe o trânsito foi copiada à exaustão, com muitas variações.
Outra passagem marcante é a que ocorre na igreja, quando o casal, ao presenciar uma cerimônia de casamento alheia, recupera sua identidade matrimonial. Esse mesmo trecho existe em Assim caminha a humanidade, filme estado-unidense de 1956, dirigido por George Stevens.Seus efeitos especiais eram inovadores para a época. A reexposição do filme a novos takes, com o objetivo de formar imagens soprepostas, e o efeito Schüfftan, que emprega espelhos para inserir a imagem de atores em cenários em miniatura, ambos também utilizados no mesmo ano por Fritz Lang em sua obra-prima Metrópolis, abriram muitas possibilidades para o cinema mundial, permitindo a exploração de temas antes inalcançáveis.A iluminação contrastante, técnica trazida do cinema expressionista alemão, enfatizando a distinção claro-escuro, foi usada para destacar as diferenças entre a vida no vilarejo e na cidade e a dicotomia entre a amorosa esposa e a tentadora amante. Esse refinamento proporcionado pela técnica de iluminação e a personagem femme fatale, encarnada pela diabólica mulher da cidade, foram características presentes em quase todas as obras cinematográficas do gênero film noir, cujo protótipo é O falcão maltês, dirigido em 1941 por John Huston.Talvez sua maior herança artística sejam seus avançados movimentos de câmera, cuja elaboração começou na rodagem de A última gargalhada, três anos antes. A sofisticada fluidez da sucessão de imagens criam uma inusual sensação de vastidão e profundidade. Filmes notáveis sofreram forte influência dessa técnica cinematográfica primorosa, como O delator, rodado em 1935 por John Ford, e Cidadão Kane, filmado em 1941 por Orson Welles.Aurora foi o primeiro filme com som ambiente sincronizado, captado pelo sistema Fox Movietone, e que teve trilha musical incorporada, composta por Hugo Riesenfeld. Não tivesse seu lançamento ocorrido poucos dias antes do primeiro filme da história com todas as falas e cantos sincronizados, O cantor de jazz, do estúdio Warner Bros., essa novidade sonora de Aurora também teria feito escola.
Aurora é portanto um filme para ser redescoberto e ser visto com novos olhos para essa nova geração de cinefilos.