Quem sou eu

Minha foto
Sapucaia do Sul/Porto Alegre, RS, Brazil
Sendo frequentador dos cursos do Cine Um (tendo já 66 certificados),sou uma pessoa fanática pelo cinema, HQ, Livros, música clássica, contemporânea, mas acima de tudo pela 7ª arte. Me acompanhem no meu: Twitter: @cinemaanosluz Facebook: Marcelo Castro Moraes ou me escrevam para beniciodeltoroster@gmail.com

Pesquisar este blog

sábado, 29 de agosto de 2009

Cine Curiosidades: 100 anos de efeitos especiais

Uma viajem no tempo dos primeiros efeitos visuais até os dias de hoje.

Sei não, apesar dos avanços que teve eu ainda acho que existe um certo charme nos efeitos stop motiun tipo de técnica usada em King Kong de 1933. Pelo menos naquele tempo a maioria dos filmes usava os efeitos especiais na medida certa e para colaborar com a historia.

Cine Animação: WALL-E

obra prima da Pixar presta homenagem a inumeros generos como o cinema mudo
sinopse
Após entulhar a Terra de lixo e poluir a atmosfera com gases tóxicos, a humanidade deixou o planeta e passou a viver em uma gigantesca nave. O plano era que o retiro durasse alguns poucos anos, com robôs sendo deixados para limpar o planeta. Wall-E é o último destes robôs, que se mantém em funcionamento graças ao auto-conserto de suas peças. Sua vida consiste em compactar o lixo existente no planeta, que forma torres maiores que arranha-céus, e colecionar objetos curiosos que encontra ao realizar seu trabalho. Até que um dia surge repentinamente uma nave, que traz um novo e moderno robô: Eva. A princípio curioso, Wall-E logo se apaixona pela recém-chegada.

Pixar definitivamente não sabe fazer filme ruim e em cada obra que faz chega a um novo patamar. Aqui eles prestam uma verdadeira homenagem aos filmes mudos misturado com ficção a lá 2001: Uma Odisseia no Espaço. Wall-E e Eva desde então se tornaram o melhor casal dos ultimos tempos e tranqulamente figura entre os melhores filmes dos ultimos tempos.
Curiosidades:
Wall-E é a sigla de Waste Allocation Load Lifter – Earth-Class.
O teaser utiliza parte da trilha sonora composta por Michael Kamen para Brazil, o Filme (1985). O compositor seria o responsável pela trilha sonora de Os Incríveis (2004), também produzido pela Pixar, mas faleceu antes de concluir o serviço.

Cine Dicas: Lançamentos em DVD: Watchmen - O Filme

Um dos melhores (e polémicos) filmes do ano finalmente chega as locadoras
sinopse
Em 1977 foi aprovada pelo congresso norte-americano a Lei Keene, que proibia as atividades de mascarados no combate ao crime. Isto fez com que vários super-heróis deixassem a carreira, como o Coruja (Patrick Wilson) e Espectral (Malin Akerman). Outros, como o Comediante (Jeffrey Dean Morgan) e o Dr. Manhattan (Billy Crudup), passaram a trabalhar para o governo. Dois anos antes da implementação desta lei Adrian Veidt (Matthew Goode) decidiu revelar sua identidade como Ozymandias, dedicando-se a partir de então na construção de um império econômico. Em 1985 o mundo vive o clima da Guerra Fria, no qual um ataque nuclear pode acontecer a qualquer momento, vindo dos Estados Unidos ou da União Soviética. Neste clima de tensão política Edward Blake, o Comediante, é assassinado. Em seu funeral comparecem, em momentos diversos, seus antigos companheiros. Entre eles está Rorschach (Jackie Earle Haley), que acredita que sua morte seja o indício da existência de um assassino de mascarados.

Quando se achava que nada poderia se igualar a Batman: Cavaleiro das Trevas, eis que o diretor Zack Snyder (300) leva para os cinemas a historia conhecida por muitos como a bíblia dos quadrinhos, um verdadeiro marco dessa arte. Resumidamente o filme levanta a seguinte questão: O mundo seria realmente melhor se os super heróis realmente existissem? A resposta esta numa trama de mais de duas horas e meia, recheada de personagens humanos e com os seus inumeros defeitos perante as escolhas que terão que saber (ou não) administrar. Elenco de primeiro linha ( Jackie Earle Haley como o personagem Rorschach está impecável) efeitos especiais de ultima geração e isso sem contar o maravilhoso crédito de abertura onde se reconstitui inúmeros momentos históricos americanos e mundiais da nossa realidade onde os heróis desse universo participam, embalado com uma fantástica musica do mestre Bob Dylan, desde já uma das melhores cenas do ano.

Curiosidades:

Durante a escalação do elenco o diretor Zack Snyder deu a cada ator uma cópia do roteiro e outra da graphic novel “Watchmen”. Posteriormente, já durante as filmagens, Snyder permitiu que os atores levassem ao set a graphic novel e reescrevessem eles próprios seus diálogos.
O próprio Zack Snyder pediu a Dave Gibbons, um dos autores de “Watchmen”, que desenhasse o primeiro cartaz do filme. Gibbons aceitou o convite e o fez com algumas pistas sobre a trama da história, escondidas no próprio visual.

Cine Dicas: Em Cartaz: Os Normais 2 - A noite Mais Maluca de Todas

Sequência do filme anterior e baseado no sucesso da série de tv abusa em tudo que não foi feito ainda com os personagens na telinha.
Sinopse: Durante uma tranquila noite com seu noivo, Vani (Fernanda Torres) percebe que algo está muito errado na relação dos dois. Enquanto a maioria dos casais parece estar em badaladas festas, ela e Rui (Luiz Fernando Guimarães) cantam em um karaokê quase vazio, e a maior preocupação dela é que ele não beba demais para ainda ter pique para mais tarde, quando forem para a cama. Sem esperanças por perceber que isto pode ser o resultado de tantos anos juntos, ela tenta achar uma forma de retomar o fogo da relação.Em uma passagem pelo banheiro feminino, Vani encontra outras mulheres que viveram, estão vivendo, ou estão prestes a ter um problema como o dela. Juntas, elas tentam encontrar uma solução para que um casal com quase 15 anos de relacionamento volte a ter a animação dos primeiros meses de namoro. A solução logo aparece: para reacender o fogo da paixão do homem, basta a mulher topar realizar suas fantasias sexuais. Com esta informação nas mãos, Vani decide que naquela noite, ela e Rui finalmente vão fazer um "ménage à trois".Para isso, no entanto, o casal precisa de um elemento imprescindível: uma outra mulher que também aceite participar da noite. Decididos a botar em prática a fantasia de Rui, os dois tentam encontrar a pessoa perfeita para dividir a cama com eles, que parece ser Silvinha (Drica Lopes), prima de Vani. Apesar do susto inicial, a mulher aceita entrar na brincadeira e os três logo se preparam para aquele momento que pode mudar de vez a relação. Tudo sai errado, e o casal volta à estaca zero. Ao procurar uma outra pessoa, eles percebem que fazer um ménage não é algo tão simples, e que aquela será A Noite Mais Maluca de Todas.

Seis anos após o primeiro filme, os atores Fernanda Torres e Luiz Fernando Guimarães voltam às telas com os personagens Rui e Vani, da série de TV de 2001. Os Normais 2 - A Noite Mais Maluca de Todas, tem de volta também o diretor José Alvarenga Jr., e os roteiristas, Alexandre Machado e Fernanda Young, casados há 15 anos e idealizadores do programa. No elenco, o filme traz a participação de Claudia Raia, Danielle Winits, Alinne Moraes, Daniele Suzuki e Mayana Neiva.
Diferente do filme original que mais era próximo do género comédia romântica, essa sequência está com uma grande dose de bons diálogos, o humor escrachado, físico e inteligente que tornaram a série um sucesso. Com pouco mais de uma hora e meia de duração, a historia poderia muito bem ser mais um capitulo dos personagens para a televisão, contudo as inúmeras situações engraçadas e com os personagens sem papas na língua fazem que com essa historia se torne muito melhor no escurinho no cinema

quinta-feira, 27 de agosto de 2009

Cine Clássicos Contemporâneos: Pacto Dos Lobos

França surpreende o mundo em 2001 ao lançar um filme de ação e aventura
Sinopse
Em 1765, durante o reinado de Luís XV, uma misteriosa criatura traz pânico e terror em uma província rural da França. Chamada de a Besta de Gevaudan, ela atacava crianças e mulheres há meses e ninguém era capaz de prevenir suas ações, vê-la com nitidez ou sequer capturá-la. Desesperado em pôr um fim na situação, o rei decide então enviar ao local o renomado biólogo Gregóire de Fronsac (Samuel Le Bihan). Entretanto, Gregóire terá não apenas que lutar contra o monstro mas também contra a ignorância, a conspiração e a intolerância local, recebendo o apoio de duas mulheres, uma aristocrata e uma prostituta.

Baseado em fatos verídicos, esse filme é uma verdadeira aventura e fantasia que mescla nobreza e o surgimento da revolução francesa. Com efeitos da produtora americana Jim Henson é inegável bom gosto na visualização, na cenografia e nos figurinos, o filme tem ação de forma original, com o uso de artes marciais nas lutas coreografadas pelo ator Mark Dacasco que interpreta o índio Mani.


curiosidades

Pacto dos Lobos é o 7º de 10 filmes em que Vincent Cassel e Monica Bellucci atuam juntos
Foi exibido no Festival do Rio de 2001, na mostra Foco França gerando um grande sucesso de critica

Cine Clássicos: A Dança dos Vampiros

Em sua única incursão no gênero das comedias no ano de 1967, Roman Polanski provou ser um diretor versátil

Sinopse
Abronsius (Jack MacGowran) é um professor universitário especialista em vampiros que decide ir até a Transilvânia, no coração da Europa Central, acompanhado de seu fiel discípulo Alfred (Roman Polanski), que infelizmente é bem medroso. Abronsius tem como objetivo aprender sobre vampiros e combatê-los, se possível, mas os fatos tomam um rumo inesperado e vão de encontro aos objetivos do professor.


Indo para um caminho inverso do que estava fazendo na época, Roman Polanski cria uma divertida comédia com um humor sutil na medida certa com alguns momentos que poderiam soar assustadores mas se tornam muito engraçados. Aparentemente o filme é uma homenagens aos Estúdios Hammer que até aquela época fazia sucesso com filmes de terror como Drácula. O filme marca também o encontro e união de Roman com a atriz Sharon Tate que infelizmente foi brutalmente assassinada nos anos 70. Fora essa fato triste, é um filme recomendado para quem quiser assistir uma comedia fora dos padrões do gênero atualmente

Curiosidades:
Para o lançamento da Dança dos Vampiros nos cinemas dos Estados Unidos foram retirados 16 minutos de cenas e uma sequência de animação foi inserida no longa-metragem. Além disto o título original foi modificado para “The Fearless Vampire Killers or: Pardon Me, But Your Teeth Are In My Neck”. As mudanças deixaram Roman Polanski furioso, fazendo-o pedir que seu nome fosse retirado dos créditos.
O produtor Martin Ransohoff descobriu a atriz Sharon Tate nos sets da sére de TV “A Família Buscapé” e insistiu para que Roman Polanski a escalasse em A Dança dos Vampiros

Cine Animação: Carros

Um verdadeiro Road Movie animado da Pixar
Sinopse:
Relâmpago McQueen (dublado por Owen Wilson na versão original) é um carro de corrida estreante e ambicioso. A caminho de Los Angeles para a corrida que pode lhe dar a tão sonhada Taça Pistão, ele se perde e vai parar na pacata cidade de Radiator Springs, à beira da famosa Rota 66. McQueen acaba fazendo amizade com os residentes locais – a bela Porsche Sally (dublada por Bonnie Hunt na versão original e por Priscila Fantin na brasileira), Doc Hudson (dublado por Paul Newman na versão original e por Daniel Filho na brasileira) e o velho e simpático reboque Mate -, que o ajudam a ver que há coisas mais importantes que troféus, fama e patrocínios.

Após alguns anos sem dirigir, John Lasseter (que lançou Toy Story no cinema) fez esse filme inspirado nas viagens com a sua família na rota 66.
Como toda ótima historia que a Pixar cria, o filme não falta lições de superações e amizade, além de claro ser uma bela homenagem ao esporte de alta velocidade. Personagens carismáticos, destaco o simpático reboque Mate e o velho e sério Doc Hudson (dublado magistralmente pelo ator Paul Newman).

Curiosidades: Os créditos de Carros contêm pequenas seqüências dos personagens indo no cinema para assistir a versões de seu próprio universo dos filmes da Pixar, tais como Toy Car Story, Monsters Trucks, Inc., etc.
A personagem de Sally pode ter sido parcialmente inspirada na peça de
Shakespeare O Mercador de Veneza, onde há uma advogada chamada Portia, cuja pronúncia se assemelha a Porsche.

Cine Curiosidades: Bastardos Inglórios chega mais cedo no Brasil

Bastardos Inglórios, de Quentin Tarantino, teve sua estréia antecipada. O longa que chegaria aos cinemas brasileiros em 23 de outubro deste ano, já poderá ser conferido no dia 9 do mesmo mês. O lançamento foi antecipado devido ao grande sucesso da produção nas bilheterias internacionais. Além disso, Tarantino estará no Rio de Janeiro entre 5 e 8 de outubro para a pré-estreia de seu filme, que acontecerá durante o Festival do Rio, em 7 de outubro.
Segundo a assessoria da Paramount Pictures, o diretor está passando por vários países para trabalhar nas estréias internacionais de seu filme e chegará ao Brasil vindo do Festival de Morélia, no México. No Rio, ele apresentará seu longa , que será o filme de encerramento do festival, e também dará entrevistas à imprensa.
A pré-estreia oficial de Bastardos Inglórios aconteceu em maio, no Festival de Cannes, e seu lançamento nos cinemas dos Estados Unidos, Europa e alguns países da Ásia foi a duas semanas, arrecadando US$ 73,6 milhões só nos Estados Unidos.

Enquanto o filme não chega curtimos novamente o trailer:

Cine Curiosidades:

Fonte: Estadão.com

É cada vez mais na internet que as pessoas pegam filmes, por isso as lojas apostam em nichos para continuar abertas

segunda-feira, 31 de agosto de 2009 16:01
por Rafael Cabral, Filipe Serrano e Bruno Galo

A videolocadora é um fenômeno do século passado. O formato digital facilitou o acesso a filmes e a reprodução de vídeos. Com isso, o mercado de entretenimento doméstico virou do avesso. Locadoras estão morrendo ou, ao menos, se adaptando a uma era em que é na web, e não mais em lojas, que as pessoas pegam seus filmes.
"Nós ainda estamos começando a usar download e streaming para assisti-los, mas daqui alguns anos essa prática se tornará a norma", disse ao Link Henry Jenkins, professor do Instituto de Tecnologia de Massachusetts (MIT). Ele acredita que é questão de tempo para que deixe de ser ilegal ver filmes com a facilidade do YouTube. Enquanto esse dia não chega, o problema principal das locadoras é o fato de que as pessoas estão deixando de alugar DVDs para comprar ou baixar filmes via internet.
O número lojas do tipo no Brasil - são 8 mil - pode parecer grandioso se comparado às nossas pouco mais de 2,4 mil salas de cinema. Mas há apenas quatro anos eram mais de 12 mil locadoras. "A venda da rede Blockbuster (para a Americanas) ajudou a queda", afirma Marcos Oliveira, diretor da Motion Pictures Association (MPA) na América Latina. Duas das maiores redes do mercado - 2001 e Blockbuster - foram procuradas pela reportagem e preferiram não dar entrevistas. Apesar da redução, a queda das locadoras é uma crise de modelo de negócios, e não de formato. "O formato permanece, mas modelos de negócios acabam e se renovam a toda hora", explica Jenkins.
De uma dessas renovações surgiu a Netflix, que desbancou a gigante Blockbuster nos EUA e se tornou a maior locadora do mundo. E sem ter sequer uma loja física. No Brasil existem iniciativas parecidas, como a NetMovies e a Pipoca Online, por exemplo, mas não é apenas da internet que vem a inovação.
Videolocadoras físicas, de rua, também apostam em mudanças para sobreviver, como caprichar na escolha dos filmes que formam o acervo ou melhorar o atendimento.
Com lojas em bairros nobres de São Paulo, como Moema e Itaim, a MovieToGo investe há dois anos no formato Blu-ray. O formato ainda é um produto de luxo no País, já que exige um aparelho específico (que custa no mínimo R$ 1 mil) e só vale a pena se for ligado a uma TV de alta definição (some R$ 2 mil à conta).
"O Blu-ray não teve o mesmo boom que o DVD em seu início por causa da crise, mas, mesmo assim, está crescendo. É uma questão de tempo para tomar o mercado todo", afirma Rodrigo Angélico, um dos sócios da locadora. Além dos 2 mil títulos disponíveis, a loja também aceita pedidos de filmes feitos online.

Em apenas três anos, o total de DVDs vendidos no País caiu 45% em locadoras e 14% no total. A grande esperança da indústria para combater os downloads e a pirataria física é o Blu-ray. "Não que seja impossível copiá-lo, mas não compensa. Seria muito caro. Para o consumidor, será melhor comprar o produto original, que tem mais qualidade", aposta Angélico.
Para Juliano Bolzani, diretor de marketing da Sony, a queda nas vendas não é exatamente um problema de suporte, mas efeito de uma "mudança nos hábitos de consumo dos clientes". Isso inclui não apenas a facilidade das trocas via web como a falta de tempo dos consumidores e a concorrência com outras formas de entretenimento, como TV e games.
Uma mudança de comportamento está afastando as pessoas das videolocadoras. Mas, se a ameaça do futuro parece ser o streaming, a de hoje é a pirataria - online, por sites de torrent, ou offline, na versão física. Como concorrer com ela?
Depois de trabalhar por sete anos nas três maiores redes de São Paulo, o publicitário Maurício Silva percebeu a demanda por filmes alternativos e fundou a sua própria locadora, a Notoriuns Filmes, em Perdizes
Em 2002, Maurício começou a oferecer aquilo que não é facilmente encontrado mesmo em sites de torrent ou banquinhas de camelô: filmes estrangeiros clássicos, brasileiros e títulos exibidos em mostras de cinema. Sem citar números, ele diz que o modelo rendeu crescimento inversamente proporcional ao prejuízo que as grandes redes tiveram nos últimos anos.
De propósito, o dono da Notoriuns aproveitou a paixão pelo cinema para dar atendimento especial aos clientes. Além dele, todos os atendentes manjam tudo do assunto e passam o gosto para qualquer pessoa que entre na loja. "Acredito no futuro dos filmes pela internet. Este espaço (a loja) vai virar vitrine para os românticos que gostam de comprar e colecionar. Quem quiser alugar, vai fazer download mesmo", prevê, realista.
"Minha vida de atendente de locadora"
Minha família decidiu abrir uma locadora de vídeo no meio dos anos 1980. Naquela época, o videocassete era visto como uma espécie de artefato milagroso, um meio mágico de trazer o cinema para dentro de casa. Blade Runner foi o primeiro filme que vimos na casa de meu tio. E ele foi o sócio. Topou o desafio de abrir o negócio.
Passei a adolescência cercado pelos filmes. E isso faz com que qualquer um reúna um conhecimento cinematográfico inesperado. Um atendente não era apenas quem pegava as fitas do estoque, era aquele que conhecia cada filme da prateleira. E os clientes contavam com isso. A maioria nem olhava para as estantes, ia direto ao balcão e pedia a indicação. Chegamos a ter cinco lojas. Com a TV a cabo, o número caiu, até finalmente meus pais venderem o negócio, com apenas uma loja, em 1998. Foram bons tempos. (Jocelyn Auricchio)
Recomendação online de filmes é a próxima fronteira
Para que as videolocadoras online substituam as lojas de bairro falta, antes de tudo, saber como indicar os melhores filmes para cada cliente da mesma forma que fazem os bons atendentes, especialistas em cinema. Mas ninguém faz ideia em quanto tempo isso será possível.
Nos Estados Unidos, a videolocadora online Netflix lançou um concurso em 2006 que ofereceria US$ 1 milhão a quem descobrisse um modelo computacional que melhorasse em 10% o Cinematch, atual sistema de recomendações da loja virtua.
10% parecia pouco, mas não era. Surpreendentemente, o feito só foi alcançado neste ano em julho, três anos depois, por duas equipes de matemáticos e pesquisadores em ciência da computação.
Uma delas, chamada The Ensemble, conseguiu melhorara o sistema em 10,10%. A outra equipe, BellKor’s Pragmatic Chaos, atingiu a imperceptível diferença de 10,09%. A Netflix ainda deve anunciar este mês qual das duas equipes - ou ambas - vencerá o prêmio.
O segredo para aprimorar as recomendações, porém, não passa só por cálculos matemáticos. Ele está na rede de pessoas. Só será possível ter boas indicações quando cada usuário compartilhar informações sobre seu gosto cinematográfico, desde atores, gêneros, filmes, roteiristas, diretores preferidos até a pontuação de cada filme a que assiste.
Só que existe um problema. A Netflix, por exemplo, só terá recomendações de acordo com os usuários da própria Netflix. O próximo passo é tentar organizar todas as opiniões de blogueiros, críticos de cinema, sites que fazem a cobertura de filmes e quem sabe, por que não, até fazer pesquisas entre os atendentes de videolocadoras, para encontrar um sistema de recomendação completo.
Essa complexidade toda pode indicar que talvez seja impossível substituir o atendente aficionado por cinema. Mas, como nem toda videolocadora tem alguém assim, a internet funcionará, sim, para orientar quem quiser alugar um filme.
O site Flixster (www.flixster.com) é um tipo de rede social que conecta pessoas em volta do cinema. Lá, é possível criar um perfil, adicionar filmes vistos, dar notas a eles, se conectar com pessoas de gosto parecido e acompanhar suas recomendações. É uma saída.

Cine DIcas: Estreias no final de semana

OS NORMAIS 2


SINOPSE:
O casal Rui (Luiz Fernando Guimarães) e Vani (Fernanda Torres) se vê diante da crise dos 13 anos e resolve apimentar a relação. Em sua busca na noite carioca por alguém que tope embarcar numa aventura, eles encontram as mais diferentes figuras: uma prima (Drica Moraes) de Vani, uma frequentadora de karaokê (Danielle Winits), uma bicampeã de kickboxing (Daniele Suzuki), uma bissexual(Claudia Raia), uma francesa (Mayana Neiva) e uma garota de programa (Alinne Moraes). Tudo pode acontecer aos atrapalhados Rui e Vani na noite mais maluca de todas.



A Vida Secreta das Abelhas

Sinopse:
Lily Owens é uma garota de 14 anos que é atormentada pelas lembranças da mãe. Para fugir da solidão e do problemático relacionamento com o pai, Lily decide acompanhar sua tutora Rosaleen para uma cidadezinha do interior do estado. É lá que a jovem irá conhecer August, a mais velha das irmãs Boatwright, uma mulher inteligente e independente que revelará segredos do passado da mãe de Lily. Ao mesmo tempo, Lily ainda encontra consolo na magnetizante criação de abelhas das irmãs Boatwright.


Amantes

Sinopse:

Leonard (Joaquin Phoenix) é um homem solteiro que mora no bairro de Brooklyn, em Nova York. Quando duas mulheres completamente diferentes entram em sua vida, ele vê tudo virar de cabeça para baixo ao ficar dividido entre ambas. Uma é a bela e misteriosa vizinha Michelle (Gwyneth Platrow), que acaba de se mudar; a segunda é a amável filha de uma família de amigos (Vinessa Shaw), apresentada por seus pais.










Cine Dicas: Nova SET nas bancas



A nova SET, 625 está nas bancas. Apesar dos atrasos com a revista chegando nos últimos meses, sempre nos últimos dias, o conteúdo chega com texto um pouco mais sério do que antes das mudanças.
Não vou entrar em detalhes sobre as mudanças porque já postei isso por aqui já algum tempo, agora convenhamos, nestes 22 anos de vida, a revista passou por inúmeras mudanças nas quais muitas pessoas se perguntam como durou até hoje. Talves se deva a fidelidade do publico amante de cinema que existe no Brasil, e não importa que tipo de filme seja, eles sempre estaram querendo comprar a revista para estarem informados sobre o melhor da setima arte, portanto só desejo longa vida a está revista como a principal representante de revistas de cinema do Brasil. Portanto posto essa edição, a primeira capa da SET com o ainda normal Mickey Rouke

Cine Clássicos: Especial 110 anos de Alfred Hitchcock : Sabotador

Filme de espionagem de 1942 é sempre lembrado pelo fantástico final na Estatua da Liberdade
Sinopse: Barry Kane (Robert Cummings) é um operário de uma fábrica bombardeada por nazistas. Nesse bombardeio, seu amigo morre e ele acaba sendo acusado de sabotagem. A partir daí, começa uma aventura para limpar o seu nome e descobrir os verdadeiros responsáveis pela morte de seu amigo.

O argumento é simples, mas o que interessa é o que dele o faz o genial mestre do suspense. Atenção para o final na estatua da liberdade. A escritora Dorothy Parker (Big Loira) colaborou no roteiro.
Curiosidades: O primeiro filme de Hitchcock com um elenco totalmente norte-americano

Cine Clássicos : Chinatown

Com cores pasteis, Roman Polanski em 1974 presta uma bela homenagem ao noir
Sinopse: Los Angeles, 1937. J.J. Gittes (Jack Nicholson), um detetive particular, recebe a visita de uma mulher que deseja contratá-lo, pois acredita que seu marido, o engenheiro-chefe do Departamento de Águas e Energia, tem um caso. Porém, Gittes logo descobre que sua cliente na verdade era uma farsante, mas a verdadeira Evelyn Mulwray (Faye Dunaway) o encontra. Quando o marido aparece morto no reservatório de água da cidade, Gittes percebe a gravidade do caso. Seu envolvimento leva-o a ser atacado por gângsters e, após manter um romance com Evelyn, descobre que ela é filha de Noah Cross (John Huston), um dos homens mais poderosos da cidade. Gittes desconfia então que Cross, um rico proprietário que tem interesses ilícitos nas terras próximas ao reservatório, teve uma relação incestuosa com a filha, nascendo daí a jovem vista com o marido de Evelyn.

Ambientado em Los Angeles dos anos 30 , na tradição dos romances policiais de Dashiell Hammett, Roman Polanski faz uma ponta como o bandido que corta o nariz do personagem de Jack Nicholson. Oscar de roteiro( Robert Towne, diretor de Conspiração Tequila)

Curiosidades:
Chinatown é uma homenagem feita pelo diretor Roman Polanski ao filme noir.
A cena em que o personagem interpretado por Roman Polanski corta o nariz do personagem de Jack Nicholson foi extremamente difícil de ser realizada. Houve um momento em que, com os dois envolvidos estando verdadeiramente exaustos, eles começaram a pedir para que o nariz de Nicholson fosse realmente cortado, a fim de que a cena ficasse enfim pronta.

Cine Dicas: França invade capital Gaucha

Nada menos que sete filmes franceses estão em cartaz em Porto Alegre, o que indica que não é só a qualidade dos filmes do país apresentados por aqui que vem crescendo sistematicamente, mas também a quantidade dos títulos que chegam a Capital. Enquanto o Sol Não Vem, que estreou no ultimo fim de semana, se juntou aos excelentes Bem-vendo, Horas de Verão, e Paris, além de Caramelo, Inimigo Publico nº1 e Culpa é de Fidel, que voltaram à cartaz na Casa de Cultura Mario Quintana. Não faz muito e o porto Alegrense podia conferir também A Bela Janie, Há Tanto Tempo que te Amo e Entre os Muros da Escola, este ultimo alias inaugurando hoje a mostra especial Filmes Franceses, no cine Santander. Que fase!


Cine Curiosidades: Deborah Secco será a surfistinha

Essa noticia é meio velhinha mas merece registro confiram: Deborah Secco fechou a participação no filme que contará a história de Bruna Surfistinha, baseado no livro “O doce veneno do escorpião”. A notícia foi confirmada nesta sexta-feira (21) pela assessoria de imprensa da atriz. “O namoro é longo, mas faltava acertar alguns detalhes de agenda. Agora está fechado, e a Deborah está muito animada”, conta a assessora Piny Montoro.
Deborah será Raquel Pacheco, que ficou conhecida nacionalmente como Bruna Surfistinha. A assessora diz que as duas –atriz e personagem– ainda não se encontraram, e que Deborah tem passado os dias “trancada fazendo testes de caracterização”. As filmagens devem começar em setembro, e serão realizadas em São Paulo.
Há pouco mais de dois anos, o projeto causou polêmica após o Ministério da Cultura ter liberado a captação de quase R$ 4 milhões por meio de mecanismo de renúncia fiscal. As críticas, em parte, vinham do teor do longa e pelo fato de a protagonista ser uma prostituta.
Dirigido por Marcus Baldini e roteirizado por Antonia Pellegrino, o filme mostrará como Raquel fugiu da casa dos pais, de classe média alta, para virar garota de programa.

Fonte: O Globo

Eu aprovo a escolha, pois Deborah, na minha opinião, fica a vontade nestes tipos de papel que irá exigir sensualidade e “gosto” pela coisa e se ainda alguém tem duvidas que ela não da conta do recado confira o vídeo abaixo:
:

Cine Curiosidades: Quentin Tarantino confirma vinda ao Brasil

Desde 2007, quando visitou diversos países para a divulgação de Grind House, espera-se que Quentin Tarantino venha ao Brasil. Agora ele confirmou. Estará no Rio de Janeiro de 6 a 8 de outubro para a exibição de Bastardos Inglórios (Inglourious Basterds), que encerrará o Festival do Rio.
Tarantino também fará a curadoria de uma das mostras paralelas do festival, mas não está decidido se apresentará pessoalmente as sessões. O evento este ano acontece de 24 de setembro a 8 de outubro. Outro nome confirmado entre os convidados, por enquanto, é a lenda do cinema francês Jeanne Moreau.
Fonte Omelete

Tomara que ele venha e desfrute das nossas terras por aqui, quem sabe até invente de fazer um filme já que de uns tempos para cá muitos cineastas decidiram rodar seus filmes aqui.
Enquanto a sua visita não vem curtimos o trailer do seu próximo filme que chegara por aqui dia 23 de Outubro.

quarta-feira, 26 de agosto de 2009

Cine Clássicos: Especial 110 anos de Alfred Hitchcock

Um dos últimos trabalhos do mestre feito em 1964 explora os traumas psicológicos de uma pessoa Sinopse: Mark Rutland (Sean Connery) apaixona-se por uma funcionária (Tippi Hedren) de sua empresa. Ela de fato é linda. Mas sua especialidade é utilizar falsas identidades e disfarces para aplicar grandes golpes em empresários, levando deles somas consideráveis. Ao descobrir que foi roubado, Mark tem uma atitude inusitada: casa-se com a ladra. Ele descobre que seu verdadeiro nome é Marnie, e que ela tem uma profunda aversão por homens. Casou-se apenas para não ser presa. Por trás das estranhas atitudes de Marnie, há um terrível segredo, do qual ela mesma não tem consciência. Mas Mark está disposto a descobri-lo.

Outro dos quase insuperaveis suspenses psicológicos de Alfred Hitchcock. Baseado no romanse Winston Graham e valorizado pela interpretação de Connery. Apesar de um tanto lento, mais pesado, do que os outros filmes do mestre do gênero, tem bem desenvolvidas algumas das suas características como a dubiedade dos comportamentos, das reviravoltas da trama e seu especial sentido da sexualidade.

Curiosidades: Tippi Hedren, estrela de Hitchcock revelada em "Os Pássaros", é mãe da atriz Melanie Griffith e Bruce Dern, também no elenco, é pai de Laura Dern, de "Parque dos Dinossauros.
A música foi composta por Bernard Herrmann, curiosamente o responsável pela maioria das trilhas sonoras do mestre do suspence, como "Psicose", "O homem que sabia demais"e "Festim Diabólico".

Cine Clássicos contemporâneos: O Pianista

Obra Maxima de Roman Polanski mostra o amor pela musica perante o horror da guerra Sinopse: O pianista polonês Wladyslaw Szpilman (Adrien Brody) interpretava peças clássicas em uma rádio de Varsóvia quando as primeiras bombas caíram sobre a cidade, em 1939. Com a invasão alemã e o início da 2ª Guerra Mundial, começaram também restrições aos judeus poloneses pelos nazistas. Inspirado nas memórias do pianista, o filme mostra o surgimento do Gueto de Varsóvia, quando os alemães construíram muros para encerrar os judeus em algumas áreas, e acompanha a perseguição que levou à captura e envio da família de Szpilman para os campos de concentração. Wladyslaw é o único que consegue fugir e é obrigado a se refugiar em prédios abandonados espalhados pela cidade, até que o pesadelo da guerra acabe.

Talves um dos melhores filmes do diretor Roman Polanski e um dos melhores ao retratar o horror do holocausto. Devido ao fato de sua mãe ter morrido no gueto na época, era obvio que o diretor faria um filme como esse só que ninguém imaginava que faria de maneira tão fantástica. Adrien Broody (King Kong) levou um merecido Oscar por seu ótimo desempenho como judeu que sobrevive graças ao seu talento com o piano. Indispensável para qualquer cinéfilo.

Curiosidades: O Pianista Ganhou 3 Oscars, nas seguintes categorias: Melhor Diretor, Melhor Ator (Adrien Brody) e Melhor Roteiro Adaptado. Foi ainda indicado nas seguintes categorias: Melhor Filme, Melhor Fotografia, Melhor Figurino e Melhor Edição.
Roman Polanski não compareceu na entrega do Oscar para receber seu prêmio de melhor diretor pelo O Pianista. Desde final dos anos 70 ele está fora dos EUA devido a acusação contra ele de estupro a uma menor de idade, se ele voltasse para lá seria preso

Cine Dicas: Lançamentos em DVD: WATCHMEN: MOTION COMIC

Com a proximidade do filme chegando nas locadoras em setembro, esse DVD é uma boa pedida para quem não tem o graphic novel ainda.
Diretor: Jake S. Hughes
Sinopse: Série em animação baseada na cultuada graphic novel homônima de Alan Moore e Dave Gibbons. O visual acompanha exatamente os padrões visuais estabelecidos na obra original que, publicada em 12 capítulos - assim como a série -, estabeleceu-se como uma das mais importantes obras da literatura contemporânea. Nos anos 80, em plena Guerra Fria, um grupo de ex-heróis mascarados encontra-se ameaçado por um assassino não-identificado que tenta acabar com eles. Cabe a Rorschach, um dos heróis, procurá-los e liderar uma investigação a fim de que, proibidos de atuar nas ruas dos EUA, não acabem na cova como o Comediante, o primeiro assassinado. Lançado diretamente em DVD também nos EUA, são dois DVDs que compõem esta série animada.
Informações Técnicas:- Áudio: Inglês e Português- Legendas: Português, Inglês e Espanhol- Formato da Tela: 16:9 Widescreen
Extras:- Watchmen: Agenda em vídeo # 4: Dave Gibbons- Watchmen: criando a animação em Quadrinhos

Cine Curiosidades: Assista ao trailer de Inception

A Warner Bros. Pictures acaba de divulgar o trailer de Inception, o novo longa-metragem de Christopher Nolan, o diretor de Batman - O Cavaleiro das Trevas. Confira abaixo :

Espero esse filme com ansiedade, afinal Christopher Nolan fez um ótimo filme entre Batman Béguins e Batman: Cavaleiro das Trevas que foi O Grande Truque. Com esse novo filme a estratégia não será diferente e antes de Batman Três iremos sem duvida testemunhar um novo clássico do cinema

Cine Curiosidades: AVATAR ganha mais fotos

Com a aproximação de dezembro, começam a pipocar mais e mais fotos do novo filme do James Cameron, confiram

Não tenho duvidas que nos próximos meses haverá uma campanha em massa para a divulgação do filme, afinal, são mais de 11 anos de James Cameron sem rodar um filme, por isso a expectativa é grande. Resta saber se o filme em si cumprira as expectativas

terça-feira, 25 de agosto de 2009

Cine Clássicos: Especial 110 anos de Alfred Hitchcock: SUSPEITA

UM CONTO TENSO E EXCITANTE. REPLETO DO MELHOR SUSPENSE
Sinopse:
A socialite Lina McLaidlaw está apaixonada. Ela suspeita que Johnnie Aysgarth, o playboy que entrou na sua vida e casou com ela, é um assassino - e que ela poderá ser sua próxima vítima.

Suspeita, de Alfred Hitchcock, combina, de maneira inteligente, romance, mistério e uma incrível atmosfera (como um estranho e incandescente copo de leite, efeito possível graças a uma lâmpada acesa colocada dentro do vidro). Joan Fontaine vive a vulnerável e neurótica Lina, depois de ser aclamada por seu trabalho em Rebecca, também de Hitchcock, numa incrível performance que lhe rendeu o Oscar® e o Prêmio de Melhor Atriz segundo o New York Film Critics Award, em 1941. Vivendo um papel bem diferente do seu estilo, Cary Grant interpreta Johnnie, um trapaceiro e charmoso esbanjador. Mas seria ele também um assassino? Como um copo que pode ou não conter veneno, as palavras e atos de Johnnie podem ou não ser bem ameaçadores.

Curiosidades:

Alfred Hitchcock originalmente queria Johnnie como o culpado, mas o estúdio achou que o público não aceitaria Cary Grant como um assassino. Alfred Hitchcock parece no filme enviando uma carta no posto dos correios da cidade.

Cine Clássicos: Especial 110 anos de Alfred Hitchock: O Homem Errado

Pela primeira e unica vez, o mestre do suspense apresenta
uma historia veridica
Sinopse: Em Nova York, em janeiro de 1943, um músico (Henry Fonda) de uma casa noturna tem a vida remexida quando a mulher (Vera Miles) precisa de 300 dólares para tratamento dentário e ele vai a um escritório, para saber quanto pode conseguir de empréstimo com a apólice da sua mulher. Porém, ele é identificado erradamente pelas funcionárias como sendo o assaltante que tinha roubado o local um ano antes.

Baseado numa história verídica, "O Homem Errado" é um excelente filme. Produzido e dirigido pelo mestre do suspense, Alfred Hitchcock, conta o drama vivido por um homem tranqüilo e bem casado que, de uma hora para outra, vê sua vida e a de sua família virarem de cabeça para baixo quando ele é injustamente preso.
Como sempre, Hitchcock realiza um grande trabalho, no que é ajudado pela ótima fotografia em preto-e-branco de Robert Burks, pela trilha sonora de Bernard Herrmann e por um elenco de primeira grandeza.
Henry Fonda está perfeito em todos os sentidos. Vera Miles mostra-se fantástica no papel da esposa atormentada. Merecem ainda ser destacadas, as atuações de Anthony Quayle e Harold J. Stone.

Curiosidades:
Foi em O Homem Errado que, pela primeira e única vez, o diretor Alfred Hitchcock aparece falando em um de seus filmes.
Apesar de ter sido baseado em um fato real, o diretor Alfred Hitchock optou por omitir algumas informações que ajudaram a provar a inocência do verdadeiro Manny, na intenção de aumentar a tensão existente em O Homem Errado.

Cine Curiosidades: Mais Cultura

Mais Cultura em 106 cidades

Municípios gaúchos com menos de 20 mil habitantes serão contemplados pelos dois editais do programa Mais Cultura (Minc), no bairro Guajuviras, em Canoas. Um dos editais refere-se a modernização de 150 cinemas. Juntos contemplaram 106 municípios. Vinte e quatro estados participam. O RS encaminhou sua adesão em 30 abril, oferecendo a contrapartida de R$ 1,68 milhão. Para os municípios, no entanto o montante era insuficiente, motivando-se a buscar o dialogo direto com o governo federal. Antes o programa já contemplava municípios maiores como Canoas.
O novo investimento dependerá da participação de cada prefeitura, mas a previsão é de R$ 2,2milhões na seleção de Cines Culturais e R$ 5,5 milhões de bilheteria. Para a modernização das bilheterias, os municípios devem oferecer contrapartida de 20%.
Nos Cines Mais Cultura, o município disponibilizara o espaço físico e assume custos com pessoal.
A secretária de Articulação Instituição do Minc, Silvana Meireles, parabenizou a mobilização . Isso consolida a descentralização do programa. O Coordenador de Audiovisual do ministério, Silvio Da Rin, lembrou que só 8% dos municípios brasileiros contam com salas de cinema

Cine Dicas: Ultima chance para ver Desejo e Perigo

Um dos melhores filmes não só deste ano, mas das ultimas temporadas, Leão de Ouro no Festival de Veneza, o drama Desejo e Perigo teve carreira longa no circuito de shoppings e centros comerciais. Agora em exibição na Sala Noberto Lubisco da Casa de Cultura Mario Quintana, pode ser visto a preços mais em conta do que aqueles dos cinemas comerciais. É a chance para quem ainda não viu o longa que marca a volta do diretor de origem Taiwanesa Ang Lee a uma produção chinesa, depois de vários projetos em Hollyhwood entre eles os igualmente super premiados Brokeback Mountain (2005) e O Tigre e o Dragão (2000)

Cine DIcas: Trama Internacional na Usina Do Gasômetro

A Sala P. F. Gastal da Usina do Gasômetro (3º andar) recoloca em cartaz a partir de hoje, de terça-feira, 25 de agosto, o filme Trama Internacional (The International), de Tom Tykwer, um dos bons títulos lançados nos cinemas brasileiros nesta temporada. Filme que abriu o Festival de Berlim este ano, Trama Internacional retoma a tradição dos grandes dramas de espionagem dirigidos por Alfred Hitchcock nos anos 50, como O Homem que Sabia Demais e Intriga Internacional.
O diretor alemão Tom Tykwer ficou conhecido em 1998 com o sucesso de Corra Lola Corra, que lhe abriu as portas do mercado internacional. Com locações em diversas cidades, como Nova Iorque, Berlim, Milão e Istambul, seu novo filme tem pelo menos uma seqüência antológica, o tiroteio dentro do Museu Guggenheim, em Nova Iorque. Para viabilizá-la, a produção construiu uma réplica do museu.

Sinopse

Em Luxemburgo para uma investigação sobre um grande banco, o agente da Interpol Louis Salinger (Clive Owen) vê seu parceiro morrer do coração no meio da rua logo após o encontro com um informante. Apesar dos legistas darem certeza de ser uma morte natural, o agente e a promotora americana Eleanor Whitman (Naomi Watts) tem motivos para crer que se trata de um assassinato, e que estão envolvidos em uma poderosa trama internacional principalmente ao perceber que o informante também morreu em um acidente poucas horas depois.
Eleanor e Salinger passam a investigar com mais cuidado o banco, que apesar de ser respeitado em todo o planeta, parece ser um grande financiador da guerra no terceiro mundo. Quanto mais a dupla se envolve no caso, mais percebe que a instituição financeira tem um lado obscuro, e Salinger também passa a ser alvo de tentativas de assassinato. A principal preocupação é que o banco está prestes a fechar um acordo com uma grande indústria de armas e eles parecem estar dispostos a fazer de tudo para que esta negociação seja bem sucedida.

Trama Internacional poderá ser visto nos horários das 15h, 17h15 e 19h30. Ingressos a R$ 6,00 e R$ 3,00 (estudantes e sêniors).
Trama Internacional (The International). EUA/Alemanha/Inglaterra, 2009. Direção de Tom Tykwer. Com Clive Owen, Naomi Watts e Armin Mueller-Stahl. Colorido. Duração: 118 minutos.

domingo, 23 de agosto de 2009

Cine Dicas:Em Cartaz: Se Beber, Não Case!

Uma das melhores (e talvez dos últimos anos) comédias do ano prova que em Las Vegas tudo pode acontecer

Sinopse: Quando Doug está prestes a se casar, seus amigos Phill e Stu decidem que a despedida de solteiro será inesquecível. Para isso, eles organizam uma viagem em que os três passarão uma noite juntos em Las Vegas, onde qualquer coisa pode acontecer. Cansado da vida de casado, Phill aproveita para tirar férias da esposa e do filho, enquanto Stu sofre por largar a possessiva namorada, e ainda mentindo, já que ela nunca permitiria que ele fosse para um lugar como este com tão más companhias. Aos três, se junta Alan, o desajustado irmão de Tracy, a noiva de Doug.De malas prontas, o noivo ainda recebe uma surpresa: seu sogro permite que eles viagem em seu valioso e intocável Mercedes-Benz. Rumo a Las Vegas, o quarteto já imagina as loucuras que os esperam naquela noite, mas não fazem idéia do que possa acontecer. Quando percebem, eles acordam de uma grande ressaca no dia seguinte, sem lembrar de absolutamente nada do que aconteceu após um brinde que fizeram ao chegar ao hotel. Para piorar, a situação do quarto demonstra que a noite não foi nada calma, e ninguém sabe dizer onde está o noivo.No quarto está uma grande bagunça. O dentista Stu está sem um dos dentes, no armário há um bebê que ninguém sabe de quem é, e no banheiro tem nada menos do que um tigre vivo. Não bastasse tudo isso, quando os três vão buscar o carro no estacionamento, ao invés do Mercedes, eles encontram uma viatura policial. Chegando o momento do casamento, o trio terá que tentar lembrar o que aconteceu naquela noite, para enfim conseguir descobrir onde Doug pode estar. Com mafiosos atrás deles, Stu, Phill e Alan percebem cada vez mais que eles passaram dos limites.

Com Um elenco praticamente desconhecido, com exceção de Heather Graham (Prazer sem Limites), que aqui faz o papel de uma stripper, o diretor Todd Phillips (Dias Incríveis) faz aqui tudo que tem direito nesta trama que se passa em Las Vegas. Desde muito cedo sempre ouviu o fato que nesta cidade tudo pode acontecer, mas o que aconteceria se um grupo de amigos fosse para fazer uma despedida de solteiro justamente nesta cidade onde rola tudo? É com essa idéia em mente que ele acabou não poupando esforços para fazer coisas das mais absurdas do mundo neste filme, fazendo de uma trama aparentemente simples uma verdadeira montanha russa com altas doses de humor negro, escrachado (a cena do bebê desde já é clássica) com alguns toques de suspense e homenagens a outros filmes como Amnésia, devido ao fato que durante o filme eles precisam reunir as peças de um quebra cabeça e tentar se lembrar o que realmente aconteceu na noite anterior e tentar encontrar o amigo noivo desaparecido. As situações beiram ao absurdo e ao hilário, para se ter uma idéia da noite de loucura que eles participaram até Mike Tyson entra na parada numa participação que ele faz ele mesmo. Nos estados Unidos se tornou uma das maiores bilheterias do ano, chegando a mais de R$ 200 milhões só em território gringo, feito e tanto para um filme classificado como impróprio para menores de 18 anos devido as cenas e piadas fortes e um tanto que impróprias. Em contrapartida o filme nada mais é sobre quatro pessoas comuns, amigos um do outro, passando a mensagem de amizade verdadeira entre homens que curtem a vida ao estremo numa noite louca. O que é algo a mais para dar mais brilho nessa genial comédia que se tornou o grande exemplo desse ano que as comédias se tornaram um bom negocio em tempos de crise e epidemia. Esqueça os problemas da vida real e vá ao cinema rir de situações constrangedoras na cidade do pecado, pois não é hoje em dia que se ri de uma piada do propio 11 de setembto ou do holocausto.

Nota: Não saia da sessão quando os créditos começarem a subir, será revelado por fotos o que realmente aconteceu durante a noite louca deles

sexta-feira, 21 de agosto de 2009

Cine Curiosidades: Sai primeiro trailer oficial de AVATAR

Após muito mistério e expectativa finalmente é lançado na rede o trailer do tão aguardado filme de James Cameron, AVATAR, confiram:

Avatar é um filme de ação a ser lançado em 18 de Dezembro de 2009. É o primeiro filme cinematográfico dirigido por James Cameron desde Titanic, em 1997.

Sinopse: Pandora, uma lua orbitando o planeta gasoso Poliphemus em Alfa Centauri. Pandora é como a Terra, um planeta com formas de vida incríveis, densa vegetação e a civilização dos Na´vi , uma raça humanóide mais primitiva que a nossa, mas muito mais sábia. Eles podem ser guerreiros ferozes quando provocados, mas normalmente vivem pacificamente em suas florestas. Os humanos não podem respirar o ar de Pandora, então para que pudessemos operar por lá foram criados híbridos humano-Na´Vi, chamados de Avatares. Eles são controlados por pilotos humanos, que projetam suas consciências nesses corpos, vivendo através deles.
Será que este filme cumprirá com as expectativas? Só o tempo irá dizer mas só por esse visual o filme promete.

Cine Dicas: Estreias no final de semana

Mais um final de semana chegando e mais estréias diversificadas para todos os gostos. Depois de uma semana chuvosa por aqui nas nossas terras nada mais do que certo do que curtir um final de semana com o possível sol e curtir bons filmes numa salinha escura. Confiram:
Se beber não case

Sinopse: Em Las Vegas para realizar uma despedida de solteiro, três amigos e padrinhos de casamento acabam se perdendo do amigo noivo depois de uma noitada de bebedeiras. Agora eles precisam reconstituir todos os passos que deram para encontrar o companheiro.



Veronika Decide Morrer

Sinopse: Veronika é uma bela jovem em seus vinte e poucos anos, com um bom trabalho e apartamento em Nova York. Porém para ela as pessoas são frias e vazias. Ela não aceita a idéia de viver uma vida sem sentido. Assim Veronika decide morrer com uma overdose de calmantes. Ao acordar de um coma em uma clinica descobre que terá apenas uma semana de vida.



A Teta assustada

Sinopse: A Teta Assustada é a metáfora do rompimento. Peru, um país reprimido que só pode se expressar através do inconsciente: seus mitos, seus medos, seus traumas. O corpo de uma mulher expressa o vazio que precisa ser preenchido; a angústia que precisa se acalmar; o pavor de encontrar algo diferente, de perder o controle.




Enquanto o Sol não vem

Sinopse: Agathe Villanova (Agnes Jaoui) é uma feminista que ocupa certa colocação de prestígio na cena política. Ela retorna para casa no Sul da França após uma viagem que durou dez dias, onde ajuda sua irmã Florence (Pascale Arbillot) a cuidar da mãe. Florence vive com o marido, os filhos e Mimouna (Mimouna Hadji), a empregada que veio à França com sua família quando saíram da Argélia. Enquanto isso, o filho de Mimouna, Karim (Jamel Debbouze), e seu amigo Michel Ronsard (Jean-Pierre Bacri) decidem fazer um documentário sobre Agathe para uma série de filmes sobre mulheres bem-sucedidas.



A Garota de Mônaco

Sinopse: Sr. Bertrand é um famoso advogado que viaja a Mônaco com seu guarda-costas Christophe para defender um criminoso. Em Mônaco, o advogado conhece Audrey, uma garota muito atraente que trabalha como Meteoróloga em uma emissora de TV. Encantado com a beleza de Audrey, o advogado acaba ficando cada vez mais seduzido pela moça e não segue os conselhos de Christophe, e isso pode acabar prejudicando a vida profissional do Sr. Bertrand.



Manhã Transfigurada

Sinopse: No final do século XIX, época dominada por oligarquias e pela Igreja a jovem Camila (Manuela do Monte) é forçada a casar-se com um rico fazendeiro para resgatar a posição social de sua família. Porém, na noite de núpcias, seu marido descobre que ela não é virgem.Furioso, ele a mantém prisioneira em sua casa, vigiada pela sua dama de companhia e com permissão de receber visitas apenas do padre do sacristão locais, enquanto aguarda a anulação do casamento. A partir daí, ela se envolve em um triângulo amoroso que questiona a relação entre fé razão.

quarta-feira, 19 de agosto de 2009

Cine Clássicos: Especial 110 anos de Alfred Hitchcock

O Homem Que Sabia Demais
O mestre do suspense refilma um dos seus propios filmes e cria algo melhor
Sinopse: Durante suas férias no Marrocos, Ben McKenna (James Stewart), um médico, e sua família se envolvem acidentalmente em uma trama internacional de assassinato, quando um moribundo fala ao ouvido de Ben algumas palavras. Para impedi-lo de denunciar a trama à polícia, os conspiradores resolvem então sequestrar seu filho.

Refilmagem dirigido pelo propio mestre do suspense na Inglaterra em 1934, aqui com otimas perfomasses de Stewart e Doris. O musico Bernard Herrmann, autor de várias trilhas dos filmes de Hitchcock, Orson Welles e Brian De Palma, aparece como regente da clássica sequencia do concerto em Londres. Oscar de melhor canção: "Que será, será" de Jay Livingston e Ray Evans, enorme sucesso na época nas rádios


Curiosidades: Em suas clássicas aparições, o diretor Alfred Hitchcock surge em O Homem que sabia demais de costas para a câmera vendo acrobatas em um mercado marroquino, pouco antes do assassinato.
A sequência do Albert Hall dura 12 minutos e não possui uma única palavra de diálogo.

Cine DIcas: Em Cartaz: Arrasta-me para o Inferno

Sam Raimi deixa um pouco de lado o Homem Aranha e abraça as suas raizes neste filme aterrorizante e engraçado.
Sinopse: Christine Brown é uma ambiciosa analista de créditos de Los Angeles que tem um namorado encantador, o professor Clay Dalton. Sua vida está muito bem até que a misteriosa Sra. Ganush aparece no banco pedindo uma extensão de sua hipoteca.Christine deve seguir seus instintos e dar uma chance à velha senhora? Ou negar a extensão para impressionar seu chefe, Sr. Jacks e ficar a um passo de uma promoção? Infelizmente Christine escolhe a última, humilhando a Sra. Ganush e desapropiando sua casa.Como vingança, a velha senhora lhe roga a poderosa maldição de Lamia, transformando a vida de Christine em um verdadeiro inferno. Assombrada por um espírito do mal e incompreendida por um namorado cético, ela procura a ajuda do vidente Rham Jas para salvar sua alma da maldição eterna. Para ajudar a arruinada Christine a voltar a ter sua vida normal, o médium a coloca em um caminho frenético para reverter o feitiço. Na medida em que as forças do mal se aproximam, Christine tem que enfrentar o impensável: até onde irá para se livrar da maldição?

Sam Raimi está de volta ao gênero que o revelou, após anos dirigindo a trilogia do Homem Aranha, que convenhamos, o diretor foi o grande responsável por todo o sucesso da série. Com o dinheiro no bolso, e o prestigio em abundancia, era mais do que evidente que mais cedo ou mais tarde, ele iria fazer o filme que quisesse e tendo a mais pura liberdade artística. Com isso, ele faz esse Arrasta-me ao Inferno, que com uma historia bem simples, usa e abusa de todos os ingredientes que fizeram sucesso na sua carreira: câmera frenética, gosmas adoidado, trilha sonora raivosa nos momentos para dar susto e um ritmo alucinante que mistura horror com comédia. Embora sejam dois  gêneros, nos quais são difíceis de dar um bom casamento, nos filmes de Sam Raimi, quando o assunto é terror, pode esperar altas doses de humor. Sendo uma tática interessante para o espectador não saber exatamente se assusta ou ri e que foi algo muito bem   usado  na trilogia clássica Uma Noite Alucinante.
Abraçando suas raízes mais do que nunca, Raimi ainda por cima presta a todo o momento homenagens aos bons anos 80, tanto que no inicio do filme o logotipo da Universal é justamente daqueles anos. Os efeitos especiais, não são muito diferentes dos vistos daquele tempo, beirando ao mais puro trash e só faltando mesmo os efeitos stop motiun que estavam dando seus últimos passos naqueles anos.
Com toda essa brincadeira, é mais do que obvio que não é um filme para se levar a sério, tanto que o elenco principal não faz nenhum esforço para melhorar os seus desempenhos, a não ser somente passar o humor e diversão nas suas falsas tensões. A mocinha da trama (Alison Lohman) em nenhum momento transmite um sinal de pavor verdadeiro, e chega a um ponto a ser satírico, principalmente na cena que ela está com a faca na mão procurando o seu gato que é um belo de um exemplo. Enquanto isso, Lorna Raver se destaca ao fazer da cigana Ganush, uma criatura nojenta e repulsiva a todo o momento (atenção a dentadura), mas sem deixar de lado o bom humor.
E como todo o típico filme de terror, a trama tem um desfecho para lá de inesperado, mas ao mesmo tempo obvio (a cena dos envelopes dava a dica do que iria acontecer), dando a crer que veremos novamente Sam Raimi fazer o que faz de melhor, terror ao extremo com altas doses de humor inesperado, e se é para continuar com esse namoro do passado, que o diretor no segundo filme não se esqueça de uma serra elétrica.

Cine Dicas: Lançamento em DVD: JCVD

De forma inesperada, Jean Claude Van Damme busca redenção em filme que ele interpreta ele próprio
Sinopse: A história de Jean-Claude Van Damme, astro de filmes de ação, que enfrentou inúmeras batalhas na vida real. Do sucesso ao fracasso, desde a batalha judicial pela custódia da filha, problemas com a polícia, envolvimento com drogas e álcool até sonegação de impostos ao governo. Além disso, ele enfrenta a maior batalha de sua vida: a volta para seu país de origem (Bélgica), em busca de tranqüilidade e paz, o que não encontrou vivendo nos EUA.

Um filme super inteligente e interessante dirigido pelo desconhecido Mabrouk El Mechri, mostrando Van Dame como ele próprio numa trama com um ótimo roteiro e uma bela direção. Com certeza qualquer um que assistir a este filme ficará impressionado com a mudança de direção que Van Dame fez neste, nada de ação e sim um Drama com uma dose de comédia (a cena que o ator desabafa na frente da câmera no inicio do filme é desde já uma das melhores da sua carreira).

Curiosidades: JCVD foi produsido pela empresa de efeitos especiais de Carga Explosiva 3 e A Última Legião.

Cine Curiosidades: Marilyn Monroe sofreu aborto espontâneo em 1959

O ator americano Tony Curtis afirmou que engravidou Marilyn Monroe e que, em seguida, a musa perdeu o bebê. De acordo com o jornal inglês Daily Mail, o astro de hollywood nara o episódio no livro 'The Making of Some Like Lt Hot que retrata os bastidores das filmagens de "Quanto Mais Quente Melhor", estrelado ´por ele e a diva. Ainda conforme Curtis, Marilyn teria engravidado durante a produção do longa que aconteceu em 1959.
Na ocasião, ambos eram casados: ele, com Janet Leigh, que interpretou a famosa moça do chuveiro do filme "Psicose", de Alfred Hitchock - com quem teve uma herdeira, a também atriz Jamie Lee Curtis -, e Marilyn, com o dramartugo Arthur Miller.

Fim da relação: Entretanto, o marido traido da atriz, ficou sabendo do caso extraconjugal por ela, fez com Marylin se afastasse de Curtis. Miller teria dito, na época, que consultou o médico da esposa e que o bebê era seu filho, e não de Curtis. De acordo com o ator americano, o dramaturgo ainda teria ameaçado a diva. "Olhei para Marilyn. Ela estava chorando e senti que se despedia de mim", conta Curtis. Ele e atriz terminaram o relacionamento assim que as filmagens terminaram.
Poucas semanas depois el ficou sabendo que a estrela havia perdido o bebê. Mais detalhes serão contados no livro, que será lançado em outubro nos Estados Unidos. Curtis, que tem 84 anos atualmente está casado pela quinta vez, publicou outras obras de memórias.


Fonte: O Sul

terça-feira, 18 de agosto de 2009

Cine Clássicos Contemporâneo: Adaptação

Assim como Quero Ser John Malkovich, Spike Jonze usa e abusa desse filme com uma imaginação infinita.
Sinopse: Charlie Kaufman (Nicolas Cage) precisa de qualquer maneira adaptar para o cinema o romance "The Orchid Thief", de Susan Orlean (Meryl Streep). O livro conta a história de John Laroche (Chris Cooper), um fornecedor de plantas que clona orquídeas raras para vendê-las a colecionadores. Porém, além das dificuldades naturais da adaptação de um livro em roteiro de cinema, Charlie precisa lidar também com sua baixa auto-estima, sua frustração sexual e ainda Donald, seu irmão gêmeo que vive como um parasita em sua vida e sonha em também se tornar um roteirista.

O diretor e roteirista Charlie Kaufman, como fizeram em Quero Ser John Malkovich, trilham por caminhos bizarro e algo iconoclasta. A falta de segurança e de rumo do personagen Charlie atinge também o ritmo deste filme cabeça que cresce na metade final.
Nesta mistura de passado e presente o elenco tem dificuldades que na maior parte do tempo supera. Cage se sai melhor para expressar o derrotismo de Charlie do que a determinação do seu irmão gêmeo Donald. Vencedor do Globo de Ouro para melhor atriz coadjovante (Streep) e melhor ator coadjuvante (Cooper como Laroche)

Curiosidades: Apesar dos créditos do filme indicarem que Donald Kaufman também é um dos autores do roteiro de Adaptação, ele é apenas um personagem fictício, criado para o próprio filme.- As filmagens duraram de março a junho de 2001, sendo que o filme apenas foi lançado no circuito americano mais de um ano após o término das filmagens.

Cine Clássicos: Especial 110 anos de Alfred Hitchcock

Disque M para Matar
Filme que se tornou pioneiro do formato em 3D em 1954
Sinopse: Em Londres, um ex-tenista profissional decide matar sua mulher, para poder herdar seu dinheiro e também como vingança por ela ter tido um affair um ano antes, com um escritor que vivia nos Estados Unidos mas que no momento está na cidade. Ele chantageia um colega de faculdade para estrangulá-la, dando a entender que o crime teria sido cometido por um ladrão. Mas quando algo sai muito errado, ele vê uma maneira de dar um rumo aos acontecimentos em proveito próprio.

Trama perfeita em uma das mais curiosas sequencias de assassinato do cinema. Grande momento do mestre Hitchcock que rodou o filme originalmente em 3D. Baseado na peça de Frederick Knott.

Curiosidades: Perto dos 13 minutos de Disque M Para Matar, o diretor Alfred Hitchcock aparece no canto esquerdo de uma fotografia.- O diretor Alfred Hitchcock colocou propositalmente Grace Kelly vestindo roupas em cores brilhantes no início do filme, para aos poucos ir escurecendo o tom de suas roupas.

segunda-feira, 17 de agosto de 2009

Cine Clássicos: Triologia pessoal de Roman Polanski

Sim, exatamente isso que você leu, Roman Polanski fez de maneira pessoal anos atraz uma triologia não oficial, mas se prestarmos mais atenção tem tudo haver.

Juntamente com Repulsa ao Sexo (1965), O Bebê de Rosemary (1968) e O Inquilino (1976) faz parte de uma trilogia pessoal do diretor Roman Polanski em que fala dos horrores vividos por moradores de apartamentos/cidades.
Se alguém ainda tem duvidas sobre isso confira as matérias abaixo de cada filme


Repulsa do Sexo (1965)

Sinopse: Em Londres Carol Ledoux (Catherine Deneuve) é uma bela mulher que é sexualmente reprimida e vive com sua irmã mais velha. Ela constantemente resiste aos assédios do seu namorado e também desaprova o amante da irmã. Quando esta viaja com ele em férias, Carol fica sozinha no apartamento e se afunda em uma profunda depressão, passando a ter várias alucinações.

Vale e muito como um estudo psicológico de uma personalidade negativa. Deprimente mas sério e interpretado com empenho

Curiosidades:
Repulsa ao Sexo é o primeiro filme realizado por Roman Polanski fora da Polônia.


O Bebê de Rosemary (1968)
Sinopse: Um jovem casal se muda para um prédio habitado por estranhas pessoas. Quando ela (Mia Farrow) engravida, passa a ter estranhas alucinações e vê seu marido (John Cassavetes) se envolver com os vizinhos, uma seita de bruxas que quer que ela dê à luz ao Filho das Trevas.

O filme baseado no best Seller de Ira Levin, marca a estréia de Polansk no cinema americano, levando a perfeição a técnica de confundir alucinação e realidade. Grande sucesso em todo o mundo, foi prercursor de outros exemplares do terror diabolicos que giram em torno de um bêbe voltado para o mau. Ruth Gordon (a visinha intrometida) recebeu o Oscar de atriz coadjuvante.

Curiosidades:
Para fazer as cenas de rituais e cânticos satânicos serem o mais realista possível, o diretor Roman Polanski contou com o auxílio de Anton LaVey, fundador da Igreja de Satã e autor de "The Satanic Bibles", que serviu como consultor nestas cenas.- Foi durante as filmagens de O Bebê de Rosemary que a atriz Mia Farrow se divorciou de seu marido, o cantor Frank Sinatra.


O Inquilino (1976)
Sinopse: Trelkovsky (Roman Polanski), um polonês que está vivendo na França, aluga um apartamento em um estranho e antigo edifício residencial, onde seus vizinhos, que na sua maioria são velhos reclusos, o observam com um misto de desprezo e suspeita. Ao descobrir que Stella (Isabelle Adjani), a última inquilina do apartamento, era uma mulher jovem e bela que cometera suicídio ao pular da janela, Trelkovsky gradativamente fica obcecado com a mulher morta. A obsessão e o clima do local, mesclado com o comportamento incomum dos vizinhos, faz Trelkovsky se convencer de que seus vizinhos planejam matá-lo.

Ultimo filme da triologia de terror dentro de apartamentos e talves o melhor dos três. Com maestria Roman Polanski simplesmente arrasa tanto na direção como também na atuação. Visual claustrofóbico e assustador mostrando que as vezes a mais simples da simplicidade é o mais puro terror dentro de todos nos.

Curiosidades: O Inquilino é o último filme da atriz Jo Van Fleet.